Art Cologne 2013

A Art Cologne (na Alemanha) è a feira de arte contemporanea mais antiga do mundo, e por causa da propaganda feita por amigos que moram em Dusseldorf, fazia tempo que tinhamos vontade de visita-la. E aì calhou  – como dizem em Portugal – que o marido se inscreveu em un site e acabou ganhando 2 bilhetes VIP para essa feira.

foto (1)

Nao vou entrar no merito de que os bilhetes para a Art Cologne eram a coisa mais barata e mais facil de se arranjar numa viagem dessas para a Alemanha, mas encaramos a sorte como “um sinal” e isso foi o “empurraozinho” que precisavamos para fazer as malas.

Os preparativos todos dessa viagem foi feito nessa “vibe” de sorte, mas eu devia desconfiar: pra quem nunca ganhou nem rifa na vida, alguma coisa tinha que dar errado… E voilà!

A viagem começou com o pè esquerdo e aconteceu tudo o que podia dar errado: pra começar o voo atrasou mais de 1 hora, o carro que alugamos nao tinha o bebe conforto que haviamos reservado, no hotel deram uma cama de solteiro para a herdeira de 5 meses ao inves do berço, os bilhetes vip valiam sò para a preview da feira (dois dias antes e ninguem tinha avisado, è claro), a filhinha dos nossos amigos pegou uma doença contagiosa e nao pudemos encontra-la…

artcologne1

Fazia poucas horas que haviamos saido de casa e a impressao jà era de “que viagem mais inutil, nao vamos conseguir fazer nada do que planejamos”. Mas depois do stress inicial, as coisas começaram a se ajeitar e no final das contas conseguimos ver nossos amigos (sem a filha) e compramos na hora os nossos bilhetes nao-VIPs-para-reles-mortais-pobres para visitar a feira. 

E o que dizer da feira? Uma feira de arte quando è boa consegue ser melhor que muito museu, no que ser refere à qualidade das obras em exposiçao e a Art Cologne è uma dessas, com a diferença de que tudo ali tem um preço.

artcologne2

Nao posso negar que uma das coisas mais interessantes na feira è a atmosfera de um “mercado turco velado”. O lugar tem tudo para ser um museu comum: com obras de arte importantes sendo expostas, pessoas olhando cada quadro com atençao, e atè grupos de turistas (ops, sao estudantes de arte) com seus guias (professores, imagino eu)…

E nao obstante tudo isso, fica evidente de que nao estamos em um museu e que o objetivo principal da feira è fazer negòcios. Ao contrario de um museu, as pessoas que frequentam a feira estao muito mais interessadas no “mercado”, preços e tendencias, do que na “cultura” propriamente dita.

Entao as descriçoes das obras nao eram sobre a tecnica e nem sobre significados metafisicos para a escolha de cores/desenhos, mas sim que uma obra do mesmo autor alcançou um preço X no leilao em Londres ou NY, que aquele artista expos suas obras num lugar importante, e por isso ele è mais valorizado… 

artcologne3

E’ muito interessante ver obras famosas por esse outro angulo, e no começo eu atè tentei me misturar um pouco com os compradores e pedia informaçoes aos galeristas, mas nao consegui manter por muito tempo a minha cara blasé quando me deparava com os preços dos quadros.

E assim, por questoes “alheias a minha vontade”, eu achei melhor encarar a feira como um museu mesmo e deixar as negociaçoes para quem pode, o que nao me impediu de me divertir horrores.

Alem poder ver algumas das obras de artistas que admiro como Richter, Vik Muniz, Botero, ainda tem muita coisa a ser descoberta de artistas novos e tambem muitas obras de gosto duvidoso que me impressionaram de algum modo (no bom e no mau sentido, como esse rato morto com mosquitos voando, cujo artista nao me recordo).

artcologne4

Pra mim, a visita valeu a pena por ter sido apresentada às obras de Hughes. Saì de là encantanda com a sua “reverspective”, uma ilusao de otica tridimensional onde a parte que parece mais longe è, na realidade, a que està fisicamente mais perto do observador.

E coraçao de mae fala mais alto: como nao gostar de uma feira de arte contemporanea, cheia de obras de arte grandes e coloridas, que fizeram a alegria da herdeira. Nunca tinha visto a mocinha tao agitada e estimulada, sem saber para onde olhar primeiro, com mil gargalhadas numa felicidade que sò ela!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 thoughts on “Art Cologne 2013

  • 08/06/2013 at 19:34
    Permalink

    Olá,

    Adorei o blog de vocês. Também sou uma apaixonada por viagens e escrevo sobre isso no meu blog: http://tralhadarede.blogspot.com.br.

    Gostaria muito de divulga-los lá e, quem sabe, ser divulgada aqui. Podemos conversar mais também sobre fazer parceria, projetos juntos. Que tal?

    Meu e-mail pessoal: aleide@gmail.com.

    Parabéns!

    Aleide – Tralha da Rede.

    Reply
  • 13/06/2013 at 13:32
    Permalink

    Como deve ser maravilhoso um passeio desta em uma feira desta, em um país de primeiro mundo que leva tão a sério a arte contemporânea.

    Parabens pelo post.

    Reply
  • 08/08/2013 at 20:10
    Permalink

    Caraca, muito legal as “bolinhas” ! rsrsrs..

    Reply
  • 12/08/2013 at 08:38
    Permalink

    tem viagem que vc pensa… ai, ai, ai… pq fui sair de casa???
    Ainda bem que deu tudo certo e vcs se divertiram e aproveitaram tudo.
    mercado turco velado foi otimo…kkkk

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *