Carrick-a-Rede Rope Bridge

 Existiam duas possibilidades de passeio até Giant’s Causeway: a primeira, mais barata, era ir direto de Belfast ao ponto de interesse, ida e volta sem escalas; a segunda opção era, com um pequeno acréscimo do valor, é claro, fazer duas paradas no meio do caminho: uma na Carrick-a-Rede Rope Bridge e a outra numa destilaria de whiskey (antes que alguém me corrija, o irlandês é assim mesmo que se escreve… whisky é escocês)

Obviamente decidimos pelo passeio com escalas! Pra ser sincera o que me interessou mesmo foi a parte do whiskey, nem ouvi que tinha uma ponte incluída no tour…

Pois bem, a tal ponte, que fica na Costa Norte da Irlanda do Norte, foi construída por volta de 1600 pelos pescadores locais interessados em pescar os salmões que faziam da ilha de Carrick parte de sua rota migratória. Como o mar ali é muito turbulento, não era seguro ir de barco até a ilha, então o jeito foi construir a tal ponte suspensa (que também não me pareceu muito segura…).

ropebridge.jpg

Hoje ainda existem alguns pescadores que a utilizam, mas como os salmões não são mais abundantes na área, a ponte é mais usada mesmo como atração turística.

A paisagem natural onde se localiza a Rope Bridge é de tirar o fôlego: um enorme tapete em vários tons de verde que acabam em paredões de pedra que enfrentam o mar. Bom, eu não sei se fiquei sem fôlego com a paisagem ou de medo quando me deparei com aquela ponte e com aquele vento!

ropebridge2.jpg

Realmente, muita gente chegava perto, olhava com desconfiança e voltava sem coragem de atravessá-la, especialmente porque do outro lado da ponte não tem nenhum atrativo especial, além de admirar a vista espetacular. A diversão do lugar é a ponte em si!

Na minha opinião, o problema maior não era o medo de atravessar a ponte, é ter que atravessar a ponte duas vezes: na ida e na volta, porque não existe outro modo de sair de Carrick Island.

Me enchi de coragem e fui!

A ponte balançava muito com o vento forte e o meu medo se misturava com a impressão de estar voando. Que sensação fantástica!  Mas a minha coragem só me permitiu olhar pra baixo na volta, quando eu já estava quase chegando no final da ponte…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 thoughts on “Carrick-a-Rede Rope Bridge

  • 23/10/2007 at 15:43
    Permalink

    Minha nossa, eu tenho um problema sério com altura, possivelmente travaria na metade da ponte, a não ser que tivesse “tomado muita coragem” na destilaria do tal “whiskey” antes, hehehehehe…

    Reply
  • 24/10/2007 at 10:31
    Permalink

    Não sei se dava conta de atravessar a ponte bêbada, não… Aquilo já balançava tanto estando sóbria…
    Mas… agora que vc mencionou… eu tô achando até que foi proposital visitar a destilaria somente depois do tour pela ponte…

    Reply
  • 12/08/2008 at 21:44
    Permalink

    Realmente a sensação deve ser maravilhosa!!!
    Pretendo visitar a região e assim que possível contarei minha experiência.
    Luisa, parabéns por enfrentar seu medo, tenho certeza que foi muito bom!
    Até mais!
    abraços
    edu

    Reply
  • 26/08/2008 at 13:30
    Permalink

    Olà Edu

    A minha sorte è que eu sou mais curiosa do que medrosa, entao enfrento muita coisa em nome da curiosidade! 🙂

    Conte mesmo sua experiencia, adoro “trocar figurinhas” sobre viagens!

    Bjs

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *