Mdina

Mdina è uma graciosa cidade localizada quase no centro da ilha e em um dos pontos mais altos de Malta, escolhido a dedo, por questoes estrategicas, e nao è pra menos, por ali jà passou todo tipo de gente.

A historia de Mdina começa com os fenicios, que fortificaram a cidade pela primeira vez, daì vieram os romanos, que ampliaram as fronteiras da cidade e a converteram em “municipium” (o segundo grau mais elevado para uma cidade romana).

Em 870 vieram os arabes, reduziram as dimensoes da cidade, construiram a fortificaçao atè hj presente, a elegeram capital e deram o atual nome de Mdina, que em arabe quer dizer “cidade murada”.

Em seguida vieram os normandos, depois a Ordem de Malta… atè que começou o declinio de Mdina com o surgimento da atual capital Valletta.

Aì um terremoto em 1693 destruiu tudo; porem acabou favorecendo a reconstruçao de novos predios na cidade em estilo barroco.

Hoje, Mdina è a menor cidade de Malta, com menos de 300 habitantes, e com exceçao dos poucos carros dos moradores, è inteiramente destinada a pedestres.

Aliàs, essa foi a unica cidade de Malta onde o nosso carro alugado foi um problema. Fora dos muros de Mdina existe um estacionamento enorme e lotaderrimo! Passamos uma boa hora rodando pra là e pra cà atè achar uma vaga para estacionar.

Atravessar o portao principal da cidade è como atravessar um tunel do tempo: Mdina è incrivelmente bem conservada e, è claro, que è na avenida principal (Villegaignon) onde estao as construçoes mais bonitas e a maior concentraçao de turistas.

Mas eu gostei mesmo de passear pelo labirinto de ruazinhas vazias, charmoserrimas, e muitas formando um angulo reto. Nessas ruazinhas faz mais sentido o apelido de “cidade silenciosa” de Mdina.

Mdina, apesar de ter algumas construçoes que se destacam, como o Palacio de Vilhena e a Catedral de Sao Paulo, nao tem nada de particularmente interessante para ser visitado.

Mas è o conjunto das construçoes, ruas e muro que torna Mdina em um lugar imperdivel quando se vai a Malta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 thoughts on “Mdina

  • 18/03/2010 at 11:00
    Permalink

    Bom dia Luisa!
    Adorei Mdina! Que lugar fantástico! Que arquitetura fascinante! Malta é um dos lugares que quero conhecer, sem dúvidas! Afinal ta aqui pertinho da Itália! AH! Adorei suas fotografias! Me senti andando pelas ruas tortuosas desta bela cidade medieval!
    Beijos e parabéns!
    Ci vediamo!

    Reply
    • 18/03/2010 at 16:15
      Permalink

      Oi Jean
      Malta tà bem pertinho mesmo. È sò aproveitar um feriadao e embarcar! 😉
      Bjs

      Reply
    • 23/03/2010 at 10:59
      Permalink

      Oi Leidinara,
      Verdade, lembra mesmo Salamanca! Mas Mdina è muuuuuuuito menor…
      Vou visitar seu blog sim!
      Bjs

      Reply
  • 19/03/2010 at 15:56
    Permalink

    Luisa,

    que linda é Mdina!! Nunda tinha ouvido falar em tal lugar… À propósito, só já ouvira falar de Valletta em se tratando de Malta, não sabia quanta coisa linda a ilha preserva!! Sua série está belíssima!!

    Muito legal também a rotunda, a igreja com a 3a maior cúpula da Europa! Adorei o interior dela!

    Grande beijo!

    Reply
    • 23/03/2010 at 11:00
      Permalink

      Oi Fe,
      Se vc jà tinha ouvido falar de Valletta, entao vc jà sabia mais de Malta do que eu, quando inventei de ir pra lá! 🙂
      A ilha è minuscula, mas tem muita coisa legal oferecer!
      Bjs

      Reply
  • 21/03/2010 at 01:03
    Permalink

    Luisa,
    Malta é bem interessante. Nunca tinha pensado em ir até lá. Gsotei das suas fotos. Parece muito simpa’tico.
    Bjs
    Claudia

    Reply
    • 23/03/2010 at 11:04
      Permalink

      Oi Claudia,
      Eu tb nunca tinha pensado em ir pra lá, mas foi sò juntar um feriado com passagens baratas e… voilà! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 21/03/2010 at 18:21
    Permalink

    Poucos carros, construções antigas, ruas vazias, muita história… Acho que eu iria gostar de Mdina! 😉

    Reply
    • 23/03/2010 at 11:13
      Permalink

      Oi Camila,
      Sò as ruazinhas secundarias estavam vazias… 🙂
      A rua principal, onde ficam as lojas, estavam lotaderrimas!
      Foi um dos lugares em Malta onde vi mais turistas!
      Mas mesmo assim, Mdina è apaixonante!
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *