Murano, Burano e Torcello

Essas três ilhas da “laguna veneta” são três pequenos mundos, completamente diferentes, e facilmente acessíveis de barco.

Murano, a mais famosa por causa dos caríssimos  trabalhos feitos em vidro, é, na minha opinião, a mais sem graça. É tudo muito industrial e voltado para o comércio do vidro e, quem não está interessado em fazer grandes aquisições, não vai se divertir muito por ali, não.

Murano

Eu estive em Murano acompanhando a sogra, que queria comprar alguma coisa para presentear uma amiga. Enquanto a sogra se divertia escolhendo jogos de pratos e tigelas, eu fiz amizade com o nosso vendedor, que me contava porque os vidros de Murano são tão famosos e tão caros.

Pra inicio de conversa, ele deixou bem claro que, em Murano, o que se produz é vidro e não cristal. Segundo o tal vendedor, o cristal possui um alto teor de chumbo, o que facilita a produção de peças finas, pois o chumbo dá “liga” aos demais componentes quimicos e faz com que o cristal seja mais “elástico”, por assim dizer, quando está quente e, consequentemente, mais fácil de manusear e de torná-lo fino. Como o vidro nao possui esse alto teor de chumbo, fica difícil produzir um vidro fino, pois, sem a “liga”, o vidro se rompe facilmente quando trabalhado e é ai que a qualidade dos vidros de Murano se sobressai.

Eu não entendo nada de reação química, estou passando a informação como me foi dada, mas acredito que tenha alguma lógica, pois vi um jogo de copos, que pareciam de plástico, de tao leves e finos, mas eram feitos realmente de vidro e custavam mais de 100 euros cada um.

Outra coisa que valoriza os vidros de Murano é a coloração. Ainda segundo o meu amigo vendedor, colorir um vidro, como fazem em Murano, é uma arte e exige uma técnica adequata misteriosa, segredo de Estado, que passa de geração em geração.

Esse segredo é uma das razões pelas quais os vidros de Murano são produzidos em Murano: uma ilha que, antigamente, era de difícil acesso, e consequentemente, dificultava o acesso à informação sobre como o vidro era produzido.

Nota pessoal: eu até entendi por que os vidros são caros: dá uma trabalheira produzi-los e são únicos no mundo, mas… eu continuo preferindo o cristal e, antes os vidros não fossem coloridos! Tem cada coisa enfeitada que da até medo!

Ao contrário de Murano, Burano é um charme! Muito pitoresca com suas casas coloridas, barcos de pesca nos canais, lojinhas vendendo rendas delicadas e a total ausência de turismo de massa. Uma paz!

As casas coloridas de Burano possuem um aspecto curioso, segundo me contaram uns locais: enquanto nas demais ilhas, a cor das casas é algo previsto em lei, para preservar o patrimônio histórico, em Burano, não existe tal lei e as pessoas podem mudar a cor das próprias casas como bem entendem.

Ja Torcello é a ilha da “espiritualidade”, pois é um local minúsculo, com poucas casas, mas possui uma catedral, com mais de 1000 anos, que, segundo dizem, foi a primeira igreja a ser construída na regiaã de Veneza, uma igreja do século XII que remonta ao domínio bizantino e possui uma rara arquitetura em forma de cruz grega e o restaurante Cipriani,  que serve um risotto que se come rezando, de tão bom!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

28 thoughts on “Murano, Burano e Torcello

  • 14/06/2008 at 00:27
    Permalink

    Olá Luisa

    Também gostei mais de Burano!Tive pena porque passámos primeiro em Murano e como os dias em Fevereiro são pequenos,quando chegámos a Burano já era quase noite e as lojinhas estavam a fechar.Mesmo assim deu para ver as casinhas coloridas e dar uma vista de olhos pelas rendas…fiquei com muita pena de não ter tido mais tempo…
    A Torcello já nem conseguimos ir,mas na nossa próxima visita não vamos falhar essa também!
    Gostei de saber a história do vidro de Murano,e tem razão…há algumas peças um pouco coloridas demais…hehe

    Acho que um passeio no Douro é uma ideia optima…para mim é a região mais bonita de Portugal e uma das mais bonitas da Europa e também faz parte da listinha da Unesco!!

    Bjs

    Reply
  • 14/06/2008 at 02:37
    Permalink

    oi Luiza,
    acho que vc escolheu escrever sobre Murano, Burano e Torcello, justo no dia dos namorados (daqui) para inspirar os apaixonados, sim? É , porque mesmo sendo uma região muito turística eu acho que não deixa de ser também muito romântica.
    Gostei tb da explicação sobre os vidros de Murano porque qdo estive lá eles bem que tentaram explicar-me porque são tão caros, mas eu não entendi nada.
    A dica do restaurante Cipriani tb foi ótima, porque não apenas o risoto, mas as sobremeses tb são de se “comer rezando” . Acho que vale a pena comer várias coisas por lá e o local é lindo.
    Bjs

    Reply
  • 15/06/2008 at 06:13
    Permalink

    Luisa, não conhecia Burano e achei linda, principalmente com poucos turistas fica ainda mais interessante 😉
    Gostei da explicação sobre a fabricação do murano. Há peças bonitas, mas outras um pouco exageradas mesmo.

    Reply
  • 16/06/2008 at 17:58
    Permalink

    Adorei ver Torcello aqui…não que eu tenha conhecido a ilha, mas desde que pesquisei vários lugares na Itália para a viagem da minha família, há uns dois ano, me apaixonei pela descrição de Torcello. Quem sabe numa próxima 🙂

    Reply
  • 18/06/2008 at 11:32
    Permalink

    Oi Margarida,

    Que pena que nao deu pra curtir muito Burano… A cidade è uma delicia! Numa proxima, deixa Murano de lado e vai direto pra la, com uma paradinha em Torcello para “abastecer”, é claro!

    Essa viagem para o Douro tà meio enrolada… To esperando a Faculdade de Coimbra marcar a minha defesa para aproveitar a viagem… Espero que nao marquem para o inverno…

    Depois que o namorado experimentou um Porto de verdade (e nao aquelas porcarias que chegam aos montes na Italia), ele nao para de me perguntar se jà marcaram a tal defesa… 🙂

    Bjs

    Reply
  • 18/06/2008 at 11:35
    Permalink

    Oi Elisa,

    Voce conseguiu chegar na sobremesa? Eu me empolguei tanto com o risotto que, no final, nao tinha espaço pra mais nada… 😳

    Bjs

    Reply
  • 18/06/2008 at 11:40
    Permalink

    Majo,

    Vc é sempre gentil… “um pouco exageradas” é eufemismo, né? 🙂 Eu achei que o povo ali capricha no exagero! Mas procurando bem (e pagando bem) dà pra encontrar umas peças bem legais.

    Numa proxima viagem a Veneza, nao deixe de visitar Burano, a cidade é uma graça e é o lugar ideal pra fugir da confusao de Veneza.

    Bjs

    Reply
  • 18/06/2008 at 11:45
    Permalink

    Emilia, vou confessar uma coisa… Eu sò fui saber que Torcello existia pq estava pesquisando restaurantes em Veneza e arredores e gostei da descriçao do Cipriani… 😳

    Mas valeu muito a pena, tanto a ilha, quanto o restaurante sao lindos!

    Bjs

    Reply
  • 25/06/2008 at 02:38
    Permalink

    Burano é super charmosa e ótima para fotografar!!

    Vale a pena a visita!!

    Bjo!

    Reply
  • 26/06/2008 at 16:58
    Permalink

    Marcio,

    Para fazer fotos muito coloridas, Burano é o lugar!! Eu imagino as suas fotos dali…

    Bjs

    Reply
  • 26/06/2009 at 03:57
    Permalink

    Lindas essas ilhas,mas porque não foi mostrado o que se faz de melhor na ilha de Murano!?”Os trabalhos de vidro???”.Também seria melhor comentar só como são as ilhas e não sua opinião pessoal.

    Reply
  • 04/05/2010 at 04:25
    Permalink

    Ola, Luisa. Parabéns pelo seu site e sua forma de escrever, muito gostosa, agradável. Eu, minha esposa, nosso filho de 10 anos e meus pais vamos estar na Itália agora em Julho e o seu bloq esta me sendo muito util e gostaria de lhe fazer varias perguntas, se possivel. Meu e mail pessoal é ranzani01@uol.com.br caso vc queria me responder por e mail. Primeira pergunta = começaremos nossa viagem na Itália, desta vez por Veneza, vindo de Portugal e com malas para 30 dias de viagem. Vc conhece bem o aeroporto Marco Polo? Sabe se ele tem um bom sistema de guarda bagagem? Estou pensando em deixar as malas maiores lá e ir p/ Veneza com pouca coisa. O que vc acha?
    Um abraço e obrigado
    Carlos Ranzani

    Reply
  • 05/05/2010 at 03:43
    Permalink

    Luisa, obrigadão pela dica e la vou eu p/ as outras perguntas = vamos ficar 4 noites em Veneza. Alguma indicação de hotel ? Na saida de Veneza pretendo pegar um carro e ficar por mais 4 noites na região do Veneto. Gostaria de ficar em uma das cidades, faze la de QG e de la ir e voltar para as outras. Vc tem alguma sugestão qual delas poderia ser a QG? Sugestões de hospedagem? De lá vamos para Cinque Terre ( 2 noites) e depois uma semana na Toscana.
    Obrigado e abraços
    Carlos

    Reply
    • 05/05/2010 at 12:49
      Permalink

      Oi Carlos
      Tem algum motivo especial para que vcs queiram passar 4 noites em Veneza?
      Eu adoro Veneza, mas eu tiraria uma noite de Veneza e acrescentaria nas Cinque Terre… Mas isso è sò um pitaco, de acordo com os meus interesses e se a viagem fosse minha…
      Dica de hotel eu acho complicado de dar, principalmente em Veneza, onde qq hotel vai custar muuuito mais caro do que realmente vale. Alem disso, tem gente que faz questao de hotel bom e nao liga pra localizaçao; tem gente que prefere muquifo mas bem localizado… tem gente que acha que hotel è sò pra dormir mesmo entao quanto mais barato melhor; tem gente que gosta de investir num hotel de charme…
      Em Veneza, para quem quiser curtir a cidade sem preocupaçoes com transporte, o melhor è cacifar um hotel na ilha principal, de preferencia nas proximidades da Piazza San Marco e de Rialto.
      Nas outras ilhas, tem hoteis melhores e com preços mais camaradas, mas lembre-se de que vc estara cercado de agua e que terà que se organizar de acordo com o horario dos barcos, ou entao caminhar um monte atè a ponte mais proxima (se tiver uma ponte…). Jà vi gente que nao se incomoda e que diz que o sistema de transporte è bom… Enfim… Eu prefiro investir num hotel bem localizado e poder jantar sem ficar olhando no relogio…
      Sobre o Veneto, a cidade base vai depender para onde vc pretende fazer os bate-e-volta… De qq modo, Verona è uma cidade deliciosa.
      Bjs

      Reply
  • 07/05/2010 at 14:39
    Permalink

    Oi, Luisa. Motivo especial de ficar 4 noites, 3 dias inteiros em Veneza?….a esposa, rs. Estivemos la em 1996, gostamos muito e ela esta morrendo de saudades de curtir Veneza. Ficamos em uma das areas em que vc citou (proximidades da Piazza San Marco) e estou tentando lembrar qual era o hotel.
    Empatamos na preferencia do hotel, tb preferimos um hotel bem localizado e poder jantar….
    No Veneto pretendo ver Padua, Vicenza, Treviso e Verona. Em Verona vc tem algum hotel que vc conhece? Lago de Garda vou fazer no caminho de Cinque Terre…..a pontinha dele, rs. Gostaria de faze lo todinho, ficando alguns dias nele…..mas o tempo desta vez não permite.
    Obrigado, um abraço
    Carlos

    Reply
    • 17/05/2010 at 09:39
      Permalink

      Oi Carlos
      Entao tà mais do que justificado e Veneza merece um tratamento especial para agradar a esposa!
      Verona è um desses destinos que visito sempre como bate-e-volta de Milao… Nunca fiquei em nenhum hotel para poder indicar…
      Mas em Padua existe o melhor restaurante do mundo, na minha opiniao: Le Calandre! È todo estrelado, mas nao è um lugar afetado e esnobe e a comida è simplesmente fantàstica, o unico problema è que o preço è diretamente proporcional à qualidade da comida e à quantidade de estrelas…
      Bjs

      Reply
  • 04/10/2010 at 19:34
    Permalink

    Luisa, tudo bom?
    Ai… adoro seu blog!

    Diga-me: primeira vez em Veneza – rola conhecer a cidade em 1,5 dia e passar 0,5d em Burano?? O transporte entre as ilhas (Veneza, Burano, Murano…) é fácil e barato?

    Obrigada,
    Beijos

    Reply
    • 14/10/2010 at 14:19
      Permalink

      Oi Fernanda
      Como a atraçao principal de Veneza è perambular pela cidade, eu acho Veneza a cidade mais dificil de recomendar “dias”. Tem gente que se satisfaz com meio dia e tem gente que passa a semana toda e ainda acha que ficou pouco… Vai depender do seu ritmo de viagem… O transporte pra Burano e Murano é bem facil, mas nao existe nada em Veneza que seja “barato”… Passe 1 dia todo em Veneza e “sinta” o ambiente. Se vc achar que o que viu jà tà bom, và visitar as outras ilhas; se vc gostar muito de Veneza e achar que a cidade merece mais tempo, deixe Murano e Burano para uma proxima vez.
      Bjs

      Reply
  • 06/02/2011 at 03:52
    Permalink

    Oi Luisa,
    Adoramos ler td que vc escreveu, e estamos anotando todas as dicas. Sera nossa primeira vez em Veneza, ficaremos la 5 dias e depois iremos para Roma. Gostariamos de saber, se e’ possivel visitar as ilhas de Murano, Burano e Torcello em apenas um dia, e tb quanto tempo leva o transporte de uma ilha a outra. Agradecemos sua atencao, se puder me add no msn ficaria grata, pois tenho pesquisado bastante no google, mas sempre bom falar direto com quem ja foi. Obrigada novamente e felicidades sempre!!!

    Reply
    • 13/02/2011 at 09:57
      Permalink

      Oi Dinah
      Eu passei pelas 3 ilhas no mesmo dia, mas ficou meio corridinho e nao fiquei muito tempo nas lojas de vidro em Murano…
      Dà pra visitar tudo, mas vai depender do ritmo de viagem de vcs.
      Murano e Burano sao mais faceis e rapidas de chegar, Torcello è mais longe.
      Bjs

      Reply
  • 29/06/2011 at 14:29
    Permalink

    Eu estive em Murano e por azar perdi a minha maquina fotográfica. Perdi todas as fotografias lindas que tinha. 🙁

    Reply
  • 22/01/2015 at 03:30
    Permalink

    Oi Luisa! Seu blog é um achado! Sua forma de escrever é uma delícia! Parabéns! Vamos passar um dia em Veneza e o outro queremos explorar cidadezinhas por perto. Quando li sobre as ilhas, fiquei na dúvida, sobre os barcos, onde pegá-los, quanto custam, etc. Ao invés das 3 ilhotas descritas acima, qual seria outra sugestão tão bacana quanto? Como é o tempo na Itália em maio: Muito frio? Necessidade de casacos pesados? Um abraço.

    Reply
    • 22/01/2015 at 11:14
      Permalink

      Oi Siomara,
      Maio tem um clima bem gostoso na Italia, nao precisa de casaco pesado, mas um casaquinho è sempre bem vindo, praquele ventinho chato de noite.
      Os “barcos” na verdade sao o transporte publico de Veneza, nesse site voce encontra as informaçoes de que voce precisa: http://www.actv.it/en/movinginvenice/movinginvenice
      Acho que o mais proximo de Veneza, que seja interessante de visitar è Verona. Mas sinceramente nao faria essa viagem, nao, acho muito corrido.
      Bjs

      Reply
  • 22/01/2015 at 16:49
    Permalink

    Obrigada pela resposta, Luisa. Então, tá, levarei um casaquinho para as noites frias,mas depois de Veneza,nós seguiremos para a Suíça, você acha conveniente levarmos algo mais pesado (para andar naqueles trens morro acima!)? Decidimos visitar as três ilhas que você menciona nesta página. Temos que comprar os ingressos com antecedência pela internet? Poderia nos indicar um hotel ou um hostel bacaninha em Veneza ou arredores, por favor? Obrigada e um abraço.

    Reply
    • 23/01/2015 at 10:48
      Permalink

      Oi Siomara
      A Suiça è mais fria, e morro acima a coisa piora, eu colocaria na mala umas blusas mais quentinhas pra colocar por baixo do casaco mais levinho e ir regulando a quantidade de roupa conforme a temperatura…
      Pra ir para as ilhas, voce pode comprar na hora, esses barcos sao os “onibus” de Veneza.
      Como voce vai ficar em Veneza sò um dia, eu recomendaria um hotel o mais perto possivel da Piazza San Marco. E’ claro que os hoteis ali custam uma fortuna e nao valem o que custa, costumam ser bem chinfrins mesmo. Mas mesmo assim, acho que vale, pois poder voltar a pè pro hotel depois do jantar, com Veneza quase vazia è um luxo! Se voce for ficar em outra ilha, que nao a principal, vai ter que ficar de olho no relogio e se organizar bem com os horarios dos barcos.
      Nao sei recomendar hotel, pq depende muito dos gostos e do bolso de cada um….
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *