Genova

 Passamos um domingo a Genova com a desculpa de acompanhar um amigo ao Salone Nautico, um super mega feira de barcos.

Pra fazer a jus à desculpa, chegamos na cidade e fomos direto conferir a tal feira, quer dizer, tentamos ir direito a tal feira… Ficamos mais tempo rodando os estacionamentos da cidade atrás de vaga do que gastamos com a viagem de Milão a Genova – último dia de feira, estávamos conscientes de que seria assim…

Finalmente o Salone! Aquilo era enorme, tinha barcos de todos os tipos e tamanhos, para todos os bolsos e gostos! Nos primeiros 20 minutos estava me divertindo com a diversidade de opções e tentando aprender alguma coisa sobre o assunto, mas barco pra mim é um meio de transporte e não uma paixão, por isso, não demoramos muito pra deixar o nosso amigo a sós com “seus amores” e sairmos pra visitar a cidade.

A primeira parada foi o Aquário, o maior da Europa, construído especialmente para a Expo 92. Meu namorado diz que sou pior que criança, só porque sou fã de Aquário, Planetário e todos esses programas dominicais que os pais fazem com os filhos… Não dá pra tirar sua razão, a maior parte das pessoas que visitavam o Aquário eram crianças…

A visita foi fantástica, o Aquário é mesmo um show! Demos a volta ao mundo debaixo d’água! Desde piranhas e corais até focas e pinguins, passando, é claro, por tartarugas, tubarões, golfinhos e por milhares de peixes coloridos.

Depois da descoberta do mundo marinho, partimos à exploração da cidade.

Genova é a cidade italiana mais feia que eu conheci! Cheia de ruazinhas estreitas, escuras e sujas, com casas precisando de reforma. Não consegui me sentir à vontade ali, tinha a impressão de que a qualquer momento seria assaltada… eu sei… pura paranóia de brasileira! Mas não gostei da cidade e pronto!

genova1.JPG

Quer dizer… teve uma parte da cidade que eu achei bonita: a via Garibaldi e os Palazzi dei Rolli. Mas é claro que são bonitos, foram construídos pelas famílias mais ricas e poderosas de Genova no final do século XVI, e,além disso, essas famílias eram obrigadas por lei a hospedar pessoas importantes em visitas oficiais… Não dava pra fazer feio!

genova.JPG

Eu achava só um dia na cidade seria pouco e que teria que voltar com mais tempo, mas cheguei a conclusão de que não vale a pena: o que tinha de bonito pra ser visto na cidade, eu já vi!

Talvez eu volte só pra comer de novo o tradicionalissimo “troffie al pesto” – o pesto na Ligúria é mesmo imbatível!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 thoughts on “Genova

  • 15/10/2008 at 23:02
    Permalink

    Acabei de chegar de Itália onde visitei Milao, Bolonha e Génova. A minha primeira impressao foi igual à sua no que toca ao porto e proximidades mas depois de a explorar melhor, desde a via Garibaldi, até à Pça Ferrari, via XX de Setembro e zonas mais elevadas da cidade discordo na totalidade. Génova é riquíssima em história, arquitetura, cultura e gastronomia. Deve-se lá voltar, recordar os navegadores e comerciantes e viver a cidade.

    Reply
  • 16/10/2008 at 13:12
    Permalink

    Olà Sergio

    Mas eu concordo com vc: tb acho que Genova seja uma cidade riquissima em historia, arquitetura, cultura e gastronomia…

    E mesmo com toda essa historia e cultura, acho que nao vale a pena ir até Genova sò pra ver 3 ruas e meia duzia de casas bonitas enfiadas numa cidade portuaria feia.

    Na minha opiniao, a Italia tà cheia de cidades muito mais interessantes e bonitas do que Genova. Se nao morasse na Italia, eu sò visitaria Genova se estivesse fazendo um tour pela Liguria ou se tivesse tempo sobrando…

    E viva a diversidade de opinioes!

    Bjs

    Reply
  • 11/06/2009 at 15:41
    Permalink

    olá. como gostei da sua opinião, Eu estive em Génova, o ano passado, anos seguinte à cidade ter sido elevada a pratrimonio da Humanidade pela UNESCO, e que sem duvida teram usado o dinheiro dai resultante para a restaurar e arrumar.
    Arrazou toda a minha admiração. Eu achei surprendente e linda. Mas posso imaginar todos aqueles becos e ruinhas arruinadas para imaginar todos os medos que pode despertar. Como a cuidar transforma o sentir

    Reply
  • 22/11/2009 at 18:55
    Permalink

    Luisa

    Ora aqui está uma coisa em que estamos totalmente em desacordo!hehe :-)…eu sabia que deveria haver alguma…
    Acabei de colocar um post sobre Génova lá no meu Blog e vim conferir se vc já tinha falado sobre a cidade,quando me deparo com uma opinião completamente diferente da minha…eheh…é por isso que o mundo não cai para um lado só…
    Eu fiquei só uma noite na cidade e não tive dúvidas de que foi pouco…acho que vc deve voltar lá…

    Bjs
    Ps: ah!e eu senti-me completamente segura…mesmo no Porto Antigo e nas tais ruinhas estreitas á noite… 😉

    Reply
    • 23/11/2009 at 22:57
      Permalink

      Oi Margarida
      Jura que vc gostou tanto assim de Genova?
      Ainda bem, né! Assim o “mundo nao cai para um lado sò”! 🙂 (Adorei a expressao! Os portugueses estao sempre a me surpreender com elas!)
      Vou agora mesmo ler o seu relato!
      Bjs

      Reply
  • 03/08/2013 at 08:17
    Permalink

    Luísa, tudo bem?
    Vou passar 25 dias na Itália depois do Natal (queria ir em outra época, mas meu namorado – um homem das bebidas como o seu, só que no meu caso é bartender – só pode ir nessa época). Vamos chegar em Milão dia 27, pegar o carro, passar pela Ligúria rapidamente (1 dia), Toscana (2 dias agora e mais 3 depois), reveillon no Locanda del Capitano (tks pela dica!!), Sicília (3 dias), Puglia (3 dias), Toscana (mais 3 dias), Veneza (3 dias) e Milão novamente, retornando para o Brasil.
    Minha pergunta é: na Ligúria, sendo a intenção apenas comer uma boa massa ao pesto, que lugar recomendas? Já vi que Genova não, mas La Spezia, é uma boa?
    Outra coisa: vi em algum post em que vc fala sobre um restaurante em Milão de queijos que só abre no inverno. Dei um google, mas não achei. Poderias passar o nome?
    Teu blog é TOP! Parabéns!
    Beijos e obrigada

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *