Malta: antes de ir

Antes de escrever sobre os lugares por onde passamos em Malta, queria deixar registradas algumas informaçoes praticas sobre essa ilha, pra mim tao desconhecida e tao surpreendente.

Territòrio:

O que eu chamava simplesmente “Malta”, na realidade é um arquipelago, formado por duas ilhas principais, Malta e Gozo, e das ilhotas Comino, Cominotto e Filfla. A ilha de Malta è a maior delas, mas mesmo assim o territorio è pouca coisa maior que 300km2 e aproximadamente 400 mil pessoas vivem ali.

O fato de estar em uma ilha tao pequena me deu aquela sensaçao aconchegante de cidade do interior, pois é tudo tao pertinho que todos os dias encontravamos as mesmas pessoas nos restaurantes, nos cafès e nas atraçoes turisticas. Acredito que se eu ficasse mais uns 2 dias ali, saberia da vida de todo mundo!

Quando ir:

Uma das vantagens de Malta è que dà pra visità-la todo o ano. O verao é quente e seco e no inverno o clima é agradavel mas pode chover. Como eu sofro com muito calor, preferimos arriscar a sorte e fomos no inverno. Foram 4 dias de muito sol e temperaturas em torno dos 20 graus em pleno mes de dezembro!

De repente vale a pena agendar a visita a Malta de acordo com os eventos da ilha, que dizem que sao muito animados. Nòs viajamos no feriado da Imaculada Conceicao (8 de dezembro) – mas só pq tb è feriado na Italia –  e topamos com uma Malta muito viva: decoracoes especificas para a data, desfiles de escoteiros, shows em praças, fogos de artificio e muita gente na rua!

Transporte:

O jeito mais pratico de percorrer toda a ilha è alugar um carro. O ùnico “detalhe” è que Malta utiliza a mao inglesa.

Nòs alugamos um carro pela Hertz e o marido se virou bem no volante: as estradas sao boas e bem sinalizadas, as distancias sao curtas (nao mais que 40km para atravessar a ilha toda!)  e nao tinha quase nada de trafego. As maiores dificuldades eram lembrar de entrar nas rotatorias no sentido contrario e arrumar um lugar para estacionar.

Uma vantagem do carro é que, para os 4 dias que ficamos na ilha, nòs gastamos apenas 10 euros de combustivel, nem um quarto de tanque!

Em Malta tem muitos taxistas que ficam a disposiçao dos turistas para tours de meio dia ou de dia todo pela ilha. Enquanto esperava o meu horario para entrar num sitio arqueologico, presenciei as negociacoes entre um taxista e um casal de espanhois: o taxista estava cobrando 200 euros para um tour de um dia inteiro.

O transporte publico de Malta è um dos mais charmosos que já vi. Os onibus sao muito bonitos, mas nao sei dizer se sao eficientes e com horarios e itinerarios convenientes, pois nao os utilizei.

Onde ficar:

Malta tem opcao de hotel para todos os bolsos e gostos, sò nao existem hoteis 5 estrelas dentro dos muros de Valletta.

A localizacao do hotel, pelo que eu pude perceber, nao faz muita diferença, pois a ilha é muito pequena e muito populosa. Atè quem nao tem um meio de transporte proprio acredito que nao và ter problemas para encontrar um ponto de onibus ou um taxi nos arredores.

Nòs ficamos hospedados no Phoenicia, um hotel historico, localizado imediatamente fora dos muros de Valletta, a dois passos do portao principal e na frente da praça dos Tritoes, um tipo de “rodoviaria” local e gostamos tanto do hotel quanto da localizaçao.

O que comer:

Pra ser sincera eu estava esperando encontrar muito mais opcoes de peixe nos restaurantes de comida tipica de Malta… mas o que predominava nos menus era a carne de coelho, muito saborosa por sinal. Outra constante nos menus era o tradicional queijo de Gozo, um queijo branco de cabra, muito salgado (para o meu gosto) e envolto em pimenta.

Outras comidas tipicas, presentes na maior parte dos bares e restaurantes sao umas salsichas temperadas com coentro (que nao me conquistaram), um tipo de “pasta” de feijao meio sem gosto mas que eu gostei bastante e uns sanduiches com recheios diversos e abundantes feito com um pao espetacular, chamado ftira.

Ah, e eles capricham no alho!

Quanto tempo:

Cada um tem seu proprio ritmo de viagem, mas, como jà disse, Malta è muito pequena e dà pra rodar por tudo em 3 dias. Nòs ficamos 4 dias e visitamos tudo o que queriamos e mais um pouco sem nenhuma pressa.

O que visitar:

Antes de ir a Malta, eu achava que o mais interessante de se visitar fosse tudo o que estivesse relacionado aos Cavaleiros de Malta – a minha unica referencia da ilha. E nao è que Malta è muito mais que isso! A prè-historia em Malta é fascinante e os sitios arqueologicos merecem uma visita. E pra quem gosta de praia, dizem que no verao a Blue Lagoon seja o melhor lugar para um banho – e que por isso mesmo vive lotada!

Nosso tour por Malta incluiu as cidades de Valletta e Mdina, um pulinho em Mosta para ver a igreja, as chamadas “tres cidades”: Cospicua, Vittoriosa e Senglea, e tb a capital da ilha de Gozo, Victoria. E tambem passeamos pelos Templos Megaliticos de Hagar Qim, Mnajdra, Tarxien e de Ggantija em Gozo, e completamos o passeio pre-historico com o Hipogeu de Hal Saflieni e a caverna de Ghar Dalam.

Pra nao dizer que nao vimos a natureza de Malta, demos só uma passadinha na “Azure Window” em Gozo, e como nao estavamos com vontade de pegar barcos, nem cogitamos de fazer um passeio a Blue Grotto e nem a Blue Lagoon em Comino. 

É sempre bom saber:

Malta faz parte da Uniao Europeia, entao as regras relativas ao passaporte, carteira de motorista, seguro de saude, etc… sao as mesmas vigentes em qualquer outro pais europeu. O euro entrou em vigor no inicio de 2008 e com isso o cambio se tornou um problema a menos.

Existem duas linguas oficiais o maltese e o ingles. Nos lugares mais turisticos, todo mundo falava italiano tambem.

Malta è um pais catolico e, como na Italia, quem nao està devidamente vestido fica proibido de entrar nas igrejas. As mulheres devem estar com os ombros cobertos e nada de bermudas para os homens.

Todos os museus e sitios arqueologicos publicos em Malta funcionam das 9h às 17h, todos os dias, inclusive domingos e feriados, por determinaçao legal. Mas tem pegadinha: para que tudo esteja fechado às 17h, muitos lugares admitem a entrada dos turistas até as 16h ou 16h30… Entao è bom chegar cedo para nao dar com o nariz na porta!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24 thoughts on “Malta: antes de ir

  • 12/12/2009 at 01:26
    Permalink

    Por acaso nunca pensei ir a Malta…é que ilha com 20 graus no Inverno e muito sol temos cá uma fantástica…a Madeira!

    Bjs

    Reply
    • 02/01/2010 at 19:06
      Permalink

      Oi Margarida
      Ah, a Madeira… Tá na lista faz tempo… 😉
      Bjs

      Reply
  • 27/07/2010 at 20:19
    Permalink

    Adorei seu post sobre Malta. Tambem sou apaixonada por viagens e escrevo no http:sanzovo.wordpress.com, vamos trocar figurinhas??? Abs

    Reply
    • 30/08/2010 at 23:11
      Permalink

      Obrigada, Claudia!
      Viajar è tudo de bom, nao è mesmo?
      Bjs

      Reply
  • 07/11/2010 at 19:43
    Permalink

    Olá!
    Vou a Malta em dezembro, e procurando por dicas de viagem me deparei com seu site.
    Sem dúvida foi um dos melhores “guias” que encontrei, obrigada por compartilhar!

    Reply
    • 15/11/2010 at 12:41
      Permalink

      Obrigada pela visita e pelo comentario, Rebeca!
      Bjs

      Reply
  • 07/12/2010 at 01:15
    Permalink

    Oi, Luiza… devo ir a Malta em meados de 2011. Vi fotos da ilha onde aparece um “canal” com barcos e que lembra um pouco Veneza. Seria Valletta onde tem esse canal, ou outra cidade? Pela foto aérea que vi de Valletta não me parece que tenha canais, e sim somente o mar em torno das muralhas. Será que vc poderia me esclarecer? Pois se não for Valletta, quero conhecer essa tal cidade…
    Desde já, muito obrigado… Guilherme.

    Reply
    • 12/01/2011 at 01:05
      Permalink

      Oi Guilherme
      Canal com barcos? Nao me lembro de ter visto nenhum canal por onde andei… Lembro dos barcos tipicos nos arredores de Valletta… Mas se nao forem esses, nao se te dizer…
      Bjs

      Reply
  • 12/01/2011 at 00:27
    Permalink

    Oi, Luiza. Estarei em Malta na proxima semana e estou pensando em alugar um carro. Duvida: eh facil estacionar nos lugares turisticos? Como funciona?

    Abs.
    Heloisa

    Reply
    • 12/01/2011 at 01:42
      Permalink

      Heloisa, o lugar mais dificl para estacionar o carro foi em Mdina, nos outros lugares sempre tinha uma vaguinha livre…
      Bjs

      Reply
      • 13/02/2011 at 14:17
        Permalink

        Luisa!!!
        Queria agradecer as dicas. Fui pra Malta agora em janeiro e elas foram mto uteis. Ah….ADOREI la! Bjo

        Reply
  • 12/02/2011 at 01:23
    Permalink

    Olá! Estou querendo ir a Malta em julho/2011. Estou com dúvidas em relação ao clima. Em que estação estará?

    Reply
  • 18/11/2011 at 14:16
    Permalink

    Bom dia Luisa,

    O meu filho está indo estudar em Malta no próximo semestre e eu, minha esposa e minha filha iremos aproveitar as férias de final de ano e leva-lo.
    Estaremos chegando no início de janeiro, mas até agora não conseguí encontrar nenhum guia específico sobre o país, somente uma página ou outra em alguns guias tradicionais…
    Já fui na Fnac, Laselva e Saraiva e nada de encontrar….Por favor vc teria alguma informação aonde posso encontrar algo semelhante??

    Abs

    Reply
    • 22/11/2011 at 16:05
      Permalink

      OI Clayton
      Os guias que eu usei em Malta estavam todos em italiano, pois moro na Italia, nao sei se existe alguma coisa em portugues.
      Se vc consegue ler outras linguas, vale a pena procurar o guia na internet em ingles ou talvez espanhol.
      Bjs

      Reply
  • 12/12/2011 at 19:22
    Permalink

    Estou querendo ir para Malta em Março ou Abril… Sou brasileira e não quero nem saber de frio e chuva,rs
    Você saberia me dizer se março é uma boa pedida?!
    Parabens pelo blog.
    Um abraço!

    Reply
    • 13/12/2011 at 10:54
      Permalink

      Oi Renata
      Eu estive em Malta em pleno dezembro e peguei temperaturas bem boas. Acredito que em abril o clima seja bem bom, mas nao sei se jà dà pra pegar praia (eu nao gosto de agua fria…)
      Bjs

      Reply
  • 07/12/2014 at 23:01
    Permalink

    Oi Luiza! Irei em Malta em Janeiro/15, ou melhor próximo mês.Ficarei 30 dias, estou indo pra fazer um curso intensivo de inglês nas minhas férias. Gostei do que vc postou. Então em Janeiro não é tão frio quanto eu imaginei.
    Um abraço,
    Elenice Antão.

    Reply
    • 11/12/2014 at 13:41
      Permalink

      Que bom Elenice!
      Aproveita Malta e depois volta pra contar o que vc achou!
      Bjs

      Reply
  • 25/01/2015 at 02:55
    Permalink

    Boa Noite, estamos indo a malta em abril e li no site da europ car que não se pode atravessar com carros alugados para as outras ilhas com balsa, isto procede? se sim como fez para ir a gozo?
    grato

    Reply
    • 25/01/2015 at 21:33
      Permalink

      Oi Junior
      Nao me lembro dessa proibiçao… Nòs alugamos pela Hertz e fizemos tudo de carro. Alias, olhei agora no site da Hertz (em italiano) e ali diz expressamente que os carros podem atravessar com a balsa pra Gozo.
      Na pior das hipoteses, existem locadoras de veiculos no porto em Gozo.
      Bjs

      Reply
      • 25/01/2015 at 22:58
        Permalink

        Luisa, muito obrigado pelo retorno, vou tentar na hertz, outra coisa você acha que 3 dias é o suficiente para conhecer bem malta?

        Reply
        • 26/01/2015 at 14:10
          Permalink

          Depende do seu ritmo de viagem e do que voce pretende visitar em Malta, Junior…
          Com 3 dias inteiros dà pra ver bastante coisa, mas nao sei o que voce quer dizer com “conhecer bem” 😉
          Bjs

          Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *