A resposta è: DEPENDE!

Ao mesmo tempo que eu adoro dar palpites nas viagens dos amigos (e de quem mais quiser meus palpites), eu fico completamente sem saber como me comportar quando me fazem perguntas cuja resposta quem tem que saber è exatamente quem està me perguntando. Me explico com as perguntas mais frequentes que surgem aqui no blog:

1 – Quanto vou gastar para passar 20 dias em Naoseiaondelandia?

Cada um conhece o tamanho do proprio bolso e sabe mais do que ninguem o que è importante na viagem e o que pode ser cortado/evitado. E, acredite, nos destinos mais turisticos existem opçoes para todos os bolsos e com uma boa pesquisa no google vc encontra o preço de praticamente tudo: de hoteis a restaurantes, passando por transportes a entradas de atraçoes turisticas.

Entao qualquer valor que eu disser  vai ser um mero chute, baseado nas minhas preferencias. Cada um tem um conceito proprio sobre o que è indispensavel e o que è frescura numa viagem. Se eu tiver que escolher, por exemplo, prefiro me hospedar num hotel muquifo e comer num restaurante estrelado, do que ficar em hotel 5 estrelas e economizar na comida…

2 -Quanto vou gastar com alimentaçao em Naoseiaondelandia?

Eu nao sei o que vc come, nem quanto vc come e muito menos o que significa “comer bem” para vc. Os custos com alimentaçao vao desde poucas moedas para um sanduiche de supermercado atè o infinito em restaurantes estrelados.

Jà me pediram para sugerir um vinho “mais caro” na faixa dos 25-30 euros para uma comemoraçao especial e tambem jà me pediram a sugestao de um vinho “mais baratinho”, na faixa dos 25-30 euros, para se beber no dia a dia. E ai? O vinho de 25-30 euros è caro ou barato?

Quando viajo pela Europa, costumo usar o site Via Michelin para ter uma idea do que os restaurantes do lugar oferecem e respectivos preços. Pela minha experiencia, os preços mencionados nesse site sempre foram muito proximos do que eu realmente gastei, excluindo as bebidas, è claro!

3 – Vou passar 15 dias em Naoseiaondelandia, o que è mais legal visitar?

Essa pergunta è a mais dificil de responder. Se vc està se dispondo a gastar o seu rico dinheirinho e o seu precioso tempo para ir atè a Naoseiaondelandia, deve existir um motivo para isso… ou nao? Ninguem, mais do que vc mesmo, conhece seus interesses e seus sonhos.

Se vc decidiu viajar para algum lugar, o  minimo que vc tem que saber è porque decidiu ir para là e nao para outro lugar. Por que Paris e nao Lisboa? Por que a Inglaterra e nao o Chile? Por que a Europa e  nao a Asia? Qualquer motivo è valido mas, convenhamos, se vc nao sabe pq està indo para aquele lugar, qualquer lugar visitado tà valendo, nao è mesmo?

4 – Quantos dias sao necessarios para conhecer Naoseiaondelandia?

Outra pergunta que envolve interesses, sonhos e gostos pessoais.  A quantidade de dias num lugar vai depender do que vc quer visitar là… Tem gente que acha que Veneza tà mais do que vista em uma tarde, tem gente que passa a semana inteira em Veneza e acha que nao conseguiu ver tudo…

Eu me dei conta de como sou ruim para dar esse tipo de informaçao quando ajudei meu proprio irmao a organizar a viagem dele para a Europa. Ele queria visitar Londres por causa dos pubs… Conhecendo meu irmao, sugeri 3 dias (que, para mim, nao dao nem pro cheiro numa cidade como Londres). No segundo dia ele me liga: “Jà vi o Big Ben e o Buckingham Palace, o que mais tem pra fazer aqui?”. Queria morrer!

Para nao errar na quantidade de dias, eu costumo primeiro decidir o que quero visitar em ordem de prioridade (1 – tenho que ir; 2 – gostaria de ir mas, se nao der, paciencia; 3 – se sobrar tempo, eu vou) para sò depois estabelecer quantos dias me servem para as tais visitas. Tem dado certo!

5 – E’ melhor ir por conta propria ou com agencia de turismo?

Outra pergunta que depende muito da personalidade de cada um.  Eu prefiro viajar por conta propria porque adoro pesquisar e organizar viagens, para mim uma lingua estranha e um pais mais estranho ainda nao sao empecilhos mas desafios a serem superados e, principalmente, nao gosto que outros decidam por mim onde dormir ou o que visitar.

Mas isso nao significa que viajar com agencia de turismo seja ruim ou vergonhoso por causa daquela besteirada toda de diferenciar “turista” de “viajante” (Pra mim, viajante è um genero que engloba todo mundo que viaja. Quem viaja a turismo è turista, uma especie de viajante). Sao simplesmente modos diferentes de viajar e, de acordo com as exigencias de cada um, pode ser melhor ir por conta propria ou usar uma agencia.

Se vc nao se sente seguro por causa da lingua ou qq outro motivo, nao gosta ou nao tem tempo para organizar a viagem, prefere que alguem te diga onde ficar e o que visitar, a agencia de turismo foi feita pra vc!

6 – E’ mais barato ir por conta propria ou com agencia?

Mais uma vez a resposta è: depende. Nao existe uma regra para isso, vai depender do destino, do que vc tem intençao de fazer, que tipo de hotel vc pretende ficar, que tipo de transporte vc pretende usar, o que està incluido no preço, se tem alguma coisa que està incluido no tour que a agencia oferece, mas que a vc nao interessa…

Sinto informar, mas a unica maneira de saber o que custa menos è fazer as contas em cada caso especifico. Tem que pedir um orçamento para a agencia e tem que organizar toda a viagem por conta propria para poder comparar os custos e os beneficios de cada um.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

32 thoughts on “A resposta è: DEPENDE!

  • 24/01/2012 at 14:21
    Permalink

    Acompanhei atentamente todos os seus artigos sobre a Tailandia e fiquei maravilhada com tudo o que descobri. Fiquei com vontade de entrar de imediato num aviao e viajar para lá… mas uma viagem como essa nao se faz resultado de um mero impulso, mas o bichinho ficou e está a crescer gradualmente.

    No entanto admito que este seu artigo está fantástico porque me revi em muito do que disse e compreendo perfeitamente quando a sua palavra de ordem é DEPENDE. Tudo depende dos interesses, desejos, prioridade, capacidades e personalidade de cada um. É impossível e despropositado sequer tentar reproduzir exactamente a viagem de outrem, afinal aquela máxima contra a descriminação “todos diferentes todos iguais” aplica-se sempre.

    Adoro os seus artigos, e muitas vezes sinto-me a viajar também por aqui.

    Uma óptima semana, em Itália e no mundo

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:28
      Permalink

      Oi turista ocasional
      E’ isso mesmo! Uma viagem nunca vai ser igual a outra e è muito dificil que duas pessoas tenham exatamente os mesmos gostos e interesses. Atè quando viajo com o marido, um tem que ceder daqui e o outro dali, pq nem sempre queremos ver/fazer as mesmas coisas…
      Bjs e um otimo final de semana pra vc!

      Reply
  • 24/01/2012 at 14:53
    Permalink

    Luisa,

    Dei boas risadas com o seu post.
    De fato é uma situação comum a quem escreve e viaja ser perguntado sobre os custos.
    Costumo responder às perguntas e orientações sempre com ressalvas de que depende muito do gosto, bolso, tempo e ritmo de cada um. Acho que o acerto em responder a questões como as que você colocou está em não impor o nosso ponto de vista / gosto.
    Dai porque achei seu post bem interessante.
    Poucas pessoas fariam as viagens que fiz do modo que fiz. Eu por exemplo troco qualquer restaurante chique por um supermercado bem típico e um passeio mais interessante ao meu gosto.

    Abraço.

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:31
      Permalink

      Oi Diogo
      O problema è que eu fico de maos amarradas pq nao quero iludir/enganar alguem com respostas objetivas e quem pergunta fica com raiva ou pq eu enganei com a informaçao ou pq eu respondi depende… Nao sei como me sair dessa situaçao…
      Vou experimentar responder: vc vai gastar X euros pela viagem, pra ver o que acontece! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 24/01/2012 at 15:20
    Permalink

    Gostei! Já recebi tantas perguntas do tipo, e a minha resposta também foi a mesma que a sua! kkk

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:32
      Permalink

      Oi Deise
      Fico feliz de saber que nao sou a unica… 🙂
      Bjs

      Reply
  • 24/01/2012 at 16:28
    Permalink

    Luisa, post sensacional e da maior utilidade pública.

    Bom seria se todos entendessem, mesmo…! 😉

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:33
      Permalink

      Obrigada, Marcie!
      Quem sabe um dia… 🙂
      Bjs

      Reply
  • 24/01/2012 at 16:36
    Permalink

    Luisa, se quiser um contato na Noruega, é só adicionar o meu blog: http://www.pretonobranco.no, que é o jornal da comunidade brasileira na Noruega 😉
    Muito legal o blog, e o brigado pelas dicas sobre a Eslovênia 🙂
    Leonardo

    Reply
  • 24/01/2012 at 16:41
    Permalink

    Adorei a “Naoseiaondelandia”….onde fica? Como faz para chegar la?! rs
    Mto bom o post!

    Reply
  • 24/01/2012 at 16:47
    Permalink

    Muito legal. Me diverti com esse post. É a mais pura realidade.

    Reply
  • 24/01/2012 at 20:25
    Permalink

    Mesmo que você já tenha ido mil vezes para um lugar, sempre depende, né. Principalmente no quesito gastos. É a crise, uma inflação que antes não existia, um super restaurante que acabou de abrir ou fechar, sei lá. São tantas as variáveis!
    Muito bom o post. Como disse a Marcie, utilidade pública.

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:40
      Permalink

      Obrigada Yara!
      O quesito gastos è mesmo o pior de todos…
      Acho que o povo nao sabe fazer contas, ou tem preguica, sei là…
      Nos dias de hoje vc acha o preco de tudo na internet!
      Bjs

      Reply
  • 25/01/2012 at 07:13
    Permalink

    Este post serve como um “manual do usuário” para os novos blogueiros da blogosfera, sao perguntas q todo mundo já ouviu mesmo. Eu acho q eles veem os blogueiros como um agente de viagem e muitos tem preguica de procurar informacoes e querem tudo mastigado.

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:42
      Permalink

      Oi Deiatatu
      Sabe que jà apareceu no blog gente querendo comprar um pacote de viagem? 🙂
      Bjs

      Reply
  • 25/01/2012 at 13:35
    Permalink

    Difícil, né?
    E quando alguém pede uma dica de hotel ou restaurante em Naoseiaondelandia? Por mais que eu viaje e coma fora, nunca vou ter uma lista de restaurantes e hoteis do lugar.

    Este post vai pra minha lista de indicações sob o nome Saoseiaondelandia.

    🙂

    Reply
    • 26/01/2012 at 16:44
      Permalink

      Verdade Allan… 🙂
      E a chance do teu paladar e a tua disposiçao para gastar com comida dificilmente vao ser os mesmos de quem faz a pergunta!
      Bjs

      Reply
      • 27/01/2012 at 18:29
        Permalink

        Ops!

        “Saoseiaondelandia” saiu errado. Coloquei o link no meu blog sob o título “Indicações” com o nome Naoseiaondelandia.
        🙂

        Reply
  • 28/01/2012 at 02:08
    Permalink

    Fico só pensando nas perguntas doidas que vcs blogueiros recebem…
    Ô povo que não pesquisa! E que não se conhece, né!

    Reply
    • 31/01/2012 at 11:02
      Permalink

      Oi Carla
      Vc tinha que fazer um blog tb!
      Tenho certeza de que vc iria se divertir com as perguntas! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 30/01/2012 at 21:26
    Permalink

    Luisa, minha filha,
    Fantástico post.
    Deveria ser lido por todas as pessoas, assim, talvez, elas passem a ser bem mais específicas ao perguntarem por dicas de viagem.
    Um abraço,
    Isabela Neves/Temporada Plus

    Reply
    • 31/01/2012 at 11:31
      Permalink

      Oi Isabela
      Acho que sao as tipicas perguntas de quem està planejando viagem pela primeira vez. Como estavam acostumados a ver pacotes nas agencias de turismo, em que o preço e o roteiro saltam aos olhos nas propagandas do destino, nem imaginam o trabalho que dà para montar uma viagem e que o preço e o roteiro sao consequencias de um estudo aprofundado e nao o ponto de partida para se montar uma viagem.
      Bjs

      Reply
  • 31/01/2012 at 14:57
    Permalink

    Fiz planos para uma viagem pela Europa com 70 euros por dia. Contei para um parente, que achou que seria impossível. Eu acabei fazendo o roteiro todo com menos de 70… ou seja, depende mesmo do que você quer. Já cheguei a pagar R$ 1 por um quarto de hotel na Índia só pra poder comer em restaurantes melhores…

    Reply
    • 31/01/2012 at 15:05
      Permalink

      Oi Rafael
      E’ verdade! Eu canso de dizer que com 3 mil euros vc pode ou passar o mes inteiro rodando pela França e ainda sobrar troco, ou entao torrar tudo facinho, facinho em um unico final de semana em Paris…
      Depende sempre do tipo de experiencia que cada um quer ter…
      Bjs

      Reply
  • 16/02/2012 at 18:09
    Permalink

    hahahahahaa é muito assim. Eu já tô começando a me irritar um pouco com a quantidade de perguntas sobre o Panamá que eu recebo no blog, porque a maioria pergunta coisas cuja resposta é DEPENDE. Agora vou mandar pras pessoas o link pra esse post! 🙂

    Reply
  • 24/06/2012 at 23:47
    Permalink

    Adorei!!!! Nãoseiaondelândia!!!! hahahahahahahahahahaha
    Perfeito!!!!
    A resposta é: DEPENDE!!!!

    Reply
  • 10/08/2013 at 14:55
    Permalink

    Adorei!
    Já fiquei 40 dias mochilando na Europa, dormindo em trem, gastando uma merreca. Tb já fiquei em um albergue no Cairo a US$1,50 por noite (e com café-da-manhã!). Já quase dormi na rua em Madrid, pq chegamos sem hotel e estava acontecendo um evento que lotou a cidade (e o pior é que eu já tinha passado por isso anos antes, em um Réveillon, mas não pensei que fosse passar de novo na baixa temporada). Foram situações diversas, com interesses e orçamentos diversos. E muitas lembranças e histórias pra contar!
    Agora, estou organizando uma viagem para a Itália para curtir com o maridão, às vésperas de completar 10 anos de casados. Já é uma outra fase, com outros objetivos e, consequentemente, outros custos. E muita gente não sabe o quanto é gostoso fuçar, antes da viagem. Aliás, é aí que começa a “viagem”!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *