New York, New York

Eu não posso me lamentar da sorte… Como diz a minha mãe, eu sempre tive muito mais sorte do que juízo… E quando inventei de conhecer os Estados Unidos consegui ser ainda mais sortuda! 

A começar com a obtenção do vistoMais de oito horas de espera na fila do consulado em São Paulo, numa angústia sem fim, pois uma das amigas que viajaria comigo não obteve o tal vistoQuando chega a minha vez, o fulano do consulado viu um carimbo de Portugal no meu passaporte e decidiu me contar todas as suas aventuras em terras lusitanas! O visto me foi concedido depois de ficarmos uns 20 minutos conversando amenidadesQuem entende?? 

Ah, uma semana depois vejo na televisão que os procedimentos para obtenção do visto seriam alterados e que sua validade seria reduzida… Tive sorte até nisso!

Depois de onze horas num vôo para New York, via Toronto, um cappuccino derramado na calça e uma mala pesada pra arrastar, eis que me deparo com uma fila quilométrica no controle da imigração para os Estados Unidos. A minha cara de desespero e de cansaço deve ter sido tão assustadora que um rapaz que passava por mim fez uma brincadeira sobre o meu estado deplorável e, depois de algumas risadas, ele seguiu seu caminho e eu me muni de coragem e fui enfrentar a tal fila!

Quatro horas depoisNão, não estou exagerando, foram exatamente quatro horas na fila! E tinha gente que, depois de toda essa espera, ainda não conseguia passarQue pesadelo!! Finalmente chegou a nossa vez! Eu e minha amiga nos dirigimos ao guiché, preparadas com todas as respostas possíveis para todas as prováveis perguntas. E não é que o rapaz do guiché era exatamente o mesmo com quem eu havia conversado antes de entrar na fila!! 

Ele mal olhou o meu passaporte, não chegou perto do passaporte da minha amiga e a única pergunta que ele me fez foi o meu número de telefone!! Inacreditável!! Mas, como eu nunca retornei suas ligações, talvez a minha próxima entrada no país não seja assim tão fácil… 

ny1.jpg

Eis New York!! Escolhi a época do Natal para viajar porque as decorações e enfeites espalhados por toda a cidade, como mostram os filmes de final de ano, sempre me fascinaram. Que loucura de cidade!! Nem o frio afastava as pessoas (eu inclusive) de seus objetivos consumistas! 

Mas para além do consumo, o fantástico de estar em New York é a sensação de poder encontrar qualquer coisa que me passe pela cabeça, no horário que melhor me aprouver: a cidade oferece de tudo e realmente nunca dorme!! É verdade que os preços em dólar limitam um pouco esse “poder”, mas a sensação é ótima assim mesmo! 

Como era a minha primeira vez na Big Apple, não fugi muito dos tradicionais passeios para turistas: Central Park, Liberty Statue, Times Square, Rockfeller Center… E amei cada um deles! Mas, na minha opinião, imperdível mesmo é assistir algum musical na Broadway! Quaquer um! Como não comprei o ingresso com antecedência, as peças mais famosas já estavam lotadas, ainda assim consegui assistir à belíssima tragédia Aída e saí do teatro apaixonada!

ny.jpg

Uma outra coisa que me fascinou foram as pistas de patinação no gelo, especialmente aquela do Rockfeller Center, sob a linda árvore iluminada. Como eu me viro um pouco sobre rodas, achei que não fosse fazer muito feio no geloPobre de mim! Quase não parei em ! Mas depois de um tempinho conseguia me locomover com um pouco mais de desenvoltura 

ny2.jpg

A festa de reveillon em New York me deixou um pouco decepcionada… Estava esperando ver aquela bola descer, como sempre vejo na televisãoImpossível!! Primeiro porque eles fecham todos os acessos à Times Squares e quem não chega ao meio dia e fica de bobeira por até a meia noite sequer se aproxima da festa. E eu, é claro, não sabia disso. Segundo porque à meia noite e dois minutos todas as 750 mil pessoas que estavam por desaparecem misteriosamente! Restam apenas uns poucos bêbados, alguns policiais e o pessoal da limpeza! 

Mas nem tudo estava arruinado! Terminei a minha noite de ano novo numa festa com alguns amigos e fechei a minha visita à Big Apple com um delicioso e enorme cheesecake!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 thoughts on “New York, New York

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *