Gran Hotel

Depois de Baracoa, iriamos a Camaguey e, finalmente, iriamos nos hospedar numa casa particular! Eu estava realmente ansiosa para conhecer a versao cubana dos bed&breakfast.

Escolhemos a casa Los Vitrales, recomendada pela Lonely Planet e com fotos interessantes pela internet. Mando um email e depois de uma semana, recebo como resposta um email em branco. Nenhuma linha escrita…

Reenvio o email e nunca mais obtenho resposta. Telefono e converso diretamente com o proprietario, Sr. Rafael, que confirma a minha reserva pelo telefone mesmo.

Um mes antes, por escrupulo, resolvo telefonar para reconfirmar a reserva e o proprietario alem de nao saber de que reserva estavamos falando, jà tinha se comprometido com uma familia de alemaes para os dias que haviamos reservado…

Decepcionada e jà sem tempo nem paciencia para procurar outra casa particular, resolvemos reservar um hotel mesmo. Mais facil e mais rapido, pero no mucho…

O hotel escolhido foi o classudo Gran Hotel da rede Islazul. Mando o email para o endereço que consta no site e, dois dias depois, vem a resposta: “Olha, nao sou eu que faço a reserva, è a fulana de tal que le em copia”.  Entao tà, nè…

Mando o email para a tal fulana e resposta que è bom, nada… Tento telefonar, nao entendem meu portunhol, me mandam esperar na linha atè a ligaçao cair…

Jà em Cuba, peço ajuda ao concierge do Hotel Nacional para refazer a nossa reserva em Camaguey e, depois de um telefonema, diz ele que està tudo certo e confirmado…

Um dia antes de irmos para Camaguey, recebo um email da tal fulana das reservas do hotel dizendo que eu tenho uma reserva e me pergunta se pretendo mante-la. Pode uma coisa dessas?

Pois bem, o Gran Hotel de Camaguey se localiza no centro historico da cidade e tem aquele fascinio de hotel historico. Foi construido em 1939 e conserva todas as caracteristicas da epoca, a começar pelo elevador, que precisa de um ascensorista para “dirigi-lo”.

O botao para chamar o elevador na realidade è uma campanhia que avisa o funcionario que alguem precisa do elevador. Và preparado para esperar e se estiver sem malas, convem usar as escadas.

O quarto que ficamos era super espaçoso, muito limpo e silencioso e o chuveiro era bom. A decoraçao do quarto, com moveis em madeira, piso com ceramicas desenhadas e colcha na cama com umas estampas de gosto duvidoso, me lembravam a casa da minha vò quando eu era criança.

E’ claro que eu me esqueci de tirar fotos desse hotel, mas no site deles tem algumas fotos que retratam bem como è o lugar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

One thought on “Gran Hotel

  • 31/01/2011 at 22:02
    Permalink

    Luisa! Muito bom seu blog… gostaria que me passasse seu e-mail, vou pra Milão em Março e se possível gostaria de umas dicas. Um grande bjo

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *