Mosta

Quando estavamos indo de Valleta a Mdina, acabamos confundindo um pouco as estradas e fomos parar em Mosta. A proposito, errar estrada em Malta nao è um problema, no maximo vc acaba percorrendo uns 5 ou 6 km a mais do previsto; a ilha è tao pequena que para atravessà-la, de ponta a ponta, bastam uns 30km…

Pois bem, erramos a estrada e todas as placas indicavam Mosta. Fiquei curiosa com tanta indicaçao na estrada e fui conferir no guia o que Mosta tinha para oferecer…

Pois bem, Mosta è uma das maiores cidades de Malta, com quase 20 mil habitantes, e possui uma igreja com, segundo o guia, a terceira maior cupola da Europa – perde sò para a Basilica de Sao Pedro no Vaticano e para Santa Sofia em Istambul.

A tal cupola è grande de verdade; da estrada jà dava para avistá-la. Entao, resolvemos dar uma paradinha em Mosta para ver a  tal igreja de perto.

Nao è à toa que os malteses chamam essa igreja de “Rotunda”, ela è formada sò de cupola! Segundo o guia, ela foi inspirada ao Pantheon de Roma e construida com a mesma tècnica (uma espiral conica de tijolos). O interior è bem bonito e redondo, com seis capelas menores dispostas ao redor do altar.

Foi uma visita interessante, mas sò vale a pena para quem estiver de passagem por ali e tiver tempo. Fora a cupola da igreja, Mosta nao tem mais nada para oferecer a um turista; è uma cidade normalissima e atè meio sem graça.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 thoughts on “Mosta

  • 19/03/2010 at 20:14
    Permalink

    Você foi para Malta… Amou, né?
    Nossa, eu fiquei tão impressionada com o país, gostei muito… foi uma grande surpresa ver tanta coisa em um país tão pequeno!!!
    Estou amando rever através dos seus olhos 🙂
    bjs

    Reply
    • 23/03/2010 at 11:02
      Permalink

      Amei, Mirella!
      È um pais para onde fui sem grandes expectativas e me surpreendi!
      Uma ilha minuscula que reserva tanta coisa legal pra visitar!
      Bjs

      Reply
    • 23/03/2010 at 11:04
      Permalink

      Obrigada, Daniel.
      Vou visitar seu blog!
      Bjs

      Reply
  • 21/03/2010 at 16:24
    Permalink

    Oi Luisa! Tudo bem?
    Estou começando a curtir esse turismo “cultural”, admirando mais a arquitetura, história e cultura locais.. valeu pelas belas fotos e dicas!

    Quanto a tua dúvida, falei “só uma semana” porque honestamente gostaria de ter ficado MUITO mais nas Maldivas 😀

    Com um dinheirinho extra dá para fazer vários passeios, mas o dia fica cheio mesmo se vocês forem para mergulhar!

    Sinceramente, no começo eu achava muito 2 semanas, mas quando você entra no ritmo de vida de lá o tempo fica muito relativo.

    O mais importante de pensar é a relação entre tempo de voo até lá e quantos dias por lá você vai passar – para não arriscar voltar mais cansado ainda das férias..

    Mas valeu muito a pena sim, sem dúvida nenhuma!

    Bjos e paz, Michel

    Reply
    • 23/03/2010 at 11:09
      Permalink

      Obrigada, Michel!
      To com uma semanita livre em dezembro e estou estudando as varias possibilidades… 🙂
      Valeu mesmo pela informaçao!
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *