Category Archives: Vaticano

Vaticano VIP

A minha primeira e ultima vez no Vaticano tinha sido antes da invençao da internet e em pleno mes de agosto; acho que foi o primeiro grande programa de indio do meu curriculo turistico!

Pra começar, fazia um calor absurdo e, em nao bastando, ficamos mais de 3 horas na fila para comprar os ingressos para ver a Capela Sistina. Mal sabia eu que essas 3 horas na fila seriam as mais agradaveis de todo o tour!!

Finalmente entramos! Eu nao sabia que pra ver a Capela Sistina deveriamos passar antes pelos corredores do Museu do Vaticano. Na minha ingenuidade, eu achava que dava pra ir direto ao que me interessava… Doce ilusao…

Mas nao tinha problema… percorrer o museu atè que seria um prazer, pois o lugar parecia ser muito interessante… o problema é que aqueles corredores estavam tao cheios de gente, mas tao cheio, que eu sequer conseguia ver por onde estava andando e ia praticamente carregada pela multidao. Me senti na saida de um estadio de futebol na final de um campeonato! Um horror!

E finalmente a Capela Sistina! A situaçao ali nao estava muito melhor, a tal Capela estava mais parecida com o metro na hora do rush do que com um lugar de culto. Fiquei observando as pinturas no teto pelos poucos minutos que a multidao que entrava me permitiu, atè ser empurrada totalmente pra fora.

O lugar pode ser bonito, importante, emocionante ou qq outro adjetivo que quiserem dar, mas, definitivamente, nao compensa!!  Foi uma das piores experiencias em viagens ever! Prometi a mim mesma que nunca mais colocaria meus pés ali!

A minha promessa durou uns 12 anos até que, com a internet, vi que podem ser organizadas visitas privadas à Capela Sistina… Descobri que o Vaticano, depois que o museu fecha as portas para o turismo geral, reabre, de segunda à sabado, para tours privados que duram 2 horas.

Fiquei sonhando com uma Capela Sistina só pra mim, sem mais ninguem perto e sem ter que ouvir aqueles “sshhhh” e aqueles “no photos”, que marcaram a minha primeira visita! E atè me animei com a ideia de poder finalmente ver o que o Museu do Vaticano oferece!

Mas os preços de uma visita dessas sao proibitivos!  Várias agencias (como essa ou essa, por exemplo) fazem esse tour privado, com uma media de 10-12 pessoas no grupo e os preços giram em torno dos 275 euros por pessoa!!! 

Contratando diretamente com o Vaticano, eis os preços que me passaram para um grupo de atè 12 pessoas (na real o contrato preve 10 pessoas com “tolerancia” de mais 2): 2000 euros pela abertura fora do horario mais 19 euros por pessoa pelo bilhete de entrada. E, querendo, mais 160 euros por um guia oficial.

Somando tudo, sao 199 euros por pessoa. E sem o guia oficial, a visita privata feita diretamente com o Vaticano custaria 186 euros por pessoa. Apesar de caro, os preços jà me pareciam mais acessiveis e eu estava bem disposta a pagar para nao ter que enfrentar aquela multidao toda novamente… Mas surge outro problema: onde arrumar mais 10 pessoas dispostas a gastar isso para visitar a Capela Sistina???

Foi mais facil do que imaginei!! Bastou comentar com os amigos que todos se empolgaram com a ideia, especialmente pq a maior parte deles – todos italianos – nunca tinham visto a Capela Sistina antes! E os que tinham visto, fizeram uma daquelas visitas com a escola hà mais de 20 anos!

Agendamos o dia, pagamos tudo antecipadamente (2 horas depois de ter enviado o numero do cartao, o dinheiro jà tinha sido debitado!), esperamos mais de um mes para ter um comprovante de pagamento e uma confirmaçao escrita(tivemos que mandar um email pro Vaticano solicitando) e eis que finalmente chega o dia da visita!

Todo mundo ansioso na porta do Museu depois do horario de funcionamento. As pessoas que nos viam ali, parados, procurando em vao uma campainha, na frente daquela porta enorme e fechada, vinham gentilmente nos avisar que o museu jà estava fechado…

Jà estavamos quase acreditando que nao iria rolar visita nenhuma quando a porta enorme se abre, um guardinha poe a cabeça pra fora e nos convida para entrar. Nem acreditei! Tinhamos realmente o museu exclusivamente para nos!!

No contrato estava bem explicadinho quais seriam as salas que iriamos visitar e que se quisessemos ver alguma sala em especial deveriamos solicitar com antecedencia.

O museu do Vaticano estava irreconhecivel! Nao parecia em nada com o lugar infernal que eu tinha visitado anteriormente. Dessa vez, presenciei um museu com uma atmosfera de misterio, de proibido, daquela que sò è possivel encontrar num lugar historico e completamente vazio. 

Quando caminhavamos, dava pra ouvir o eco dos nossos passos naqueles corredores enormes e sem ninguem. E, a cada tanto, o silencio era quebrado pelo tilintar das chaves do funcionario que ia abrindo e fechando as portas para nòs e por um ou outro empregado que terminava a limpeza das escadas.

A luz, ou a falta dela, era outra coisa que contribuia para a atmosfera de misterio da visita. Como era jà noitinha, o museu nao contava mais com a luz natural para iluminar suas obras de artes e tudo estava envolto em uma penumbra, com apenas um pouco de luz indireta e fraca em pontos estrategicos.

A Capela Sistina, sem ninguem dentro, me pareceu muuuuuito maior do que eu achei que fosse da primeira vez que a tinha visto e, finalmente, pude admira-la em todos os seus cantinhos.

Vi cada detalhe, tirei todas as fotos que quis (pois è… è possivel tirar fotos, mas sem flash e sem tripè! – as minhas fotos sairam todas horriveis, mas estou felicissima com elas!), caminhei por tudo e me deliciei com as explicaçoes da guia sobre cada uma das imagens.

Sem duvidas esse foi o museu mais caro que jà visitei na vida, mas valeu cada centavo investido!  O unico senao è que a Capela Sistina è a ultima sala da visita e a visita dura exatamente 2 horas. Quer dizer, quanto mais tempo se “perde” nas outras salas, menos tempo se tem na Capela Sistina.

E o “Sao Pedro” das chaves fica colocando pressao para que ninguem fique nem 1 minuto a mais do previsto. Deu o horario ele bota todo mundo pra correr sem dò nem piedade!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

56 Comments

Filed under Itália, Vaticano