As 3 cidades de Malta

As chamadas “tres cidades de Malta” sao realmente 3 cidades, Vittoriosa, Senglea e Cospicua, que se  reuniriam dentro de um dos maiores projetos de arquitetura militar feitos pelos Cavaleiros de Malta – Cottonera Lines.

Quer dizer, segundo o guia, o projeto da Cottonera Lines iniciou em 1670, mas o dinheiro acabou antes da fortificaçao ficar pronta e em 1680 a obra foi interrompida, com a morte do Gran Maestro Nicolas Cottoner, seu idealizador.

De qq modo, nao tem muito muro visivel na regiao e o que tem de mais interessante da tal Cottonera Lines è a porta de Zabbar, em Cospicua, uma obra de arte feita em 1675 que mistura potencia militar e elegancia.

Se o objetivo era murar 3 cidades, significa que as tais cidades nao eram tao grandes assim… Realmente, procurando lugar pra estacionar o carro, fomos parar em Vittoriosa, sem nem perceber que Senglea e Cospicua jà tinham passado!

Foto tirada daqui.

Outro motivo para que nos perdessemos è que essas cidades possuem dois nomes e, nas placas, cada vez era mencionado um nome diferente. Pra nao errar: Vittoriosa = Birgu, Senglea = L’Isla e Cospicua = Bormla.

Como jà estavamos em Vittoriosa mesmo, começamos a nossa visita por ali.  

Nao acho que fizemos uma boa escolha! È a cidade mais bonita das 3, onde os Cavaleiros decidiram viver quando chegaram em Malta em 1530.

O problema è que depois de passear por uma Vittoriosa linda de morrer, Senglea e Cospicua ficaram penalizadas e nao as achei tao interessantes assim…

Senglea segue mais ou menos o mesmo estilo de Vittoriosa, mas è uma cidade menos “imponente”.  Na extremidade da peninsula fica o Safe Haven Gardens, cartao postal de Senglea:

È um jardim pensil onde fica a Gardjola, uma guarita hexagonal, que possui em cada face, uma representaçao de um olho, de uma orelha e de um pelicano, que simbolizam a vigilancia dos Cavaleiros contra os inimigos.

Mas bonita mesmo è a vista que se tem de Valletta, Vittoriosa e de todo o Grand Harbour.

Jà Cospicua fica no meio das duas peninsulas de Vittoriosa e Senglea. È a mais movimentada e a menos interessante das 3 cidades e, excluindo a porta de Zabbar, a cidade nao me entusiasmou… Culpa minha! Deveria ter começado a minha visita por ela…

Dizem que em Cospicua as festas populares costumam ser bem animadas e, quando estivemos ali, a cidade estava se preparando e se enfeitando com  grandes imagens de santos e herois e tb estandartes para a festa da Imaculada Conceiçao… Uma pena que nao ficamos para conferir a festa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 thoughts on “As 3 cidades de Malta

  • 26/03/2010 at 23:56
    Permalink

    Luisa, adoro esse tom de cor das construções! As cidades parecem lindas! E que confusão esses nomes tão diferentes!

    Beijos!

    Reply
    • 29/03/2010 at 10:41
      Permalink

      Oi Camila,
      As cidades sao lindinhas mesmo! Minusculas, mas bem charmosas!
      Bjs

      Reply
  • 29/03/2010 at 12:34
    Permalink

    Que lindas as fotos! nao vejo a hora de tirar as minhas zilhoes de fotos por lah tambem! Pena que vou ficar tao pouco tempo! (um fim de semana prolongado soh…)

    Sabe que acho que a viagem pra Tanzania esse ano tah murchando…?
    Nosso motivo principal pra viajar pra lah seria escalar o Kilimanjaro, mas esta saindo TAO caro, que acho que vamos trocar de destino…
    mas volto e meia volto aqui e fico babando… 🙂

    Reply
    • 30/03/2010 at 11:07
      Permalink

      Oi Dri,
      Nao è tao pouco tempo assim nao… Nòs tb ficamos um final de semana prolongado (3 dias e meio pra ser bem exata) e rodamos por tudo com muita calma…
      Que pena que a Tanzania tà murchando!
      Mas è fato: eita pais caro! Programa pra americano rico! Por isso que escolhemos como destino pra nossa lua-de-mel. Outra viagem de$$a vai demorar pra sair…
      Vc chegou a ver os preços no Kenia? Qdo estava decidindo para onde ir, percebi que o Kenia è mais “popular”, quer dizer, tem mais opçoes turisticas e consequentemente custava menos. Tb nao era uma pechincha, mas…
      Bjs

      Reply
  • 01/04/2010 at 01:31
    Permalink

    Amei a arquitetura. Concordo com Mario Quintana: ‘não gosto da arquitetura moderna, porque a arquitetura moderna não sabe fazer casas velhas’…rs
    Desde que visitei a Itália só penso nos casarões antigos e cheios de arabescos, janelas e portas que parecem nos levar para outros tempos.
    Abraço

    Reply
    • 06/04/2010 at 14:29
      Permalink

      Oi Ines,
      Nao conhecia essa frase de Quintana! Bellissima! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 03/04/2010 at 20:20
    Permalink

    Uau! Nunca tinha pensado em Malta antes…mas agora já faz parte da minha lista (interminável!)
    Vittoriosa é mesmo uma graça, parece uma viagem no tempo! E que tempos malucos aqueles, não!?
    Beatriz

    Reply
    • 06/04/2010 at 14:39
      Permalink

      Oi Beatriz
      Ah essas listas de viagem… A minha tb sò aumenta!! 🙂
      Malta è mesmo bem interessante, vale a visita, mas eu nao incluiria o pais numa primeira ou segunda viagem para a Europa.
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *