Dia de turismo em Milao

Um final de semana desses, uma amiga brasileira veio me visitar em Milao e aproveitei para fazer algo que hà tempos nao fazia: turismo a pè na minha propria cidade!

Começamos o tour bem cedo com uma visita à Igreja Santa Maria delle Grazie e à concorridissima Ultima Ceia de Leonardo da Vinci, cujos ingressos foram adquiridos antes mesmo que minha amiga comprasse as passagens aereas para Milao!

(Dica: quem nao tem esse tempo todo de preparaçao da viagem, pode comprar as entradas para o Cenacolo Vinciano no site Tickitaly. Jà usei esse site e funcionou direitinho; a pegadinha è que alem de custar quase o dobro do preço “oficial”, tem que aparecer antes do horario no Cenacolo para trocar o voucher – recebido por email – pelas entradas.)

Em seguida, resolvemos caminhar pela arborizada via XX Settembre (nao è à toa que o Berlusconi tem uma casa nessa rua… è uma rua realmente bonita e agradavel) até chegarmos na Triennale de Milao.

A Trienale è um “design museum” que està sempre promovendo umas exposiçoes super interessantes de arte moderna e contemporanea; e mesmo quando nao tem nenhuma exposiçao interessante vale entrar sò para tomar um cafè – ou comer alguma coisa – no DesignCafè (ou mais precisamente no jardim do DesignCafè), o lugar è super bonito, com seus moveis de design e vista pro parque.

Como nao tinha nenhuma exposiçao que nos interessasse, a gente sò deu uma curiosada rapida por ali e seguimos para o ecletico Parco Sempione. Um daqueles tipicos espaços verdes europeus que se adaptam a todos os gostos.

Nesse parque convivem pacificamente, em meio a arvores, lagos, patos e grama, os pais que levam as crianças para andar de bicicleta, os velhinhos que vao passear, as pessoas que preferem tomar sol tranquilamente enquanto leem, alguns cantos reservados para a pratica de esportes, as rodas de musica e os turistas de todas as nacionalidades.

E è nesse parque que fica de um lado o Arco della Pace, um monumento dedicado à paz que reuniu diversas potencias europeias em 1815 e do outro lado o Castello Sforzesco. Tem coisa melhor do que passear por um parque para se chegar a um castelo?

Vc sabe que està indo na direçao certa do Castello Sforzesco quando a quantidade de turistas começa a aumentar. È sò seguir o fluxo!

O Castello Sforzesco è um dos cartoes postais de Milao, construido no seculo XV. À epoca o Castello serviu de residencia ao duque de Milao, Francesco Sforza, e atualmente protege um museu com uma rica coleçao de pinturas e esculturas, incluindo obras de Tiepolo, Mantegna, Canaletto e a ultima obra de Michelangelo, a Pietà Rondanini.

Mas sò vale a pena entrar no museu se vc for realmente um apaixonado por arte, caso contrario, simplesmente curta a paisagem do lado de fora. Nòs ficamos do lado de fora tomando um ghiacciolo (a versao italiana daqueles picoles feitos com agua e suco de fruta).

Acho engraçado que toda vez que vou ao Castello e/ou ao Parco Sempione, o marido faz questao de tomar um ghiacciolo… Ele diz que è tipico  e que toma ghiacciolo no castelo desde quando era criança… Se è tipico ou nao, eu nao sei… mas o fato è que os ghiaccioli dali fazem sucesso!

Depois do Castello, pegamos a Via Dante e seguimos em direçao ao Duomo. A via Dante è uma importante rua comercial do centro de Milao, sò para pedestres. Nunca experimentei nenhum dos varios cafès e restaurantes que tem por ali e nem acho que a relaçao custo-beneficio valha a pena, mas de repente è puro preconceito meu, daqueles “nao fui e nao gostei”.

Ja as lojas sao do tipo Max&Co, Guess, Lush… Nada muito luxuoso, mas tb nada muito, digamos, popular. Tenho uma outra amiga que, toda a vez que vem a Milao, faz questao de ir a uma loja de cosmeticos chamada Kiko, que fica nessa rua; segundo ela, as maquiagens sao excelentes e os preços melhores ainda, como nao sou chegada em maquiagem, nao posso opinar.

Chegamos ao Duomo, bem na hora do almoço e fomos direto comer um panzerotto na Luini, em via Santa Radegonda. Nao è là muito dietetico, pois se trata de um tipo de massa de pizza, fechada como um calzone, recheada e frita. O recheio tradicional e meu preferido è o de mozzarella e tomate.

As filas na Luini sao sempre quilometricas, mas nao demoram mais do que 5-10 minutos. A tradiçao mandar comer o panzerotto sentado em algum lugar da bellissima praça San Fedele ali atras, mas nòs preferimos comer enquanto caminhavamos em direçao ao Panino Giusto de Piazza Diaz.

Gente comilona è assim: almoça pensando na sobremesa! Na minha opiniao, o Panino Giusto faz o melhor tiramisù do mundo e eu jà o inclui nas atraçoes turisticas imperdiveis da cidade quando recebo visitas. Por enquanto, todo mundo aprovou!

Depois do almoço voltamos para o nosso tour e passeamos pelo Duomo, inclusive o tour pelo telhado, Galleria Vittorio Emanuele, teatro alla Scala, fomos curiosar o Palazzo Reale, mas nao tinha nenhuma exposiçao interessante no momento (minha amiga nao deu muita sorte com os museus da cidade!) e nao entramos.

Seguimos pela Corso Vittorio Emanuele, outra importante rua comercial para pedestres de Milao, que como na Via Dante, tà cheia de cafès e restaurantes caros e de qualidade turistica, para usar um eufemismo, e de lojas como H&M, Benetton, Zara, Disney, GAP, Banana Republic e afins.

A loja que eu acho mais interessante è a Rinascente, uma loja de departamentos meio metida a besta que vende acessorios (bolsas e perfumes principalmente) das grandes marcas, roupas das versoes mais economicas das grifes, como Armani Colezioni, D&G de Dolce&Gabbana, e tambem coisas pra casa, desde toalhas e lençois atè objetos de design como lampadas e vasos e atè coisas pra cozinha de Alessi.

O ultimo andar da Rinascente è reservado para uma “praça de alimentaçao” tambem metida a besta. Eu acho meio caro e meio muvucado demais, mas a qualidade da comida està acima da media.

O final da Corso Vittorio Emanuele è a Piazza San Babila, onde começa o metro quadrado mais caro de Milao, com o famoso quadrilatero da moda.

O quadrilatero è formado por quatro ruas principais: Via Montenapoleone, Via della Spiga, Corso Venezia e Via Manzoni e todas as ruazinhas que ficam no interior desse “quadrado”. E’ nessa regiao que se concentram os nomes mais importantes da moda mundial.

Nòs seguimos pela via Montenapoleone, que è a que eu mais gosto, sò olhando vetrine e rindo da nossa pobreza. No final da via Montenapoleone tem uma loja gigantesca da Armani que nao è a boutique, entao os preços sao pagaveis (apesar de caresimos) e vende de tudo.

Quando preciso comprar um presentinho mais invocado para alguem que nao tenho muita intimidade (sabe aqueles jantares com gente do trabalho do marido?) è ali que vou: tem lindos arranjos de flores, chocolatinhos chiques e atè acessorios para eletronicos como fones de ouvido e capinhas para iPhone e iPad.

Depois seguimos pela Via Manzoni, onde o objetivo era pegar a Via Verdi, para passear e tomar um aperitivo em Brera, uma regiao bem pitoresca da cidade, com lojinhas mais, digamos, autenticas, alternativas, que fogem da pasteurizaçao das grandes marcas, galerias de arte com obras que cabem no meu bolso e bares que te convidam para um aperitivo.

Mas acabamos nos demorando demais nas lojas e acabamos deixando Brera para a proxima visita e pegamos o metro de volta pra casa exaustas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

36 thoughts on “Dia de turismo em Milao

  • 11/10/2011 at 02:32
    Permalink

    Muito bom esse roteiro. Já estive em Milão a trabalho e aproveitei para dar uma voltinha rápida no centro. Quando tiver mais tempo, vou usar esse roteiro para conhecer realmente a cidade. Obrigado.

    Reply
    • 12/10/2011 at 10:06
      Permalink

      Obrigada, Marcelo!
      Como Milao è uma cidade plana, ideal pra caminhar, acho um passeio bem gostoso para visitar as principais atraçoes da cidade, sem maiores pretensoes, è claro! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 05/12/2011 at 23:04
    Permalink

    Ei Luisa,
    Procurando dicas de Milão para minha tia encontrei o seu blog. Ela vai passar o Reveillon em Milão. Como mora ai pensei que pudesse dar alguma dica para a virada do ano em Milao. Obrigada!

    Reply
    • 06/12/2011 at 18:09
      Permalink

      Oi Camila
      Eu nunca passei uma virada do ano em Milao… E ninguem que eu conheço costuma passar o reveillon por aqui…
      Na Italia costumam dizer que o Natal è em familia, mas o Ano Novo è em qq outro lugar, entao o povo todo foge da cidade!
      Bjs

      Reply
  • 12/12/2011 at 18:16
    Permalink

    EM QUAL EPOCA DO ANO VC REALIZOU ESSA VIAGEM ? ESTAREI LÁ EM JANEIRO 2012 , DA PRA FAZER ESSE ROTEIRO ? ; QUE POR SINAL ACHEI OTIMO OBRIGADO MAURICIO

    Reply
    • 13/12/2011 at 10:51
      Permalink

      Oi Mauricio
      Em Janeiro dà pra fazer esse roteiro, mas vc vai enfrentar frio, provavelmente chuva, e os dias escurecem por volta das 17h.
      Bjs

      Reply
  • 26/12/2011 at 18:38
    Permalink

    Adorei esse roteiro! Era tudo o que precisava! Estava procurando dicas da cidade nos cadernos das operadoras (Special Tours, CVC, etc.) e não achava nada de útil. Só citavam os principais pontos e não diziam nada! Estou pensando em ir no final de abril ou início de maio. É uma época boa né? Abração e obrigada!

    Reply
    • 08/01/2012 at 12:01
      Permalink

      Oi Claudia
      Que bom que vc gostou. A època è otima! Boa viagem!
      Bjs

      Reply
  • 09/01/2012 at 03:51
    Permalink

    Oi Luisa.
    Estou chegando em Milao com um grupo de amigas no dia 15/01 e aproveitarei o seu roteiro.

    Reply
    • 09/01/2012 at 16:01
      Permalink

      Oi Eliane
      Depois me conta se foi util!
      Bjs e boa viagem!

      Reply
  • 13/01/2012 at 22:31
    Permalink

    oi luisa
    ficarei 1 dia em milão. queria dicas de hotel simples. obrigada

    Reply
    • 16/01/2012 at 14:00
      Permalink

      Oi taisa
      tente ficar o mais longe possivel da Stazione Centrale e o mais perto possivel do Duomo.
      Bjs

      Reply
  • 17/01/2012 at 16:39
    Permalink

    Oi Luisa, cheguei aqui pelo “viaje na viagem”, chego em milão a tarde do dia 04/abril e no dia seguinte vou a veneza de trem. Pensei em ficar em um hotel proximo a stazione centrale pela praticidade até ver sua resposta acima. Quanto ruim é esta localização? Você me indicaria alguma?
    Obrigada

    Reply
    • 17/01/2012 at 19:12
      Permalink

      Oi Isabela
      Como toda regiao perto de “rodoviaria” è onde se localizam mais casos de furtos, onde esta a maior concentraçao de imigrantes ilegais… Se o objetivo è visitar Milao, essa com certeza nao è a regiao mais bonita da cidade para se ficar hospedada, mas se o objetivo for sò dormir para pegar o trem na manha seguinte, nao tem nenhum problema.
      Para os padroes brasileiros de segurança e beleza em regioes de rodoviaria, a Stazione Centrale è super segura e bonita, nao se preocupe. Uma alternativa seria ficar em algum hotel perto de uma estacao do metro…
      Bjs

      Reply
  • 27/01/2012 at 05:39
    Permalink

    gostaria de dicas de hospedagem em Milão…….hotel 4 estrelas….e sugestao de regiao de localização do hotel em Milão.
    obrigado

    Fernando

    Reply
    • 31/01/2012 at 11:01
      Permalink

      Oi Fernando
      Como eu moro em Milao, nunca fiquei em hotel por aqui…
      O maximo que posso te dizer è para escolher hoteis o mais perto possivel do Duomo e o mais longe possivel da Stazione Centrale.
      Bjs

      Reply
  • 01/02/2012 at 01:48
    Permalink

    Olá Luisa
    Adorei seu jeito de escrever!!! Então, estarei na Itália no mês de maio e ficarei em Milão por 3 noites, de 04.05 a 06.05. Inicialmente meu plano era para duas noites, mas meu marido viu que terá Inter x Milan no dia 06.05 e fui “obrigada” a prolongar a estada. Sabe como faço para comprar ingressos? O programa é perigoso? É viável circular com carro em Milão ou devo pegá-lo somente a partir da Toscana? Obrigada!

    Reply
    • 01/02/2012 at 13:04
      Permalink

      Oi Fabiana
      Sobre os jogos, nem sempre è facil comprar os ingressos pelas digamos, vias oficiais: esgotam rapidinho.
      Vc pode usar sites que vendem os ingressos on line, como esses abaixo, mas nunca usei nenhum deles, entao nao sei te dizer o quanto sao confiaveis:

      http://www.viagogo.it/Biglietti-Sport/Calcio/Serie-A

      http://www.seatwave.it/football-tickets/categoria

      http://www.worldticketshop.it/calcio/biglietti/biglietti_serie_a

      Nao è perigoso, pode ficar tranquila!

      Sobre o carro, nem pense em dirigir em Milao. E’ inviavel! E nao è por causa do transito, nao… E’ pq vc nao vai achar lugar pra estacionar e pra piorar desde o dia 16/01 tem uma nova lei na cidade que cobra 5 euros de “pedagio” para entrar com o carro no centro. E’ muita dor de cabeça para um turista tentar descobrir o que pode e o que nao pode fazer com um carro por aqui. Mais facil usar os transportes publicos ou, em ultimo caso, um taxi.

      Bjs

      Reply
  • 02/02/2012 at 12:43
    Permalink

    Olá Luisa,

    Estarei indo à Milão em Abril, estou adorando ler seu blog, pois assim ajuda muito no roteiro que pretendo fazer, como é a primeira vez e estou muito anciosa tenho medo de deixar passar algum lugar maravilhoso. Quando tiver mais dicas e puder poste para nós….hehehe
    Abraço

    Reply
  • 04/03/2012 at 18:46
    Permalink

    Oi Luisa!!
    Vou fazer uma excursão pela Italia em julho, mas vou chegar 2 dias antes em Milão!! Então vou estar sozinha e gostaria de conhecer Milão, já que não está incluso na excursão!!!! Dá pra fazer esse roteiro sozinha?!?!
    hahahahaha
    Eu acho que os outros dias da excursão vão ser corridos, então esses 2 dias tb serviriam pra comprinhas! Então queria umas dicas de lugares mais em conta e de onde comprar maquiagem (mas ja vi que vc não gosta mto ne!!).
    Obrigada!!
    =*

    Reply
    • 09/03/2012 at 10:46
      Permalink

      Oi Maria Fernanda
      Milao è tranquilissima, dà pra fazer tudo sozinha sim sem problemas.
      Vc vai encontrar muitas lojas de maquiagem pelo caminho, sem precisar desviar do roteiro, tem Sephora, tem Limoni, tem Kiko…
      Bjs

      Reply
  • 12/03/2012 at 19:25
    Permalink

    Oi, xará! Que bom este seu blog.
    Estou indo para Itália em abril e terminarei minha viagem por Milão.
    Chegarei de carro vindo de Verona, dia 20 de maio, um domingo e entregamos o carro, ou seja vamos entrar em Milão de carro. Consegui um hotel perto da locadora Hertz, Hotel Berna na Via Nappo Torriani, 18.
    Será que pegando taxi para ir e voltar dos passeios é ,mesmo assim, perigoso o local?
    Parabéns pelo site….

    Reply
    • 21/03/2012 at 16:14
      Permalink

      Oi Luiza
      Pra quem tà acostumada com o Brasil, vc vai achar Milao bem tranquila, nao se preocupe.
      E’ sò tomar aquelas precauçoes basicas que vc tomaria em qq lugar do mundo! 😉
      Bjs

      Reply
  • 23/03/2012 at 22:23
    Permalink

    Olá..também estarei indo em maio e reservei o hotel Berna..me pareceu o melhor custoxbenepicio !!!
    Abraço

    Reply
  • 14/04/2012 at 05:32
    Permalink

    Olá, Luísa!
    Chego nesta terça-feira em Milão, na minha primeira viagem internacional e vou tentar fazer este exato roteiro, que eu adorei. Estou muito empolgada! Só espero que a minha obesidade com cardiopatia não me impeça de andar por estes lugares que, na forma como você os descreveu, parecem ser tão atraentes e charmosos. Por isso gostaria de te perguntar se, acaso eu fique repentinamente muito exausta, é fácil conseguir um taxi nas imediações? Obrigada por me ajudar e parabéns pelo blog. É fantástico! E eu li quase todas as suas publicações sobre a Itália. Beijos!

    Reply
    • 16/04/2012 at 12:34
      Permalink

      Oi Mara
      Milao è uma cidade bem plana, perfeita para caminhadas. Vc nao vai ter nenhuma dificuldade!
      Jà nao posso dizer o mesmo dos taxis… Com a semana do design aqui, nao vai ter muito taxi de bobeira pelo caminho, nao… Mas tem sempre um bar aberto pra sentar, descansar, tomar uma agua e se recuperar!
      Bjs

      Reply
  • 12/08/2012 at 05:57
    Permalink

    Oi Luisa! Adorei o roteiro! E ainda vou ler o restante da Itália! Chego em Milão no dia primeiro de janeiro, vc já disse em algum lugar que as pessoas nao passam o ano novo por aí, será que vai estar tudo fechado?? Os museus e lojas já espero que sim, mas e os bares e restaurantes? Estou com medo que seja um dia muito perdido… Obrigada!

    Reply
  • 30/09/2012 at 01:16
    Permalink

    Oi Luísa,

    estou planejando ir à Itália em dezembro e encontrei passagens por ótimo preço, indo por Milão. Pensei em aproveitar e passar um dia por aí e adorei esse seu roteiro. No entanto, fui olhar a disponibilidade de vaga para visita à igreja Santa Maria della Grazzie para o dia que estarei aí e só há vagas no turno da tarde. É possível você sugerir uma adaptação desse roteiro para incluir a visita à tarde no roteiro? Agradeço desde já,
    Lorenna.

    Reply
  • 06/08/2013 at 23:36
    Permalink

    Que delícia de leitura!!! Teremos que repetir esse roteiro exatamente do jeitinho que falou, pois parece ser fantástico, parques, castelo, café, picolé, galerias e ruas elegantes, sensacional, vamos seguir cada passo. Obrigada.

    Reply
  • 01/10/2013 at 23:59
    Permalink

    Oi Luisa, td bem?
    Parabéns pelo blog e dicas.
    Estou em pré viagem e devorando tudo o que posso sobre Itália.
    Vamos em novembro e ficaremos 3 meses fazendo um Mochilão, passando frio e comendo bem..rs – assim espero!
    Ficaremos em Milão de 11 a 14 e quero saber se vc conhece baladinhas mais cults, alternativas por ai…
    Um beijo e obrigada!

    Reply
    • 07/10/2013 at 09:08
      Permalink

      Poxa Juliana, faz muuuito tempo que nao frequento baladas, vou ficar te devendo.
      Bjs e boa viagem

      Reply
  • 18/04/2014 at 20:49
    Permalink

    Obrigada Luisa!
    Estou em Milão e acabo de passar um dia intenso e super otimizado de turismo, graças às suas dicas! Segui todo o seu roteiro 😀
    Se um dia fora passear em Estocolmo, onde eu moro, conte comigo!
    Beijos

    Reply
    • 22/04/2014 at 14:39
      Permalink

      Que bom, Pricila! 😀
      Obrigada!
      Bjs

      Reply
  • 27/06/2014 at 05:00
    Permalink

    Oi Luisa!
    Aqui estou eu visitando novamente seu blog! Suas dicas são muito boas e você sempre muito simpatica!
    Visitarei Milão em agosto e seguirei suas dicas. Minha dúvida é:
    Chegarei a Milão no domingo e no início da noite de segunda-feira partirei a Veneza. Contudo, somente agora, descobri que agosto é o mês das férias aí. Conseguirei ir a lojas e jantar num bom restaurante mesmo no domingo e em agosto? Um beijo, e mais uma vez, parabéns pelo blog! Ana.

    Reply
    • 02/07/2014 at 13:42
      Permalink

      Oi Ana Claudia
      De um modo geral, agosto è ferias para os italianos que nao trabalham com turistas.
      Quer dizer, o mercado da esquina da minha casa estarà fechado o mes todo, as lojas no centro perto do Duomo, nao!
      Com relaçao ao restaurante, convem reservar com antecedencia, pois os restaurantes menos turisticos ou estarao fechados, ou estarao cheios.
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *