El Rocio

 O fantástico da região da Andaluzia é que se encontra todo o tipo de paisagem! Às vezes até mesmo sem querer… A programação era uma visita ao Parque Nacional de Doñana, um tipo de “Pantanal” espanhol… Ocorre que a natureza acorda cedo e se quisermos vê-la em todo seu esplendor, temos que seguir seu ritmo e madrugar.

Para não ter que acordar muito cedo, resolvemos dormir num hotel estrategicamente localizado lá perto, na cidade de El Rocío. O que era pra ser só um lugar pra dormir acabou me surpreendendo mais do que o próprio parque.

Eu não estava esperando encontrar nada parecido, achava que El Rocio fosse só mais uma cidadezinha andaluza, que servia de hotel para os visitantes do parque. Que nada!

A primeira vista, a cidade parecia meio estranha: não tem asfalto, o meio de transporte principal é o cavalo, as casas sempre fechadas, pareciam desabitadas, e na frente de cada casa existem aquelas estruturas de madeira para “estacionar” o cavalo. Igualzinha a um cenário de cidade fantasma de filme de velho oeste!

el-rocio3.JPG

A curiosa aqui, pra variar, quis saber o que acontecia na cidade para estar tão vazia…

Descobri que a cidade não estava vazia, o lugar é assim mesmo, o que acontece é que, na maioria das casas que tem ali, realmente não mora ninguém. El Rocio é um dos mais importantes centros de religiosidade popular do mundo e essas casas são usadas para abrigar as diversas irmandades que vêm à cidade quando acontece a Romaria. Dizem que El Rocio fica com mais de um milhão de habitantes.

A Romaria, dedicada à Virgem do Rocio, padroeira da Andaluzia, traz romeiros de todas as partes da Espanha, que chegam a pé ou a cavalo, é claro! no sábado de Pentecostes, pois, ao meio dia, a romaria começa oficialmente com o desfile de apresentação, em ordem de antiguidade, das irmandades (umas 100).

Durante todo o final de semana existem vários rituais a serem seguidos, além de missas, cânticos e rezas que acontecem dia e noite.

el-rocio.JPG

O ponto alto da romaria é a saída da Virgem do Santuário em procissão, em plena madrugada de segunda-feira, e por volta das duas da tarde o seu retorno ao Santuário, onde os milhares de romeiros se despedem.

A partir daí, as irmandades começam a voltar aos seus lugares de origem e El Rocio recupera seu silêncio cotidiano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 thoughts on “El Rocio

  • 28/11/2007 at 14:57
    Permalink

    Luiza

    Obrigado pelo link. Depois se voce puder passar mais dicas, agradeço.

    Ernesto

    Reply
  • 02/12/2007 at 20:38
    Permalink

    Olá, Ernesto
    Desculpa te responder só agora… pra variar, eu estava viajando…
    Será um prazer ajudá-lo, mas se você me disser exatamente o que vc tem em mente fica mais fácil selecionar as informações.
    Bjs

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *