Dialogo no escuro

O Instituto dos Cegos de Milao promove uma exposiçao interessantissima chamada “Dialogo nel Buio”, que faz parte do projeto internacional “Dialogue in the Dark”. E’ um percurso feito completamente no escuro com guias cegos que, como diz no site, nos permite experimentar um novo modo de ver.

Eu fui uma vez a essa exposiçao, no sèculo passado, com duas amigas brasileiras e sai de là com vontade de voltar e de levar comigo a maior quantidade possivel de gente para conhecer e divulgar o lugar.

IMG_1881

As visitas, como nao poderia deixar de ser, sao sempre guiadas por cegos e convem reservar com antecendencia, pois os grupos sao pequenos e, principalmente, para que o Instituto se organize caso seja necessario um guia que fale outra lingua alèm do italiano.

Nòs chegamos e deixamos todos os nossos pertences num guarda-volume. Tem que deixar tudo mesmo, desde celulares e outros equipamentos que possam produzir luz e estragar a experiencia, atè objetos que podem cair e se perderem como òculos, por exemplo.

Dai entramos em uma sala que è um breu total, e nos vimos obrigadas a aguçar os outros sentidos pra reconhecer o que nos cercava.Nas salas foram reproduzidas cenas do cotidiano, como atravessar uma rua movimentada, ou tomar um cafè num bar.

Sentir na pele o que è ter uma deficiencia e ser incapaz de realizar coisas banais, como conferir o troco do cafè, por exemplo, è um baque. Mas è sò um baque inicial, pois o mais interessante desse percurso è que, nao obstante voce nao veja nada, o objetivo nao è reproduzir a cegueira, mas mostrar como a percepçao da realidade pode ser diferente na ausencia de luz, e que o mundo tambem è feito de cheiros, barulhos, texturas e consistencias.

IMG_1880

 

De uma maneira leve e divertida, o Instituto dos Cegos te obriga a se colocar no lugar do outro e a se dar conta da dificuldade que as pessoas com deficiencia enfrentam e, principalmente, que ser diferente nao significa necessariamente ter uma vida ruim ou triste. E’ sò diferente.

E alem desse percurso, o Insituto dos Cegos tambem promove outras atividades realizadas na completa ausencia de luz, com guias cegos como jantares, teatro, e atè um museu, em parceria com o Louvre de Paris .

Na sexta feira passada fomos conferir como è fazer um aperitivo no escuro. Pro aperitivo nao precisa reservar com antecedencia, è sò chegar, se apresentar na recepçao.

Aì eles te dao um numero que servirà para pagar a conta no final, te encaminham pro guarda-volumes e em seguida, vem um guia cego te levar para o bar. Com a ajuda do guia, voce encontra a tua mesa e, na mais completa escuridao, voce se dà conta de que està em um belissimo piano-bar, com musica ao vivo e varias pessoas ao redor batendo papo.

Logo vem o garçon, voce faz o seu pedido e voilà, passa um delcioso tempo, bebendo e beliscando (batatinha e amendoin) em um bar onde a aparencia nao conta nada, o que vale sao as pessoas.

E no final, è sò chamar o garçon que ele te leva atè a porta e a conta è paga, jà em presença de luz, na recepçao.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *