Bologna

Quando a Leading Hotels fez aquela promoção-palhaçada de diárias a US$19,28, fiquei bem feliz com a possibilidade de garantir um final de semana em Bologna, pagando pouco num hotel legal, comendo muito bem e, ainda por cima, perto de casa! Não precisaria nem me preocupar com transportes! Perfeito!

Bom, a promoção não deu em nada, mas o namorado acabou se empolgando com a ideia e reservou um outro hotel e lá fomos nós para um final de semana gastronômico na terra da lasanha.

bologna6

Chegamos em Bologna e o nosso GPS endoidou. Dávamos voltas e voltas pela cidade e o aparelho sempre nos mandava entrar na Piazza Maggiore, a praça central de Bologna. Diante disso, estacionamos o carro e telefonamos ao hotel para pedir informações. Imagina a nossa cara quando a fulana do hotel nos disse: “Vocês devem entrar na Piazza Maggiore e devem virar à direita, ao lado da Basilica”

Acho que esse foi o hotel mais central que eu já me hospedei na vida. Da janela do quarto, bastaria esticar o braço para quase tocar a Basilica. A quem interessar possa, ficamos no hotel Comercianti

bologna7

Eu adoro a Basilica de São Petronio, pois é enorme, é bonita e é incompleta. Começaram a construir a Basilica em 1390, trabalharam por dois séculos e não deram conta de terminar o serviço: na fachada, só a parte inferior foi recoberta com mármore e duas “alas” da Basilica, que existiam no projeto original, não foram feitas porque tava demorando tanto que resolveram construir outro Palácio ali do lado, o que impediu a expansão da igreja. E ainda assim possui 130m de comprimento por 60m de largura! Por dentro a Basilica é bem sóbria, com uma estrutura gótica.

bologna9

Uma outra característica de Bologna são os pórticos. A cidade se orgulha dos seus mais de 40km de pórticos que foram feitas seguindo ordens das autoridades locais na Idade Média, com a expressa exigência de que tivessem no mínimo 2,66m de altura a fim de permitir a passagem de um homem montado num cavalo.

bologna5

As torres também são um símbolo de Bologna e tiveram particular importância quando a cidade enfrentava a rivalidade entre os Guelfos e os Gibelinos. Dizem que na Idade Média, Bologna contava com mais de 200 torres, mas hoje a cidade possui só umas 60 e o cartão postal da cidade são as torres Asinelli e Garisenda.

bologna1

Mas Bologna é mais conhecida no mundo todo pela sua culinária e não pelos seus monumentos. Acho que todo mundo, alguma vez na vida, já comeu algo “à bolonhesa”. Quer dizer… Todo mundo, não! Os italianos (pelo menos os que eu conheço) nunca comem nada a bolonhesa. Eles acham horrível a expressão que, segundo eles, é usada só por turistas estrangeiros que não entendem nada de comida. Italiano come “ragù di carne”.

 bologna2

Eu não me importo muito com o nome dado ao prato… Se vier servido com tagliatelle, tá ótimo! Adoro! Mas o que eu mais gosto de comer em Bologna não é o molho a bolonhesa, mas sim a mortadella. A melhor mortadella que comi na vida veio servida cortada em cubinhos como antipasto numa trattoria qualquer do centro da cidade. Era tão boa que nem me lembro do gosto da lasanha que pedi como prato principal…

bologna3

Outra especialidade bolonhesa, que eu não botava muita fé, são os tortellini. Essa massa recheada de carne, que, segundo a lenda, foi modelada no umbigo de Vênus, não me inspirava porque a tradição manda comer tortellini com brodo, e aquilo sempre me pareceu uma sopinha sem graça. Quanto tempo eu perdi na vida por puro preconceito contra o brodo!!

bologna4

Uma pena que os vinhos da região de Bologna não sejam particularmente bons, se comparados com os vinhos da região da Toscana e do Piemonte, mas pedimos um delicioso Sangiovese produzido por San Patrignano, que mais tarde fui saber que é um centro de reabilitação para tóxico dependentes.

bologna8

A parte triste dessa viagem é que voltei para Milão parecendo uma mortadella, bem redonda! Mas muito feliz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

42 thoughts on “Bologna

  • 06/12/2008 at 16:45
    Permalink

    Luisa, interessante ver esse post, porque eu estava justamente lendo sobre Bolonha no último livro Bluelist do Lonely Planet, como sugestões de destinos legais e não tão batidos.
    Fora que está me dando fome…adoro mortadela! Essa que você comeu, então, especialíssima…E eu entendo o brodo, a visão não é tão apetitosa para quem nunca experimentou o sabor de um bem feito. Eu já não tenho problemas porque já virou tradição na minha família o capeletti em brodo no dia do Natal, apesar de não sermos uma família italiana (coisas de Brasil, né? 😀 ) É maravilhoso…
    Um bom fim de semana!

    Reply
    • 09/12/2008 at 19:58
      Permalink

      Emilia, e olha que coisa engraçada, eu venho de uma familia italiana e só como brodo no dia de Natal quando passo o Natal na casa dos sogros! Na minha familia, ninguem quer saber de sopinha! 🙂

      Bjs

      Reply
  • 06/12/2008 at 22:09
    Permalink

    Ai Luisa…q vida difícil essa de morar na Europa viu!ehhe…fins de semana na Alemanha, Bologna…ehhe
    E eu não sabia que ai era um local conhecido pelas suas mortadelas! Agora que eu VOU TER que ir conhecer a cidade (até parece que é só por causa disso!)ehhe
    bjus

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:00
      Permalink

      Oi Guta,
      Morar na Europa facilita muito as coisas mesmo! E com as low cost, só fica em casa quem quer!
      Vou te contar um segredo: eu queria ir pra Bologna só por causa da mortadella mesmo! Adoro!
      Bjs

      Reply
  • 07/12/2008 at 02:26
    Permalink

    Ah, não! Mortadela é meu ponto fraco. Vivo escolhendo e experimentando marcas diferentes . Viva Bologna! Bjs!

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:02
      Permalink

      Oi Silvia,
      Eu já passei da fase de experimentar marcas diversas… Elegi a minha preferida e sou fiel a ela! Nem sei qual é a marca, mas compro sempre no mercado municipal perto de casa e vem com pimenta e pistache no meio! Viva a mortadella!
      Bjs

      Reply
  • 07/12/2008 at 08:54
    Permalink

    Oi Luisa

    Tudo bem? Não sei se vc vai se lembrar de mim mas eu sou a Vanessa que mora nos Emirados Árabes e que te pediu dicas sobre natal na Itália. Finalmente eu e meu marido definimos o itinerário
    Roma(2 dias e meio)- Pisa( um dia só)- Firenze(2 dias)- Milan(2 dias)- Veneza(3 dias)
    sei que pra tudo isso seriam necessários mais dias mas como folga pro meu marido é uma raridade a gente quer aproveitar a oportunidade.
    Como é nossa primeira vez na Itália poderia nos dar alguma dica?
    Obrigada mais uma vez

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:13
      Permalink

      Oi Vanessa
      Lembro sim! Que tipo de dica vc quer? Não sei nem por onde começar!
      Bjs

      Reply
  • 07/12/2008 at 20:34
    Permalink

    Luisa

    Já tinha pensado em fazer um post sobre Bologna mas vc chegou primeiro… -:) Agora não vou fazer mais…qualquer um ficaria sempre mal comparando com o seu que está optimo!
    Lindas fotos dos pórticos! Estivemos lá num Verão bem tórrido e a sombra dos pórticos e os gelados de uma gelataria mesmo em frente das 2 torres mais famosas,ajudaram a que não derretessemos…hehe
    Tb ficámos num hotel bem central com vista para a Piazza Maggiore que eu achei linda!As ruas estreitas que partem da praça cheias de lojinhas de massas,queijos e outras iguarias assim como as de fruta e de peixe e marisco tb valem o passeio!

    Bjs

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:15
      Permalink

      De jeito nenhum, Margarida!
      Eu adoro trocar figurinhas sobre os lugares por onde andei e adoraria ler as suas aventurar por lá!
      Vc está intimada a fazer seu post sobre Bologna!
      Bjs

      Reply
  • 08/12/2008 at 15:25
    Permalink

    Luisa, meu sogro morou em Bologna durante dois anos. Meu namorado adorou a cidade, mas ele foi no inverno e as fotos são bem diferentes! Pena que eu ainda não o conhecia nessa época e agora ele só quer voltar a Itália depois de ter conhecido meio mundo… 😉

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:19
      Permalink

      Ih, Camila, então quer dizer que a Itália tá no final da sua listinha?
      Eu também tenho uns lugares europeus que quero visitar que o namorado já foi e não pensa em voltar tão cedo… É uma chatice!
      Mas eu estou conseguindo negociar. Volto para vários lugares no Brasil só pra mostrar pra ele (isso é o que ele pensa! Na verdade, eu volto pra matar saudades!) e ele volta para os lugares europeus da minha listinha. Parece uma boa troca!
      Bjs

      Reply
  • 09/12/2008 at 07:46
    Permalink

    Hahahaha eu tbém volto meio “mortadela” depois de certas viagens…, mas viajar tbém inclui gastronomia mesmo…
    Muito boa a sua dica sobre o molho bolonhesa…. é muito bom saber…

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:22
      Permalink

      Oi Deiatatu,
      Pra mim, gastronomia é parte fundamental de uma viagem! O duro é recomeçar a dieta toda vez que volto de algum lugar… 🙂
      Bjs

      Reply
  • 09/12/2008 at 15:29
    Permalink

    Luisa,
    Além das guloseimas, você caprichou na aula de história à bolongnesa!!
    🙂
    Muito legal o posto, e acredito sim que você deve ter saído de lá bem redondinha, quem não sairia???

    Beijos

    Reply
    • 09/12/2008 at 20:24
      Permalink

      Oi Carol
      Eu queria entender como as italianas conseguem se manter magras com tanta comida boa que tem por aqui!
      Deve existir um segredo! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 09/12/2008 at 21:56
    Permalink

    Luisa,
    adoro esses posts da Itália afinal como não consegui ir esse ano continua nos meus sonhos. E esse de Bologna ficou realmente uma delícia!!! Também quero!!!

    Reply
    • 11/12/2008 at 16:40
      Permalink

      Oi, Carla
      Não desista do sonho e venha mesmo pra Itália! É um país incrível e tenho certeza de que vc vai amar!
      Ainda tenho muita coisa sobre a Itália pra escrever e se precisar de alguma dica para sua futura viagem, estamos aí!
      Bjs

      Reply
  • 09/12/2008 at 22:39
    Permalink

    Oi Luisa

    Como é nossa primeira vez lugares que temos que visitar em Firenze e Veneza ( aliás será que as coisas melhoraram por lá depois da enchente?). Algum brechó legal em Milan e um bom restaurante (se possível com preço razoável) para o jantar de natal em Roma e um em Veneza pro Ano Novo.
    Beijo e obrigada

    Reply
    • 11/12/2008 at 16:55
      Permalink

      Oi Vanessa.
      Em Firenze, imperdíveis, na minha opinião, são Galleria degli Uffizi, Accademia e Ponte Vecchio; em Veneza, os classicos Piazza San Marco e Palazzo Ducale são lindos de morrer, mas o legal mesmo é se perder pela cidade e perambular sem rumo. As chuvas continuam e ontem vi na TV que Veneza vai ficar debaixo d’agua mais uma vez… Dá uma olhada nas previsões nesse site: http://www.comune.venezia.it/maree.
      Brechó em Milão eu não conheço nenhum, já fui em alguns outlets, mas sinceramente nada que valesse muito a pena, na minha opiniao. Nesse site, vc acha uma lista com os principais outlets da Italia: http://www.corriere.it/speciali/outlet/pop_foreigners.shtml
      Jantar de Natal e Ano Novo fica meio complicado dar sugestões. Os italianos costumam passar o Natal com a familia e a maioria dos restaurantes fecha e, no ano novo, os restaurantes costumam elaborar um menu único com preço fixo para o jantar. Acho que te convém procurar os restaurantes em Guias como Michelin ou Gambero Rosso, escolher aqueles que se enquadram nas suas exigencias (preço, localização, menu…) e mandar um email perguntando se vao estar abertos e o que propoem.
      Bjs

      Reply
  • 11/12/2008 at 01:06
    Permalink

    Que delicia de viagem… comer é bom demais e eu estou com fome só de ler esse post…
    Meu pai ia amara essa mortadella… e eu quero provar essa sopinha de capeletti, eu faço uma gostosinha, mas misturo também cenoura e batata para dar mais sustança ehehehehe…
    bjks

    Reply
  • 11/12/2008 at 01:07
    Permalink

    Ops… essa aí sou eu a Mirella do mikix.com 🙂

    Reply
    • 11/12/2008 at 16:59
      Permalink

      Oi Mirella,
      Sopinha com batata e cenoura eu adoro! Sopa aguada é que não me anima muito, mas aquela era deliciosa!
      Fui espiar o site Beejoux, você não para, hein? Está de parabéns! Gostei muito do que vi, as peças são super bonitas e elegantes, principalmente os brincos (adoro brinco!)! Sucesso pra vcs!
      Bjs

      Reply
  • 11/12/2008 at 17:11
    Permalink

    Oi Luisa

    Muito obrigada pelas dicas!

    Beijo

    Reply
    • 18/12/2008 at 23:37
      Permalink

      Oi Vanessa,
      Eu é que agradeço a visita!
      Bjs

      Reply
  • 12/12/2008 at 13:41
    Permalink

    Pois é, Luisa, ele tem algo contra “repetir” os lugares. hehe Mas acho em uma viagem à Europa eu consigo incluir pelo menos um pedacinho da Itália no roteiro. Até estudar um pouquinho de italiano eu já estudei… 😉 Beijos!

    Reply
    • 18/12/2008 at 23:44
      Permalink

      Camila,
      Sabe que eu tb nao gosto de repetir lugares, principalmente considerando que tem tanto lugar novo no mundo pra visitar… Mas quando repito os lugares, eu nunca me arrependo! Viajar é bom de qualquer jeito, visitando algo novo ou velho!
      Se der certo de incluir a Italia num roteirinho europeu e precisar de dicas, estamos ai!
      Bjs

      Reply
  • 02/01/2009 at 04:24
    Permalink

    Luisa,
    Gostei muito das coisa que li no seu blog. Daí vai um pedido. Quero fazer uma viagem ao norte da Itália e conhecer lugares interessantes (já estive em viagens anteriores em Roma, Firenze, Veneza, Milão, Verona, Assis). Que sugestões você faria? Que sites interessantes poderiam me ajudar? Pode ser uma viagem de mais de 15 dias visto que estou aposentada e devo viajar com mais duas pessoas.
    Agradeço a sua disponibilidade em me atender.
    Um abraço afetuoso,
    Jane

    Reply
    • 09/01/2009 at 13:24
      Permalink

      Oi Jane
      Obrigada! Fico feliz que vc tenha gostado do blog! Olha só, o norte da Itália tem as quatro estacoes bem definidas e, dependendo da época que vc está pensando em vir, existem programas diferentes pra fazer. No verão e na primavera a região dos Lagos (Como, Maggiore…) é linda, mas no inverno não dá pra ir… No inverno, perto do Natal, a região das Dolomitas é incrível: neve, montanhas, mercadinhos de Natal… No verão, a região é bonita, mas não tem o mesmo charme. Um turismo mais cultural, seria rodar por Ravenna, Ferrara, Padova, Modena…
      Se vc me explicar quais são seus interesses e em que época vc pretende viajar, posso te ajudar melhor! E uma coisa é certa: lugares interessantes é o que não falta na Itália!
      Bjs
      Bjs

      Reply
  • 21/02/2009 at 13:05
    Permalink

    Olá,

    Vou viajar em junho, com marido e dois filhos, temos 6 dias partindo de Grenoble para viajar pelo norte da Itália e algo interessante na Suiça. Pensamos em fazer Bolonha, Milão, Lugano e Genebra. O que você sugere?
    Já conhecemos Roma, Florença e Veneza.
    Um abraço

    Rossana

    Reply
    • 22/02/2009 at 16:04
      Permalink

      Oi Rossana,
      Acho meio complicado sugerir roteiros para quem eu não conheço, principalmente pq não sei o que vcs esperam de uma viagem pela Itália, nem a idade dos seus filhos…
      Milão é uma cidade grande, sem grandes atrativos turisticos, mas tem uma excelente infra-estrutura para quem quer comer bem, ficar bem hospedado, fazer compras, numa comparação grosseira, seria uma “São Paulo” da Itália.
      Bologna… bom… o que eu acho de Bologna tá escrito no post. E acho meio longe para incluir num roteiro com a Suiça.
      Já pensou em visitar a regiao dos lagos que é bem bonita (Como, Garda e Maggiore)?
      Bjs

      Reply
  • 02/03/2009 at 02:28
    Permalink

    Obrigada Luisa,

    Os meus filhos têm 21 e 23 anos e vamos aproveitar que um deles está estudando em Grenoble, visita-lo e conhecer um pouco mais da Itália.
    Eu gostaria de lhe consultar sobre alimentação: custo e estilo de comer (pois já faz algum tempo que viajei pela Itália).
    Nos restaurantes tem algum esquema de menu a preço fixo como se acha em outros países como França, Bélgica e Espanha?
    Também como em outros países europeus, é mais barato comer na hora do almoço do que na hora do jantar?
    Tem alguma dica de tipo de restaurante que seja mais acessível?
    Quanto seria um mínimo que teríamos que prever de gastos com comida – fazendo uma refeição por dia em restaurante?
    Desculpe o excesso de perguntas, mas teria mais uma: li em um lugar de dicas turística que em Milão há um costume dos restaurantes terem um tipo de bufê livre de happy hour no final da tarde em um esquema que o cliente come à vontade e paga somente as bebidas. Isto existe mesmo? São retsuarantes d eumadeterminada região da cidade ou vários têm?
    Agradeço muito as suas respostas, pois é um previlégio poder falar um pouco ocm alguém que mora no país e se dispõem a partilhar as suas experiências.
    Um abraço
    Rossana

    Reply
    • 04/03/2009 at 16:40
      Permalink

      Oi Rossana,
      Sabe comida è com os italianos mesmo! Nunca vi povo pra gostar de programas gastronomicos como eles! 🙂
      Com relacao às suas perguntas: normalmente os restaurantes que servem menu a preco fixo, ou sao aqueles que atendem trabalhadores das redondezas na hora do almoco, ou entao sao aqueles turisticos.
      Os precos do almoco sao normalmente mais baratos, mas os menus pq os menus do almoco e da janta costumam ser diferentes, principalmente durante a semana. Nos restaurantes mais turisticos, nao sei se muda tanto…
      Falar de gastos è complicado… Vai depender muito do que vc quer comer, onde, as bebidas… Em Milao, uma pizza custa uns 9 euros, um jantar num restaurante decente, uns 25-30 euros por pessoa sem bebidas; se quiser alem da comida boa, um ambiente mais agradavel e pratos com uma apresentacao mais bonita, o preco sobe para uns 50 euros, se quiser comer bem de verdade, espere gastar de 80 euros pra cima. è claro que estou te passando uma media, existem restaurantes bons mais baratos e restaurantes ruins caros…
      Esse happy hour è o que os italianos chamam de aperitivo. Nao sao restaurantes, sao bares e vc paga uns 7 euros pela bebida (qq bebida, se pedir coca cola, vai custar 7 euros) e come a vontade o que tem no buffet. Praticamente todos os bares fazem isso, a diferenca esta na qualidade da comida servida… A maioria serve umas coisas de baixa qualidade, tem que conhecer e escolher bem para comer alguma coisa de decente.
      Espero ter ajudado.
      Bjs

      Reply
  • 04/03/2009 at 16:47
    Permalink

    Olá Luisa,

    Muito obrigada pelas suas dicas, ajudaram bastante.
    Um abraço

    Rossana

    Reply
  • 16/03/2009 at 22:14
    Permalink

    Olá Luisa,

    Gostaria de algumas dicas onde posso encontrar roupas de festas em um dessas cidade: Veneza,Florenza ou Milão, estarei indo em Abril…
    Agradeço

    Reply
    • 23/03/2009 at 11:54
      Permalink

      Oi Rejane,
      Roupa de festa? Nossa, vc me pegou! Primeiro pq nunca precisei de roupa de festa por aqui e segundo pq eu nao sei exatamente o que vc entende com roupa de festa, nem quanto vc pretende gastar…
      Em Milao, vc encontra alta costura nas lojas das principais grifes da cidade: Armani, Prada, Valentino… Mas se quiser alguma coisa mais em conta vale rodar as maiores ruas de compras da cidade como Corso Buenos Aires, Vittorio Emanuele… Ou de repente algum outlet…
      Bjs

      Reply
  • 11/05/2010 at 01:43
    Permalink

    Oi Luisa!
    Queria uma opinião sua….
    Estarei com meu namorado de carro saindo de Roma em direçao a Milao em 17/09/10.
    Pensamos em sair de Roma pela manhã, dirigir uns 300 km e passar a tarde/ noite em alguma cidade que ainda nao conhecemos para sair no dia seguinte até às 12h para ir para Milao. ( nosso voo de volta do BR é no dia 18/09).
    Levando em conta que no ano passado conhecemos a Toscana incluindo Florença, o que poderiamos conhecer no caminho? Bologna? Alguma outra idéia?
    Gostamos de boa comida e bons vinhos!!!
    Bjs e boa semana!
    Carol

    Reply
    • 17/05/2010 at 09:59
      Permalink

      Oi Carol
      Bom, se o objetivo for sò descansar da viagem e comer bem, Bolonha è perfeita!
      Se vcs quiserem dar uma desviada no trajeto e visitarem alguma coisa diferente, lugar pelo caminho è o que nao falta: eu gosto muito dos mosaicos de Ravenna, do centro historico de Ferrara, da paisagem de San Marino… Mas, como eu disse, vcs vao desviar um pouco do caminho… Tem que simular os percursos e ver se o desvio vale a pena.
      Bjs

      Reply
  • 31/07/2010 at 23:37
    Permalink

    Oi Luisa,
    valeu pelas dicas, vamos simular o trajeto e ver no que dá.
    De qualquer forma, Bologna me pareceu uma boa ideia!

    Como teremos somente uma noite lá, vc me recomenda algum restaurante bacana para jantar?

    Pode ser até meio caro uma vez que será a nossa última noite na Italia e vamos merecer um grand finale!!! Depois a gente se vira com a fatura do cartao na volta ao BR!!!

    Tinhamos pensado em fazer a última parte da viagem no Piemonte ( lembra do post q vc ia postar no Riq Freire mas deu erro?), pois é… mas acabamos nos decidindo em passar 5 noites em Roma para conhecê-la com mais tempo.

    Voce sabe se em setembro ainda tem trufas? E funghi porcini?? Nós somos apaixonados por estas 2 iguarias!!!

    Mais uma perguntinha… tem algum restaurante especial para me indicar em Roma? – nao vale aquele q do molho alfredo q vc já postou… se precisar, pede ajuda pro maridao, ta??? rsrsrs

    Ah, estaremos aí na 2a semana de setembro!

    Muito obrigada pelo carinho e atenção que voce nos dispensa, vc é muito especial, viu?

    Bjs

    Carol

    Reply
    • 30/08/2010 at 23:40
      Permalink

      Oi Carol
      Pra variar eu estava viajando, por isso nao consegui responder antes… Espero que de tempo…
      Em Bologna, os restaurantes bacanas deixam a desejar. È que Bologna è a terra da comida da “nonna”, do pratao de pasta feito em casa, entao os restaurantes mais elegantes nao conseguem superar a pasta caseira feita nas tratorias.
      A estacao das trufas vai de outubro a novembro, acho meio dificil encontrar trufas antes disso, mas de repente… Jà funghi porcini é mais facil de achar.
      Em Roma, eu sou louca pelas carciofi alla giudia. Sao alcachofras fritas (nada dieteticas) e os melhores restaurantes ficam, é claro, no bairro judeu de Roma. Eu gosto do Piperno, nao è um lugar muito elegante, mas as alcachofras sao fritas à perfeicao (eu gosto, pelo menos!)
      Se vc me disser que tipo de restaurante vc esta procurando (mais ou menos elegante, comida mais tipica e caseira ou qq coisa mais elaborada e requintada…) fica mais facil dar palpites.
      Bjs

      Reply
  • 01/09/2010 at 19:08
    Permalink

    Oi, Luisa,

    bem legal este seu post e um dos poucos que estou conseguindo achar sobre Bologna. Agora em outubro estarei 5 dias nesta cidade, acompanhando meu marido em uma viagem de trabalho. 5 dias me parece demais para ficar somente em Bologna, o que você acha?
    Dá para conhecer outros lugares perto e de trem? Eu estava pensando em fazer “bate-e-voltas” sozinha durante o dia. Será que é viável?
    Você sabe me dizer como é o tempo na região em outubro?
    Se você tiver outros links que levem a informações sobre a região pode me passar.

    Muito obrigada e parabéns pelo blog!

    Reply
    • 07/09/2010 at 09:44
      Permalink

      Oi Flavia
      5 dias em Bologna cansa um pouco, mesmo; mas opçoes è o que nao faltam por perto.
      È super facil pegar o trem e super facil fazer varios bate-e-voltas sozinha.
      O dificil vai ser escolher para onde ir! 🙂 O google maps e o site da trenitalia serao seus maiores companheiros na escolha!
      Outubro costuma ser meio chuvoso e mais fresquinho, mas nada que atrapalhe os passeios.
      Boa viagem!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *