Kostroma

Por pura falta de tempo, o objetivo principal da nossa visita a Kostroma era simplesmente dormir no meio do caminho de uma viagem longa de carro e, se a cidade valesse a pena, por não?, fazer um mini-tour rapidinho.

Escolhi Kostroma como “stop”, pois as descrições que havia lido da cidade me deixaram muito curiosa. Segundo os guias, é uma das mais autênticas cidades russas pois, devido à presença de uma base militar ali nas redondezas, até 1991 era proibida a entrada de estrangeiros em Kostroma (Nao é incrivel isso?). E, de quebra, em Kostroma fica o Mosteiro de S. Ipatev, o berço dos Romanov.

Chegamos na cidade no final do dia e fomos dar uma volta pelo centro de Kostroma. Desta vez, foi o namorado que implicou: achou a cidade horrorosa logo de cara… Tá certo que o tempo não colaborava, o nubladão nos perseguia, mas… pra ser sincera, acho que não tem sol brilhante nem céu azul que consiga dar um pouco de charme à cidade… É feia mesmo! E o mau humor se instalou no namorado…

Mas eu estava achando tudo divertido, estava achando o máximo visitar uma cidade “proibida” (sou pior que criança… 😳 ). Resolvemos deixar o mosteiro para a manha seguinte, quem sabe o tempo e o humor do namorado nao melhoram?

Na manha seguinte, o tempo estava nubladao igual e o humor do namorado sò fez piorar com o cheiro forte de “Gleid Sachet lavanda” presente em todo o hotel e, de maneira acentuada, no quarto.

Ele sò queria ir embora dali o mais rapido possivel, estava impaciente, nunca vi cosa igual! Mas mesmo assim, num esforço sobre humano de homem apaixonado, me perguntou: “Voce faz mesmo muita, muita questao de visitar esse mosteiro?”

O que responder a uma pergunta que jà traz embutida uma resposta? Seguimos viagem, sem fazer nem mesmo uma ùnica foto da cidade…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 thoughts on “Kostroma

  • 29/10/2008 at 21:04
    Permalink

    🙂 hehe…ás vezes eles perdem a paciência e não nos compreendem…tb já me aconteceu!A última vez foi quando teimei em querer ver TODOS os Castelos do Loire…maridão ia tendo um ataque e tive mesmo que reduzir o plano a uns 5 ou 6!!

    Bjs

    Reply
  • 31/10/2008 at 14:30
    Permalink

    Oi Margarida,

    TODOS os castelos do Loire?! Vc é cruel! Depois do terceiro castelo, o marido ja comeca a achar tudo igual…

    Foi o que aconteceu com a nossa overdose de kremlins e cupolas em forma de cebola! 🙂

    As vezes eu acho que a gente acaba exagerando mesmo, coitados… 🙂

    Bjs

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *