Os russos e o cartao de credito

Até mesmo uma coisa simples e banal como pagar alguma coisa com cartao de credito é uma novela na Russia… Na marra, aprendemos que o fato de um estabelecimento comercial possuir um adesivo com o logo de um cartao na porta nao significa que ele aceite o tal cartao…

Varias vezes entramos em restaurantes com varios adesivos de cartoes e, na hora H, o pagamento deve ser feito em dinheiro… E nao adianta argumentar e mostrar o adesivo na porta, pois eles vao te olhar com uma cara de “E dai?” e vao continuar impassiveis na espera do pagamento em dinheiro vivo.

Outras tantas vezes, existia o adesivo na porta, eles confirmavam que aceitavam cartao de credito, mas por alguma razao que a propria razao desconhece, a maquina se recusava a aceitar os nossos cartoes! E provamos com cartoes brasileiros e italianos de tres bandeiras diferentes.

Por causa desses perrengues, andavamos sempre com dinheiro na carteira. Mas tirar dinheiro em caixa eletronico tambem rendeu bons momentos de desespero. Imagina a cena: depois de ter o cartao recusado num restaurante, voce tenta sacar em mais de um “bancomat” e todos te respondem: “impossivel efetuar a transaçao devido a problemas técnicos”.

Quais problemas técnicos? é impossivel que 4 cartoes diversos, de 2 paises diferentes, guardados separadamente,  apresentem problemas técnicos simultaneamente! Em 3 bancomats diferentes!

Descobrimos, com muito custo, que com “problema técnico” eles entendem qualquer coisa: desde um defeito no seu cartao, até falta de dinheiro na maquina.

O duro é descobrir o que a maquina quer dizer, naquele momento, com “problema técnico”, pois o simples fato de voce solicitar uma quantia acima ou abaixo do valor permitido para saques é um “problema técnico”.

Pois é… eles nao informam quais sao esses valores… é algo que precisa ser “adivinhado”, e pra piorar os limites variam muito conforme o bancomat. Vi maquinas que permitiam no maximo 4000 rublos e maquinas que permitiam até 10000 rublos…

Mas se os limites nao sao informados, como eu fiz pra descobri-los? Na sorte! Tentativa e erro! Perdiamos mais de meia hora para fazer um simples saque, colocando os mais diversos valores, até a hora que dava certo…

Um outro “problema técnico” comum é que quando voce vai sacar, a maquina pergunta se voce quer um recibo. Eu sempre pego o recibo para a minha contabilidade, mas, se o bancomat nao possui papel para imprimir o tal recibo, acusa simplesmente “problema técnico” e nao te diz que, sem o recibo, o saque é feito normalmente.

Nos primeiros dias foi puro stress, pois se em Moscou varios lugares nao aceitavam cartoes de credito e a maioria dos bancomats apresentavam “problemas técnicos”, nao queria nem imaginar como seria o interior da Russia! Mas felizmente entendemos rapido a (falta de) logica dos bancomats e a nossa viagem prosseguiu muito mais tranquila e sem problemas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

22 thoughts on “Os russos e o cartao de credito

  • 17/09/2008 at 13:14
    Permalink

    Luisa, no Peru e na Bolívia tivemos os mesmos problemas. Passamos uns sufocos até descobrir como os caixas eletrônicos funcionavam por lá também…

    Reply
  • 17/09/2008 at 18:56
    Permalink

    Nossa, imagina o stress, já pensou ficar sem grana num país “amigável” desses? Deus o livre!
    Ainda bem que depois deu tudo certo pra vcs.

    Reply
  • 17/09/2008 at 21:19
    Permalink

    Luisa, que chatice e stress !! Pura burrocracia 😉 Não estão se importando em receber turistas.

    beijos,

    Reply
  • 18/09/2008 at 14:26
    Permalink

    Bem, uma coisa eu aprendi… nunca mais reclamo dos caixas eletrônicos do BB… kkk

    bjinho

    Reply
  • 18/09/2008 at 20:21
    Permalink

    Luisa

    Eu qualquer dia começo a levar é o dinheiro todo em notas!!O difícil é transportá-las…Também já me aconteceu não conseguir tirar dinheiro das maquinas nem fazer pagamentos com os cartões de crédito,uma vez na Irlanda!O que vale é que foi num país bem mais “normal” e toda a gente falava Inglês…hehe
    Mas o pior que já me aconteceu com um cartão de crédito foi este ano em Roma!Quase que me estragou o resto das férias e fez definitivamente passar Roma ( que era uma das minhas cidades preferidas)para o finzinho da lista!Conseguiram ficar-me com o cartão preso na maquina(num sabado á noite),gravar o codigo que eu tinha digitado para fazer o levantamento e no espaço de 24 h ( durante o domingo) levantar todo o dinheiro que eu tinha disponivel na conta!
    Nem conseguimos apresentar queixa na policia porque ninguém falava inglês e muito menos português!
    Aparentemente a policia Italiana só fala mesmo italiano…para mim foi uma completa desilusão tanta falta de protecção aos turistas num dos 7 paises mais ricos do mundo…ainda se fosse na Russia…

    bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 10:06
    Permalink

    Bom saber, Camila…

    Deus me livre de passar um outro aperto desses!

    Bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 10:11
    Permalink

    Rodrigo,

    Dá mesmo um desespero! Não quero nem imaginar como faríamos sem dinheiro… Teriamos que nos dirigir a um banco, sei lá…

    Bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 10:13
    Permalink

    Majô,

    Uma coisa é certa, os russos não estão nem aí para os turistas! Parece que, pra eles, não faz a menor diferença receber ou não turistas… Até nos hotéis, que vivem de turismo, a sensação é essa!

    Mas a Rússia vale a pena assim mesmo!

    Bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 10:14
    Permalink

    Soraya,

    Eu também reclamava do BB… 🙂

    Bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 10:20
    Permalink

    Margarida,

    Infelizmente na Itália só falam italiano e olhe lá! E, como na Rússia, tenho a impressão de que, também na Itália, eles não ligam pra turista, mas por um motivo diverso: tem turista demais por aqui!

    Então eles não se esforçam pra agradar, pq se vc não gostar de alguma coisa, não tem problema… Tem uma fila de japoneses bem atrás de vc…

    Já te disse que a primeira vez que vim pra Itália, a turismo, jurei nunca mais voltar? Pois é…

    Bjs

    Reply
  • 19/09/2008 at 11:17
    Permalink

    No Marrocos também tinha o adesivo na porta e eles não aceitavam cartões… e também era dificil encontrar um caixa eletrônico!

    Estamos muito mal acostumandos pq no Brasil se pode pagar com cartão em qualquer buteco e ainda parcelar em não sei quantas vezes! Hahaha…mas também, só podemos sacar dinheiro até as 22hs na maioria dos bancos e a quantidade de caixas é bem menor que aqui na Espanha, por exemplo, que chega a ter 4 por quadra!

    Enfim, diferenças…

    Reply
  • 19/09/2008 at 14:19
    Permalink

    Pois é…concordo que estamos mal acostumados com cartão de crédito…aqui no Brasil dificilmente tenho dinheiro na carteira…só uso cartão…em viagens também…mas agora estou começando a me preocupar mais com isso…na verdade depende do destino…é sempre bom pesquisar…

    Reply
  • 19/09/2008 at 14:28
    Permalink

    Luisa

    Tem razão mesmo…tem turistas a mais em Itália!Na 1º vez que fui a Roma era época de Natal e foi muito diferente…muito mais calmo,muito menos turistas e muito mais “romanos”…agora em Agosto estava impossível!
    É por isso que eu gosto de Milão, dos Lagos e da região norte…pelo menos por aí as filas de japoneses são bem menos…hehe…

    Bjs

    Reply
  • 23/09/2008 at 23:07
    Permalink

    Oi Glenda,

    Verdade… No Marrocos eu tb tive dificuldades em encontrar alguem que aceitasse cartão, mas num lugar como o Marrocos eu nem esperava muita tecnologia…
    Acho que a Russia foi um choque porque eu imaginava que, pelo menos, tecnologicamente, fosse mais desenvolvida… Enfim…

    Bjs

    Reply
  • 23/09/2008 at 23:10
    Permalink

    Oi CarlaZ,

    Eu fiquei mal acostumada com cartao de credito e com o euro… Viajar e nao ter que me preocupar nem com dinheiro no bolso e nem com cambio é uma benção…

    Bjs

    Reply
  • 23/09/2008 at 23:12
    Permalink

    Margarida,

    Agosto na Itália é um inferno! Nem Milão e a região dos lagos ficam livres das filas de turistas…

    Bjs

    Reply
  • 24/09/2008 at 00:57
    Permalink

    Afe Maria… essa sua viagem a Russia foi mesmo uma coisa!!! Mas já estou aprendendo tudinho com vc para não ficar tensa… Aliás, esses seus posts deveriam virar livro 🙂
    bjs

    Reply
  • 25/09/2008 at 15:50
    Permalink

    Ih, Mirella, na Russia nao existe essa historia de “aprendi como se faz, nao”… Eles sempre dao um jeito de inovar para dificultar a vida dos turistas… 🙂

    Pelo menos vc jà sabe que vai passar por momentos de tensao! 🙂

    Bjs

    Reply
  • 12/02/2011 at 12:10
    Permalink

    Bom saber desses detalhes!
    Mas estava pensando justamente como a Mirella: “tô aprendendo aqui” – mas esse papo deles inovarem para dificultar é trash hein?
    Mas eu vou encarar esse povo esquisito e suas manias! =)

    Reply
    • 13/02/2011 at 10:25
      Permalink

      Oi Natalia
      Tenho certeza de que vc vai adorar!
      Bjs

      Reply
  • 03/04/2011 at 20:35
    Permalink

    Irei à Russia em junho próximo e tô adorando as dicas aqui.
    Será que terei dificuldades em trocar euros pela moeda local ???
    O jeito é levar dinheiro em espécie para quando surgirem imprevistos…
    Achava que a Rússia fosse mais avançada tecnologicamente…rsrsrs.
    Abs.

    Reply
    • 03/05/2011 at 19:00
      Permalink

      Oi Nidia
      Dificuldade pra trocar euros nòs nao tivemos, o problema è que o cambio nem sempre era muito favoravel…
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *