Ice Hotel na pratica – o frio e a mala

Dando sequencia ao post anterior

Faz muito frio?

Sim, faz muito frio! O pessoal do hotel disse que esse inverno foi mais ameno, com temperaturas medias de -20°C, mas em dias mais frios, pode chegar a -30°C ou atè mesmo a -40°C.

Quem mora em lugares mais frios, jà deve ter visto temperaturas assim. Eu mesma jà peguei -30°C no Canada quando tive a infeliz ideia de viajar pra là em janeiro.

A diferença è que quando vc està numa cidade grande e fria, tudo è feito para que vc nao passe frio, e por mais que vc caminhe nas ruas, vc nunca passa muito tempo ao ar livre. Tem sempre um bar com um cafezinho quente na esquina… Ou entao, vc vai esquiar e se movimenta muito, o que ajuda a esquentar.

Jà no Ice Hotel, as pessoas vao para ver gelo e neve e a graça do lugar sao justamente os passeios ao ar livre e dormir num iglu. Quer dizer: nenhum cafezinho no bar da esquina e nenhuma atividade fisica. Acredite: è muito frio! Congela a alma!

O que levar na mala?

Uma coisa è certa: qualquer coisa que vc colocar na mala nao vai ser quente o suficiente! Aqui o conceito de “camadas” de roupas è o que vai garantir a tua sobrevivencia, mas isso nao significa que vc tenha que ter 1000 camadas de roupas, e sim saber que cada camada de roupa tem a sua funçao.

Pra inicio de conversa: deixe em casa tudo o que for de algodao. O algodao è um excelente material em climas quentes pq absorve o suor e favorece a transpiraçao e isso è tudo o que vc nao precisa a -25°C.

Como o algodao absorve o suor e demora pra secar, o suor congela e te congela. O ideal è usar materiais sinteticos ou de la e fazer camadas que te protejam do frio, do vento e da umidade.

Eles aconselham pelo menos tres camadas: uma camada perto da pele de um material que seja isolante termico, uma segunda camada mais grossa que tambem servirà como isolante termico (para um calorzinho extra) e uma terceira camada impermeavel e que proteja do vento.

O importante è que, fora a primeira camada, as demais nao devem ser muito justas. Pelo contrario, tem que deixar espaço para que se formem camadas de ar quente entre as camadas da roupa.

Roupa muito justa nao retem o calor do corpo na forma de camadas de ar quente e quanto mais camadas de roupa, mais espaços de ar quente vc terà para se proteger do frio.

O mesmo principio serve pros sapatos, que devem ser maiores que o normal usados sempre com meias sinteticas ou de la.

E nao dà pra esquecer as luvas, gorros, cachecois sempre de la ou de material sintetico.

O que eu levei na mala?

Como de vez em quando marido inventa de passar ferias na neve, eu resolvi investir nas roupas de frio.

Levei roupa de baixo tecnologica dessa marca italiana, que virou a minha segunda pele por todo o tempo que permaneci ali, serviu inclusive de pijama. Tirava sò pra tomar banho e jà colocava tudo de novo. Ainda bem que sò ficamos duas noites…

Blusas 100% la, algumas mais grossas outras mais finas, um daqueles modelitos de esquiador profissional, todo em gore-tex e um casacao daqueles tipo boneco michelin todo recheado de pena de ganso, pra garantir…

Nos pès, eu levei uma daquelas botas Timberland toda forrada e tb levei luvas de esquiador, gorro de la, protetor de orelha e cachecol bem grosso…

Para passear pelo hotel, ou atè mesmo tomar um drink no Icebar, achei que meus modelitos aguentaram bem, pois passeava um pouco e logo entrava num lugar quentinho. Para os passeios que fizemos ao ar livre, minhas roupas nao davam nem pro cheiro.

Nao tenho roupa, e agora?

Eu acho que eles estao mais do que acostumados com gente que chega là sem ter roupas apropriadas, porque eles emprestam tudo: da roupa tecnologica de baixo, atè as botas especificas para o clima local.

E’ claro que um minimo de roupa quente vc tem que ter para poder chegar no hotel sem congelar, mas depois vc empresta tudo deles e fica na boa bem quentinho.

Eu emprestei as botas e fiquei com elas o tempo todo (usei as minhas sò na hora de ir embora). Emprestei tambem, para os passeios, um super macacao pesado, usado sobre o meu modelito esquiador, luvas grossissimas e um daqueles gorros tipo assaltante, que deixa sò os olhos de fora.

Confesso que sò senti frio nos pès… Deveria ter colocado outro par de meias e usado uma bota maiozinha….

Se vc nao quiser emprestar a roupa de baixo, por questoes higienicas, na loja do hotel tem pra vender.

Qual o tamanho ideal da mala?

Roupa de frio ocupa um espaço danado e num lugar onde faz muito frio, a tentaçao de levar a maior quantidade de roupas quentes possivel è alta. E ainda tem que levar uma imensa quantidade de cremes hidratantes potentes para serem usados em quantidade industrial a fim de que a pele nao descame.

Mesmo assim, convem ser o mais compacto possivel na hora de arrumar as malas pro IceHotel porque  vc nao vai poder levar suas malas para o quarto de gelo. Elas ficam no vestiario, em lockers tipo aqueles de estaçao de trem, ou entao em cabines de uns 2 metros quadrados (se vc for ficar nos quartos mais caros), e mala grande nao entra ali nem a pau!

Dà pra deixar a mala no guarda-volumes do hotel tb, mas daì vc vai depender do pessoal da recepçao toda vez que precisar pegar alguma coisa e, como todo mundo tem mais ou menos os mesmos horarios pra tudo, provavelmente a recepçao estarà cheia de gente no horario que vc precisar…

Nos proximos post vou falar sobre os quartos, o vestiario e o que tem pra fazer por là.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

One thought on “Ice Hotel na pratica – o frio e a mala

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *