Portovenere e Cinque Terre

 Essa viagem a Cinque Terre foi memorável porque foi totalmente de surpresa. Uma bela sexta-feira de junho, meu namorado voltou do trabalho no horário do almoço, começou a arrumar a mala e “exigiu” que eu fizesse o mesmo, pois passaríamos o final de semana fora em algum lugar misterioso.

Tive um chilique! “Como assim? Que lugar é esse? Pra onde você tá me levando? O que eu preciso colocar na mala?”

Eu até gosto de surpresas, mas viajar pela Itália “no susto” eu não curto muito não. A Itália tem tanta história… eu preciso estudar um pouco antes pra entender o que eu estarei prestes a ver e principalmente, pra saber o que colocar dentro da mala!

De tanto que eu insisti, ele acabou revelando que já tinha tudo reservado em Portovenere e que iríamos passar o final de semana nas Cinque Terre. E também me acusou (com razão, mas isso eu não digo pra ele!) de “estraga-prazeres”!

De Milão, pegamos a autostrada em direção a Parma e depois em direção a La Spezia… Mais rápida e com menos movimento do que a autostrada via Genova. De fato em 2 horas e poucos minutos já estávamos em Portovenere.

Na minha opinião, Portovenere é o melhor lugar para se hospedar quando se vai a Cinque Terre.

portovenere1.jpg

Primeiro porque Portovenere é linda, tem mais infra-estrutura do que as Cinque Terre e, não sem razão, também é considerada patrimônio da humanidade pela Unesco, juntamente com Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso

Segundo porque é super fácil chegar a qualquer uma das “terre” de barco. Bem no centrinho de Portovenere tem a versão aquática daqueles ônibus “hop on hop off”, em que você paga um bilhete e ele pára nos principais pontos turísticos e que você pode subir e descer quantas vezes quiser. Esses barcos seguem o mesmo princípio, com um bilhete de um dia, você percorre todas as Cinque Terre de barco e pode ir e voltar quantas vezes quiser.

Portovenere é linda e romântica, não só pelas casas coloridas, típicas da região, mas é também cheia de história, com direito a uma igreja no alto de uma rocha, quase no mar, onde antes havia um templo dedicado a deusa Vênus (daí o nome Portovenere), e também um castelo onde se realizam festas de casamento.

portovenere4.jpg

Quando fomos visitar o Castelo, demos sorte, porque, por causa de um matrimônio, a visitação seria encerrada mais cedo e, em seguida, quando estávamos indo visitar a igreja, encontramos a noiva, o noivo e os convidados todos pelo caminho. Foi muito engraçado ver todo mundo de terno, salto alto e vestidos longos, debaixo de um sol de rachar, subindo as ruas íngremes e de pedra para chegar ao castelo. As mais espertas levaram um belo par de tênis para a empreitada.

portovenere2.jpg

Chegando na igreja, demos de cara com uma senhora na porta que só fazia resmungar… Era a encarregada da limpeza da igreja que xingava cada grão de arroz que precisava retirar dos buraquinhos do pavimento… Muito caricato!

No dia seguinte, lá fomos nós passear pelas Cinque Terre. Paramos logo de cara em Riomaggiore porque queríamos fazer as Cinque Terre a pé, e depois voltar a Portovenere de barco a partir de Monterosso.

São várias as trilhas entre as cidades, mas as mais famosas e bonitas são aquelas que acompanham o mar. O trecho entre Riomaggiore e Manarola é especialmente lindo, por isso denominado de Via dell’Amore, e particularmente agradável, porque não é tão íngreme, as cidades são muito próximas e qualquer um, com qualquer preparo físico, consegue curtir bem a paisagem sem se cansar….

cinque-terre1.jpg

O trecho entre Manarola e Corniglia também é lindo, mas já é menos “agradável”, pois é mais íngreme, a trilha não é tão uniforme, as cidades são mais longe… Talvez seja por isso que a quantidade de gente que percorria essa trilha tenha diminuído drasticamente.

Chegando em Corniglia na hora do almoço, paramos por ali para uma bella focaccia (especialidade ligure!). Juro que tudo o que eu queria da vida estava ao meu dispor bem ali: a mesa do bar, sob a sombra de uma árvore, numa pracinha charmosa, uma cerveja gelada, uma focaccia deliciosa e o amor da minha vida comigo!

cinque-terre2.jpg

Depois desse almoço, veio a preguiça de caminhar… E, segundo as informações do mapa das trilhas, as distâncias entre as “terre” só fazia aumentar, e as trilhas seriam cada vez mais “selvagens”. Nem precisava de tudo isso para que nós nos déssemos por satisfeitos com a caminhada feita até então. Fomos procurar o “porto” para pegar nosso barco…

Mas… onde é o porto de Corniglia? Fomos descobrir que o barco não pára ali… Corniglia fica no alto de uma montanha e só existem dois modos de sair dali: a pé ou de trem. Pagamos alguns poucos euros e fomos de trem até Vernazza e em seguida de barco até Monterosso.

cinque-terre.jpg

Já no final do dia, pegamos o barco de volta a Portovenere e foi um jeito maravilhoso de nos despedirmos das Cinque Terre: por do sol e a vista de todas as cidadezinhas pelo mar! Ai, ai…

 Ah… Já que estávamos por ali e já que as ilhas de Palmaria, Tino e Tinetto também fazem parte dos lugares tombados pela Unesco e já que em Palmaria tem um restaurante bem bom, demos uma passadinha por lá. Não gostei! É um lugar muito “militar”, tudo ali é do exército, inclusive as praias mais bonitas são particulares e de uso exclusivo de militares e respectivas familias… Os pobres mortais tinham que lutar por um lugar ao sol no meio das pedras…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

102 thoughts on “Portovenere e Cinque Terre

  • 15/02/2008 at 19:34
    Permalink

    Luisa, esse seu post está DEMAIS!!! Que saudade me deu dessa terra… E a vista das Cinque Terre a partir do mar é linda mesmo… Acho até engraçado que o passeio de barco não seja mais divulgado, também achei uma forma excelente de conhecer as cidadelas – mas quem deu a dica, ou melhor, quem nos levou, foi o marido da minha prima, que é italiano… 😉

    Em Portovenere, dei a mesma sorte que você, de ver um casamento! Cheguei a tempo de ver os noivos saindo da igrejinha no alto da colina, com direito a um sol daqueles também – talvez um pouco mais ameno porque já era setembro… 😉

    Reply
  • 15/02/2008 at 23:58
    Permalink

    Luisa

    Cinque Terre está há muito nos primeiros lugares da minha listinha de viagens a fazer!!!Já tenho guias e mapas á espera de oportunidade para serem usados!Claro que se vivesse em Milão tudo ficava mais fácil…estou muito invejosa…hehehe
    Itália é realmente um dos meus paises preferidos para viajar e o resto da familia cá em casa também é da mesma opinião!Gostamos da história,das paisagens,das lojinhas (as de Milão então são de morrer!!!)das pessoas e da comidinha!!
    Vou seguir as suas dicas e ficar em Portovenere ,que deve ser linda,e depois fazer as outras de barco.É possivel chegar de comboio a Portovenere partindo de Milão ou de Genova?

    beijinhos

    Reply
  • 16/02/2008 at 03:43
    Permalink

    Luisa, este post está lindo !!!! Seu jeitinho de contar, as fotos das cidades fofas, o visu do mar, e melhor de tudo você tem um namorado romântico !!!
    Ai que saudades da Itália e de uma focaccia, nham
    beijinhos,
    Majô

    Reply
  • 16/02/2008 at 13:50
    Permalink

    Esqueci-me de dizer que adorei as suas fotos!
    Também fiquei muito contente por saber que gosta de Coimbra…
    Quando vem cá novamente??
    Beijinhos

    Reply
  • 17/02/2008 at 14:50
    Permalink

    Luisa,
    Que romântico, esse é um post de Valentine’s day?? 🙂

    Adorei cada passo, que lugar lindo, lindo, lindo, que costa e que fotos lindas!

    Reply
  • 17/02/2008 at 21:15
    Permalink

    Luisa, lindo demais, de dar água na boca. Infelizmente não tive ainda a oportunidade de ir para lá, só viajei virtualmente, preparando a viagem da minha família que ficou dois dias na região…com tanta provocação, dá vontade de comprar um passagem hoje mesmo 😀

    Reply
  • 18/02/2008 at 04:07
    Permalink

    ADOREI conhecer esse lugar lindo com você!
    A Italia tem sempre coisas novas e especiais nos esperando, né?
    bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 10:55
    Permalink

    Carla, você tem razão, nem o passeio de barco, nem Portovenere são muito divulgados… Eu só fui descobrir a existência dos dois depois que me mudei pra cá… E quando contava sobre Portovenere, a reação da família e dos amigos no Brasil era sempre: Onde??

    Andei olhando o site do Castelo e acho que “sorte” seria se não pegássemos um casamento! 🙂

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 11:06
    Permalink

    Margarida,

    Que a oportunidade de conhecer as Cinque Terre chegue depressa!! Você vai adorar o lugar! Infelizmente não sei te dizer com precisão sobre os comboios, porque normalmente giro pela Itália de carro, mas com certeza tem alguma coisa. De Milão, acho que é mais rápido ir por La Spezia, mas confira os horários e possibilidades no http://www.trenitalia.it

    Estive em Coimbra mês passado… Tenho que voltar, mas ainda sem previsão… Espero que logo!

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 11:08
    Permalink

    Majô, você é comilona como eu??!! Mas quem resiste a uma focaccia?

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 11:10
    Permalink

    Patsy, é vero! Eu não tinha me dado conta que o post tinha ficado tão romântico! Deve ter sido mesmo influência di San Valentin… 🙂

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 11:12
    Permalink

    Emilia, como eu disse a Majô no outro post: Não passa vontade, não!!

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 11:15
    Permalink

    Mirella, descobri que a Itália é inesgotável! Tem sempre um lugar novo pra conhecer bem pertinho de casa!

    Bjs

    Reply
  • 18/02/2008 at 12:40
    Permalink

    Oi Luísa,
    eu tenho de concordar com seu namorado e dizer-te que vc deu uma de “estraga-prazeres” (a propósito, como se diz em italiano esta expressão?). Pois, eu como vc tb gosto de ler e principalmente conversar com as pessoas que já foram ao lugar previsto p qq viagem minha.
    Mas no caso de Cinque Terre, meu namorado fez mais ou menos como o seu: foi meu presente do dia dos namorados (daqui do BR, 12/06) e não me disse exatamente o roteiro, eu apenas sabia que antes de ir a Toscana passaríamos em uma região de praia e vagamente ele me comentou o nome: Cinque Terre.

    Felizmente eu não fui atrás de nada, tudo que tinha era uma matéria sobre Cinque Terre, onde o repórter falava em fazer tudo a pé. Mas eu pensava que isso era idéia de reporter aventureiro e doido. Mas vc imagina que foi exatamente assim que fizemos? Se eu imaginasse antes nem teria ido porque sou uma morta de preguiça.

    Mas o lugar é tão lindo, tão especial que fiquei “contaminada” com aquilo tudo e me baixou um “espírito” de esportista que consegui fazer todas as trilhas a pé. Foi maravilhoso, ficamos 4 noites e 5 dias em Levanto e fizemos tudo com calma, uma trilha em cada manhã e a tarde era almoços intermináveis, com direito a vinho ou espumantes e muito “gelato”.

    Eu gostei tanto que tenho até medo de me decepcionar com a Costa Amalfitana, porque me “encontrei” neste lugar e o melhor encontrei o meu grande amor, porque embora já estivesse com mais de 1 ano de namoro eu acho que Cinque Terre foi um marco para nosso namoro. Foi ótimo!

    Reply
  • 20/02/2008 at 10:50
    Permalink

    Elisa, que linda história de amor!! Cinque Terre foi feito para romances! No meu caso, como não tínhamos muito tempo, os jantares eram intermináveis e regados com muito vinho e gelato!

    Sabe que eu não me lembro exatamente qual foi o termo que ele utilizou pra me chamar de “estraga-prazeres”… Só me lembro que era essa a idéia… 😳 Mas acho que em italiano poderia ser traduzido para “guastafeste”.

    Bjs

    Reply
  • 21/02/2008 at 16:23
    Permalink

    Olá!

    Literalmente navegando pela net caí aqui!

    Estou procurando por alguém que possa me responder o que cazzo significa a palavra cazzo!

    Espero que posa me ajudar = D

    T+

    Reply
  • 21/02/2008 at 19:22
    Permalink

    Olá anacranes

    Que pergunta insólita! Mas, satisfazendo a tua curiosidade, é uma maneira vulgar para se referir ao órgão sexual masculino.

    Bjs

    Reply
  • 22/02/2008 at 14:05
    Permalink

    Kakakakaka!

    Eu li isso num dicionário mas não acreditei!

    Então “Má que cazzo!” É literalmente “Mas que caralho!”?

    Eu acho essa frase tão fofis!

    Ia por no meu about Má que cazzo é Ana Cranes!

    Agora estou na dúvida!

    Hahahahaha

    Reply
  • 22/02/2008 at 14:25
    Permalink

    É examente isso! Segue o mesmo princípio da expressão em português…

    Os italianos, mais elegantes (mas nem tanto), usam expressões similares como “cacchio” ou “cavolo”, para evitar o “palavrão”.

    Bjs

    Reply
  • 22/02/2008 at 21:29
    Permalink

    Nossa, deu vontade de fazer as malas e ir. Q delícia. E q praia…

    Luisa, vc pode me enviar um email? Precisava te perguntar algo. O meu email está no campo do comentário…

    Beijos!

    Reply
  • 25/02/2008 at 23:22
    Permalink

    Olá! Gostei bastante do seu blog.

    Como faço para entrar em contato com você? Tenho algumas considerações e sugestões.

    Meu e-mail é: rodrigo@riot.com.br

    Fico no aguardo de um contato.

    Grande Abraço!

    Reply
  • 27/02/2008 at 03:44
    Permalink

    Fantástica região, adorei!!

    Obrigada pelo seu doce comentário! Seu blog tb é ótimo, adorei!! Vou adicioná-lo na minha listinha!! :))

    Sobre St Petersburgo, a cidade é mesmo incrível!!! Recomento uma visita com certeza!!

    Bjs pra vc!

    Reply
  • 02/03/2008 at 10:53
    Permalink

    Lucia, muito obrigada. Ficou ótimo!

    Rodrigo, te mandei um e-mail. Sugestões e comentários são sempre bem vindos.

    Fernanda, não vejo a hora de visitar a Russia! Parece ser mesmo um lugar incrível!

    Bjs

    Reply
  • 02/03/2008 at 23:27
    Permalink

    Oi Luísa, Portovenere é linda, o lugar é maravilhoso e romântico, As Cinque terre então são fantásticas, locais junto ao mar, para mim são espantosos… cheios de romantismo, o que convida às pessoas a fazer poesia…

    Reply
  • 03/03/2008 at 14:18
    Permalink

    Aidna quero ir lá um dia. Lendo seu relato, só me convenço disto. 🙂

    Reply
  • 04/03/2008 at 10:52
    Permalink

    Oi, Luís, eu também adoro lugares junto ao mar, acho que possuem uma energia única e Portovenere e as Cinque Terre só confirmam isso!

    Bjs

    Reply
  • 04/03/2008 at 10:53
    Permalink

    Olá, rosângela

    Não passa vontade, não! Tenho certeza de que vc vai amar o lugar!

    Bjs

    Reply
  • 08/05/2008 at 14:41
    Permalink

    Qual o hotel que você ficou em Portovenere? Você o indicaria? Estou precisando de hospedagem para setembro/08. Obrigada.

    Reply
  • 08/05/2008 at 19:39
    Permalink

    Olá Thais,

    Eu fiquei no Grand Hotel Portovenere (www.portovenerehotel.it) e indicaria sim! Só a vista da janela (1ª foto do post) já vale a hospedagem.

    Boa viagem, depois volta pra me contar como foi!

    Bjs

    Reply
  • 08/05/2008 at 21:41
    Permalink

    Luisa,
    Tentei este hotel, mas não tem mais disponibilidade. Alguma outra indicação? O problema é que só vamos passar uma noite.
    Abs,
    Thais

    Reply
  • 11/05/2008 at 12:12
    Permalink

    Thais,

    Em Portovenere eu só fiquei hospedada nesse hotel, então prefiro não dar palpites sobre os outros, já que não os conheço.
    Já fiquei hospedada em Portofino uma vez, mas gostei mais de Portovenere… Dá uma olhada no Tripadvisor (www.tripadvisor.com) para conferir a opinião das pessoas com relação aos outros hotéis…

    Bjs

    Reply
  • 04/06/2008 at 22:17
    Permalink

    Oi Luisa,
    depois que descobri seu blog e li como um livro tenho sempre passado por aqui…e quando soube que pode existir uma chance de ir para Milão pensei na hora em pedir dicas para você.
    meu namorado vai a trabalho em julho e estamos pensando em passar mais uma semana por lá, mas não em Milão e sim em algum lugar próximo, como é só uma semana não queria gastar o tempo em aeroportos. O que você recomenda?

    Reply
  • 05/06/2008 at 09:15
    Permalink

    Olá Carla

    Uma semana perto de Milão dá pra ver bastante coisa interessante… Você só terá o trabalho de escolher…
    Tem a região dos lagos, que é linda e fica a apenas 1 hora de distância; Veneza, que dispensa comentários e, no caminho ainda dá pra passar por Verona. Se quiser ir pouco mais longe, as Cinque Terre, ou a Toscana. Se quiser fugir da Itália também dá, a Suiça e a França estão bem perto.

    Como eu disse, o difícil vai ser só escolher 🙂

    Bjs

    Reply
  • 05/06/2008 at 14:18
    Permalink

    Ih Luisa foi por isso mesmo que pedi sua ajuda…vi que tinha um monte de coisas legais pra conhecer e agora ainda tenho mais dúvidas hehehe
    O comentário entrou aqui no post de Cinqueterre justamente por ser uma das opções.
    Será que dividir o tempo entre Veneza e Cinqueterre é muito contra-mão?
    Obrigada pela atençao
    Bjos

    Reply
  • 05/06/2008 at 14:51
    Permalink

    Oi, Carla

    Se vc estiver disposta a perder quase um dia inteiro viajando, não acho que seja tããão contra-mão assim… De trem acho que são bem umas seis horas de viagem.

    Mas como vc tem uma semana inteira, eu acho plenamente factível! 2 dias em Veneza e 3 ou 4 nas Cinqueterre, dá pra conhecer tudo sem correrias, o chato é só o tempo perdido com o transporte entre um lugar e outro.

    Sinceramente, se eu tivesse que escolher o que fazer com o namorado no norte da Itália em uma semana, escolheria Veneza e Cinqueterre, mesmo com o transporte demorado.

    Bjs

    Reply
  • 05/06/2008 at 21:36
    Permalink

    Valeu Luiza!!!
    Era de um empurrão desses que precisava pra começar a planejar a viagem.
    Agora só falta a cara de pau pra pedir dias pro meu chefe. Torça por mim!!!
    Bjos

    Reply
  • 08/06/2008 at 22:42
    Permalink

    Carla, não vai ser por falta de torcida! O chefe não pode negar uma viagem dessas, né?

    In bocca al lupo!

    Bjs

    Reply
  • 07/07/2008 at 02:56
    Permalink

    Oi Luisa,

    Eu e minha esposa estamos planejando essa viagem, exatamente como vocês fizeram, foi até coincidência achar seu blog. A idéia é ir de trem de Milão até Portovenere, ficar 3 dias conhecendo tudo, e no quarto dia alugar um carro para subir a costa até Genova. Vamos parar em Portofino e Sta Margherita Ligure no caminho.

    Vc acha Setembro uma boa época? As estradas são muito sinuosas e perigosas? Ou vc aconselha fazer trem de Portovenere até Ligure?

    Obrigado!

    Reply
  • 07/07/2008 at 16:01
    Permalink

    Oi, Bernardo

    Que delicia de viagem! Eu acho setembro muito bom, pq esta calor e a confusao da alta temporada (agosto) acabou! Perfeito!

    As estradas sao sinuosas, sim, mas nao acho que sejam perigosas. Claro que prudencia é sempre bem vinda!

    Eu sou meio suspeita com relaçao a viagens de carro! Adoro a autonomia que o carro proporciona e, como eu nunca paro numa cidade sò, costumo eleger o carro como meu meio de transporte.

    Se vc for desbravar toda a regiao, e tem planos de ficar hospedado em um lugar, jantar em outro, passear em um terceiro, eu acho o carro indispensavel.
    Se o objetivo for unica e exclusivamente curtir um lugar e de vez em quando fazer deslocamentos para outros, convem usar o trem, pois o carro sò vai te atrapalhar (é um inferno achar estacionamento)

    Bjs

    Reply
  • 10/07/2008 at 16:18
    Permalink

    Olá Luisa, estou cada minuto mais encantada com seus histórias…estive ano passado em Cinque Terre…mas pegamos chuva e muito!!! Tentei colocar sabão na janela do hotel…mas não deu certo!!!
    Mas espero voltar em breve!!!
    Vc acha q é possível fazer bate-volta de Roma a Positano e de Roma a Cinque-Terre?!
    Queria fazer uns QGs sabe?! hehehe Mas cho que fica um tanto puxado…Ah, Luisa, onde podemos pegar esse barco hop on hop off interessantíssimo?! Vc foi em fevereiro pra lá?! Aliás estava fazendo muito frio por aí em fevereiro e março?!
    Obrigada mais uma vez!!!
    beijos

    Reply
  • 11/07/2008 at 11:30
    Permalink

    Olà Adriana

    Eu gosto de montar QGs também, mas eu to achando que vc tà querendo abraçar a Italia com as pernas.
    Tà certo que é um pais pequeno, mas, pelo menos pra mim, um bate e volta pra ser bem aproveitado deve ser feito de modo que se passe mais tempo no destino do que na estrada… De vez em quando dà pra fazer umas loucuras, mas acho que vc està exagerando…
    Se vc me disser quanto tempo vc tem disponivel e quais sao suas prioridades, posso te ajudar melhor.

    Bjs

    Reply
  • 11/07/2008 at 14:23
    Permalink

    Olá Luisa, vc tem toda razão!!!! Eu teria em torno de 13 a 14 dias na Italia…ainda não sei bem o período mas seria em março ou julho…Em março faz muito frio por aí?! Sei que o melhor seria ir a partir de abril, início da primavera, certo?!
    Gostaria de ficar uns 6 dias em Roma e depois rodar pelas regiões…Ano passado qdo fui com a Europamundo, fizemos um bate-volta Roma – Pompéia- Capri…foi uma loucura sem dúvida, mas valeu a pena!!! Talvez fosse melhor ir de trem até Napoles e de lá pegar alguma embarcação que fosse até a Costa Amalfitana ou algum outro transporte?!
    Já Cinque Terre fica próximo a Gênova certo?! Acho que fizemos esse percurso ano passado…enfim estou apenas divagando, sonhando muito com esta próxima viagem…já até comentei que deixaria de lado a Costa Amalfitana para pegar um cruzeiro de 3 ou 4 dias pela Grécia saindo de Veneza…enfim, as possibilidades são inúmeras certo?!
    Eu tenho tanta vontade mas tanta que é inevitá vel querer abraçar a Itália com os braços, com as pernas…hahahaha
    Ah não esqueça de me passar a dica do barco hop on hop off entre as Cinque Terre ok?! Mesmo que não vá pra lá nesta viagem, eu quero guardar no meu bloquinho de dicas!!! hehehe
    Obrigada pela atenção Luisa!!!!

    Reply
  • 11/07/2008 at 21:02
    Permalink

    Olá!
    Adorei as suas fotos, pq de uma certa forma procuro alguém que possa me ajudar a encontrar respostas…
    Pesquiso sobre memória genética…. Tive um sonho com uma igreja e ela é muito parecida com a Capela de San Pietro, quero ter a certeza de que o que vi no sonho realmente aconteceu…
    Por favor, você sabe alguma história relacionada sobre a capela?
    Algo sobre os padres daquela igreja…
    Por favor, se tiver alguma informação aguardo um retorno.
    Tem uma cabeça dentro de uma caixa de vidro,
    fica próxima ao altar… de quem é?

    Meu e-mail: cryska@terra.com.br

    Aguardo um retorno e serei muito grata!.

    Abraços,
    Catherine

    Reply
  • 21/07/2008 at 10:21
    Permalink

    Oi Adriana,

    Desculpe nao ter te respondido antes, estava viajando (pra variar! 🙂 )
    A primavera é sem duvida a melhor época para visitar a Italia, mas o tempo anda meio maluco por aqui… Esse ano, choveu muito entre maio e junho… Vai entender…
    Com relaçao ao barco hop on hop off, bom… o plano inicial era fazer as Cinque Terre a pé ou de trem, mas acabamos “topando” com essa possibilidade de passear de barco meio sem querer, entao nao tenho muitos dados para te dar . Achei o site do barco que usei: http://www.navigazionegolfodeipoeti.it/index.php
    Mas é sò passear pelo “porto” de Portovenere que voce encontra esse barco, e se nao encontrar, qq um ali te informa. é super facil!
    Bjs

    Reply
    • 04/02/2011 at 15:08
      Permalink

      oi, vc sbe onde ficam as estaçoes de trem , pra eu ir de uma cidade a outra em cinque terre ?

      Reply
      • 13/02/2011 at 09:55
        Permalink

        Oi Jose Carlos
        No Google Maps vc encontra todas elas!
        Bjs

        Reply
  • 15/08/2008 at 04:20
    Permalink

    Ola !
    Estou planejando uma viagem com meu marido e meus pais ( que ja tem 65 e 69 anos). vc que ja esteve nos dois..o que acha melhor para fazermos com eles ? cinque terre ou costa amalfitana ? Estamos programando de ir sem setembro. e uma epoca boa ? ou ainda muito cheia ? Obrigada

    Reply
  • 22/08/2008 at 14:35
    Permalink

    Foi muito interessante achar esse seu site, justamente quando estava querendo ir para Cinque Terre, estava querendo não, vou amanhã com meus filhos, depois das suas dicas. Obrigado

    Reply
  • 26/08/2008 at 13:43
    Permalink

    Ola Cristiana

    Setembro è uma època bem boa, tà cheia, mas nao tanto.
    Qual è a melhor è mais dificil de responder pq nas Cinque Terre, o legal è caminhar de uma terra a outra e nao sei se seus pais tem essa disposiçao para caminhadas. A costa amalfitana nao exige tanto esforço e tem um visual de tirar o folego, mas è fraquinha de praia…

    Se vc me disser quais sao as suas prioridades numa viagem, posso te ajudar melhor.

    Bjs

    Reply
  • 26/08/2008 at 13:56
    Permalink

    Ola Beth

    Fico feliz que vc tenha gostado do blog e tenho certeza de que seus filhos vao adorar as Cinque Terre!

    Bjs

    Reply
  • 04/09/2008 at 20:16
    Permalink

    Luisa

    Estou vasculhando a internet sobre Cinqueterre pois irei em novembro.

    Você sabe se esses barcos que disse que saem como se fosse ônibus funcionam nessa época?Pois já será quase inverno e sei que algumas companhias de barcos pequenos param de funcionar.

    Lindo relato, me ajudou demais.

    Reply
    • 23/03/2011 at 16:02
      Permalink

      Olá Rosangela, pretendo ir também em novembro deste ano, você foi? os barcos funcionam no “quase” inverno? Onde ficou hospedada? Obrigada.

      Reply
  • 12/11/2008 at 03:08
    Permalink

    Bom poder partilhar as sensações com outras pessoas que puderam sentir um pouquinho estes lugares…
    …mais que maravilhosos e encantados.

    Reply
  • 18/11/2008 at 20:35
    Permalink

    Oi Betho,

    Bom mesmo! Seja bem vindo ao blog!

    Bjs

    Reply
  • 04/02/2009 at 12:17
    Permalink

    Oi Luisa! Seu blog me caiu nas mãos no momento perfeito, quando estou planejando uma viagem pra Italia em junho. Em matéria de praia – não precisa ser areia branca, não tenho essa ambicão, hehehe – mas que seja uma água transparente que dê um bom mergulho, seja de pedregulhos, pedras, areia preta, o que for… tem em Cinque Terre? Ou Portovenere? Ou onde? Muito grata, bjinhos!

    Reply
    • 04/02/2009 at 21:22
      Permalink

      Oi Flavia,
      Se vc não for muito exigente com praias, nas Cinque Terre e de um modo de geral, na costa da Liguria, vc encontra umas praias pra brincar.
      Pergunta pro seu hotel o que eles sugerem ou se eles tem alguma praia privada, pois na Italia, as melhores praias são privadas. As públicas são sempre muito cheias e sem estrutura. Se tiver com uma graninha a mais, pense na possibilidade de fazer um passeio de barco pela costa ligure, acho mais legal do que ficar parada numa praia.
      Bjs

      Reply
  • 08/05/2009 at 04:50
    Permalink

    Estive c/ meu marido em Cinque Terre a 3 anos atrás,e foi uma das melhores descobertas da minha vida!É maravilhoso,é encantador,só vendo p/ sentir.Fiquei hospedada em Riomaggiore,no hotel Ca Dei Duxi(nao me lembro mais como se escreve),bonzinho,sem nenhum luxo.Tiramos um dia p/ fazer o percurso todo das 5 terres a pé(coisa de turista,mas nao me arrependo!).Levamos 6 horas p/ terminar,confesso que pensei em desistir várias vezes,mas continuei firme,e a cada vez que olhava a inebriante paisagem atrás de mim e a minha frente,agradecia baixinho pela oportunidade de estar lá!Voltamos de trem,levamos talvez 15 minutos!!!!Mas nada se compara a experiencia vivida.Jamais farei este percurso novamente,mas certamente em setembro estarei lá novamente.Um destino p/ ser descoberto muitas e muitas vezes.

    Reply
    • 09/05/2009 at 13:17
      Permalink

      Oi Christiana,
      Vc percorreu tudo a pe! Corajosa! Eu fiquei curiosa pra faze-lo, mas a preguica foi mais forte… Quem sabe um dia…
      Como vc disse é um destino pra ser descoberto muitas e muitas vezes!
      Bjs

      Reply
  • 13/05/2009 at 15:16
    Permalink

    Fantástico!
    Vocês me convenceram, estou indo para lá no final de junho.

    Pretendo fazer o trajeto a pé.

    Qual o melhor sentido (menos cansativo, subidas etc)? Pois já não sou mais um garotão.

    Qual o melhor trecho para fazer por barco? Como funciona?

    Muito Obrigado

    Lucio

    Reply
    • 14/05/2009 at 13:24
      Permalink

      Oi Lucio
      Se vc tem disposição e gosta de andar, vai ser uma experiencia incrivel!
      Eu fiz só 2 trechos a pé, os mais curtos e mais faceis, então não se te dizer qual o melhor sentido.
      De barco, todos os trechos são lindos! Qualquer que seja o sentido, dá pra ir a pé e voltar de barco!
      Boa viagem!

      Reply
  • 19/05/2009 at 18:12
    Permalink

    é a primeira vez que estou neste site e acho as vossas experiências fantásticas. Já tenho viagem marcada para setembro. gostava que me enviassem mais informação sobre os trilhos, a viagem de barco e o seu preço e como chegar de carro.
    Obrigada

    Reply
    • 21/05/2009 at 12:52
      Permalink

      Oi Anita
      Obrigada!
      Jà faz algum tempinho que fui para as Cinque Terre pela ultima vez. Ando desatualizada…
      Da uma olhada no site do barco e no site da Trenitalia que vc pega informaçoes oficiais e atuais!
      Bjs

      Reply
  • 30/05/2009 at 18:19
    Permalink

    muito lindo e amei conhecer Portovenere. Sua matéria esta de parabens e com belas fotos.

    Reply
    • 08/07/2010 at 09:45
      Permalink

      Obrigada pela visita e pelo comentario, Ana!
      Seja bem vinda ao blog!
      Bjs

      Reply
  • 02/09/2010 at 21:16
    Permalink

    Oi Luisa,

    Estou me planejando para ir a Cinque Terre em setembro. Você lembra o hotel que ficou em Portovenere? Procurei albergues ou hostels, mas não encontrei. Obrigada!!

    Reply
    • 07/09/2010 at 09:46
      Permalink

      Oi Helena
      Se vc esta procurando hostels e albergues, nao vou nem indicar o hotel que eu fiquei… Foge ba$$tante do conceito que vc esta procurando.
      A ultima vez que fui a Cinque Terre, estava com uma amiga e nos ficamos em Levanto, uma cidadezinha ali perto com hoteis bons e bem mais baratos que nas Cinque Terre propriamente dita…
      Bjs

      Reply
  • 28/02/2011 at 16:58
    Permalink

    Bom dia, Luisa!
    Conhecer este espaço foi verdadeiramente maravilhoso. Vamos à Italia ( eu, meu marido e duas amigas ) em abril. Roma, Florença ( algumas cidades proximas) e nos ultimos 4 dias em Cinque Terre. Estavamos em dúvida em qual das “cinque” ficar mas lendo suas informações, decidimos ficar em Portovenere. Um grande abraço. Amei o seu blog.
    Vera

    Reply
  • 23/03/2011 at 16:06
    Permalink

    Bom dia Luisa,
    Você poderia dar dicas de hoteis em Portovenere? Sei que foge deste post, mas o que vc recomendaria para conhecer na Toscana? Devo ir em Novembro deste ano. Obrigada.

    Reply
    • 03/05/2011 at 18:48
      Permalink

      Oi Franciane
      Eu fico sempre no Grand Hotel Portovenere por causa da localizaçao.
      Bjs

      Reply
  • 16/08/2011 at 13:35
    Permalink

    Oi Luisa,
    Estou adorando seu blog!
    Esta me servindo bastante de inspiração para meu roteiro de viagem ao norte da Itália.
    Quando voce vai de carro para Portovenere vocês estacionam aonde? Estou pensando em ficar la. Achei aquela vista incrível!! E Nao achei nada bom nas cinque terre de hospedagem. No entanto eles Nao tem garagem no hotel Ne… Como vocês fazem?

    Obrigada,
    Bjs

    Reply
    • 25/09/2011 at 11:35
      Permalink

      Oi Manuela
      Bem do lado do hotel tem um estacionamento fechado a pagamento.
      Quando nao achamos vagas na rua, deixamos nesse estacionamento.
      Bjs

      Reply
  • 13/10/2011 at 00:37
    Permalink

    Oi Luisa,

    Muito bom o seu blog, muito inspirador! Será que você poderia nos ajudar?
    Eu e minha esposa iremos para a Itália em maio do ano que vem e teremos 11 dias(contando o dia da chegada e saída). Nós queriamos conhecer a região dos lagos e a costa da liguria(cinque terre, portofino). O que você nos sugere?
    Muito obrigado,
    Vinicius

    Reply
    • 13/10/2011 at 13:22
      Permalink

      Oi Vinicius
      Inicio de maio ou final de maio? Eu nao vou com muita frequencia à regiao dos lagos, mas atè onde eu sei, a temporada por ali começa em maio, entao se for no começo do mes, tem a chance de pegar algumas coisas ainda fechadas. Sugiro que vc selecione exatamente o que vc faz questao de ver/fazer e se informe antes de se organizar para nao correr o risco de dar com a cara na porta.
      Bjs

      Reply
  • 13/10/2011 at 14:53
    Permalink

    Oi Luisa,
    Eu estaria indo no final de maio. Minha idéia é ir direto do aeroporto de Milão para Bellagio no Lago Como. Ficar 3 dias e depois ir para Stresa no Lago Maggiore, e de lá descer para conhecer as cinque terre e arredores. A minha dúvida maior é na logistica, se é melhor fazer de trem ou de carro.

    Reply
    • 13/10/2011 at 15:12
      Permalink

      Final de maio è perfeito! E Bellagio è a minha cidade preferida da regiao! Linda demais, vc vai amar!
      Eu usaria o carro para a regiao dos lagos e para ir atè Liguria. Mas è pq eu nao dou conta de ficar sossegada num lugar sò e gosto da flexibilidade que o carro me dà se eu inventar de jantar na cidade vizinha por exemplo. Na Liguria eu devolveria o carro e faria tudo de trem, acho mais rapido e mais tranquilo.
      Bjs

      Reply
  • 13/10/2011 at 18:21
    Permalink

    Obrigado Luisa,
    Mas eu ainda tenha uma dúvida, eu peguei o carro e dirigi até Bellagio. E depois não faço todos os passeios de barco? Aí eu deixaria o carro parado durante minha estada? Será que tem um lugar para eu deixar o carro estacionado esse tempo todo?
    Obrigado pela ajuda!

    Reply
    • 14/10/2011 at 11:36
      Permalink

      Oi Vinicius
      Depende o que vc entende com “todos os passeios”. Se vc tem a intençao de ficar sempre em Bellagio e durante o dia fazer os passeios de barco nos arredores, o carro nao serve mesmo. Se ao contrario, vc tem a intençao de se movimentar pela regiao com mais liberdade, principalmente a noite, o carro, na minha opiniao, è fundamental. O barco para passear de dia è excelente, jà como meio de transporte è meio lento (para os meus parametros, pelo menos). Por exemplo, de Bellagio pra Como com o barco mais rapido (e consequentemente mais caro) vc gasta uns 40 minutos de viagem, o mesmo tempo se fizer a viagem de carro, sem ter a aporrinhaçao de se adaptar aos horarios deles (entra no site http://www.navilaghi.it pra ver os horarios). Ah, e se vc tiver problemas para dirigir em estradas estreitas, com curvas e no alto, è melhor evitar o carro tb. Mas, como eu disse, depende do tipo de viagem que vc pretende fazer.
      Com relaçao ao estacionamento, nas duas vezes que fui a Bellagio de carro fiquei hospedada no hotel Villa Serbelloni e eles se ocupavam do carro, nao precisei me preocupar com esse “detalhe”, entao a melhor coisa a fazer è perguntar pro teu hotel se eles tem estacionamento e o que eles sugerem.
      Bjs

      Reply
  • 14/10/2011 at 15:55
    Permalink

    Oi Luisa,
    Obrigado pela excelente e detalhada resposta. De carro será então! =) Já dirigi na Toscana e na Sicília e foi recompensador.

    Se não for pedir muito, você poderia me dar sugestões de passeios próximos e principalmente de onde eu poderia ir a noite(indicação de restaurante).

    Mais uma vez obrigado pela sua disposição e tempo que você vem me dedicando.
    Bjs.

    Reply
    • 21/10/2011 at 10:57
      Permalink

      OI Vinicius
      Um itinerario de carro bem famoso e bem bonito na regiao è o que vai de carro de Como a Menaggio passando por Cernobbio e Tremezzo. Fazendo um desvio de uns 10km no meio do caminho tem um restaurante estrelado (La Locanda del Notaio) que, quando eu fui, hà muuuuuito tempo, era super bom.
      Prefiro nao indicar outros restaurantes pq faz muito tempo que nao vou praqueles lados, mas costumo usar o guia michelin e nunca me decepcionei com os restaurantes indicados.
      Bjs

      Reply
  • 18/01/2012 at 02:49
    Permalink

    Luisa, só para ver se eu entendi, vocês ficaram hospedados apenas uma noite e fizeram toda a Cinque Terre em um dia? Outro ponto, como chegar da Toscana em Portovenere? Obrigada

    Reply
    • 18/01/2012 at 14:06
      Permalink

      Oi Anya
      Na verdade, quando vou pra là, costumo ficar hospedada 2 noites, pra ter pelo menos 1 dia inteiro a disposiçao e mais meio dia livre, se precisar…
      Como moro em Milao, costumo ir para essa regiao de carro…
      Bjs

      Reply
  • 02/02/2012 at 01:57
    Permalink

    Muito legal esse texto!
    Uma coisa, você conheceu Bonassola? Ouvi falar que é um dos locais mais bonitos da região e o melhor para fazer uma estadia!! estou decidindo onde ficar em cinque terre e estou cheio de dúvidas!!!

    Reply
    • 02/02/2012 at 18:34
      Permalink

      Conheci, nao, Filipe…
      Tem tanto lugar bonito por ali que realmente fica dificil escolher!
      A vantagem è que qualquer lugar que vc escolher vai ser bonito! 😉
      Bjs

      Reply
  • 02/02/2013 at 16:29
    Permalink

    Olá adorei a sua história, estamos indo para a Itália neste mês exatamente dia 16/02/2013, vamos para veneza, existe alguma conecção via trem para cinque terre?
    Agurdo sua resposta, obrigada
    Cecilia

    Reply
  • 07/07/2013 at 17:15
    Permalink

    Nossa, que delícia esse post!!!

    E você está certa: as trilhas comecam a ficar mais íngremes entre Manarola e Corniglia. Ainda pior é entre Corniglia e Vernazza. Depois de fazer essa trilha, desistimos de fazer a trilha entre Vernazza e Monterosso al mare. Ahuahuahuahua

    Muito obrigada pelas dicas. Algumas eu nao conhecia (como é o caso de Portovenere). Veremos na nossa próxima viagem. 😉

    Já adicionei seu blog aos meus favoritos. Muito bom!!!

    Reply
  • 31/03/2014 at 00:36
    Permalink

    Olá! Vou em setembro passar 2 semanas na Itália em lua de mel. Penso em passar 2 noites na região das cinque terre. Vale a pena ficar em uma das terre ? Qual delas? Vejo que a maioria das pessoas escolhe uma base fora das terre, qual seria o motivo? Obrigada!

    Reply
    • 11/04/2014 at 14:14
      Permalink

      Oi Paula
      Acredito que seja por uma questao de preço e de comodidade.
      Os hoteis nas 5 terre costumam ser mais caros e, como vc nao consegue entrar com o carro na cidade, provavelmente vc vai ter que carregar sua mala por um bom pedaço de estradinhas ingremes.
      Eu gosto de ficar em Porto Venere, que è super bonita e romantica e tem um barco que faz o “leva e traz” atè as 5 terre, e a vista das terre a partir do mar è um desbunde!
      Bjs

      Reply
  • 12/07/2014 at 22:35
    Permalink

    Oi, Luisa. Adorei suas dicas e queria muito ficar em Portovenere, porém, não estou encontrando um bom hotel… Você teria alguma dica para me dar? um beijo!

    Reply
    • 02/09/2014 at 13:35
      Permalink

      Oi Rosana
      O hotel que eu costumava ficar parece que fechou.
      Tambem estou orfa de hotel em Portovenere!
      Bjs

      Reply
  • 20/08/2014 at 14:10
    Permalink

    Bom dia Luiza, estou por aqui lendo tudo sobre Cinque Terre e Croácia, parabéns pelo carinho como vc escreve e descreve tudo.
    Queria te perguntar uma coisa , chegarei em Milão as 6h tarde e no dia seguinte já as 8 pego um trem para Cinque Terre, não conheço Milão e somente na volta da Croácia vou conseguir ficar um dia inteiro.Acredito ser melhor na ida estar perto da estação de trem e na volta ficar mais Central não???Você me recomendaria um Hotel tipo bom custo benefício já que é realmente só para dormir .Obrigada abs

    Reply
    • 02/09/2014 at 13:30
      Permalink

      Oi Ana Paula
      Como eu moro em Milao, nunca precisei de hoteis por aqui, entao nao posso recomendar nada.
      Bjs

      Reply
  • 15/01/2015 at 22:49
    Permalink

    Preciso de ajuda, estou na fase de compra das passagens de trem, há possilidade de ir de Florença à Portovenere e depois de visitar as Terres ir para Roma? Caso não exista estação de trem em Portovenere, qual é a melhor opção? La Spezia?

    Obrigada!

    Gilcea

    Reply
    • 15/01/2015 at 23:04
      Permalink

      Oi Gilcea,
      Em Portovenere nao tem estaçao de trem, o mais facil è ir pra La Spezia e de là pegar um onibus. Se nao me engano a linha 11
      http://www.atcesercizio.it
      Bjs

      Reply
  • 26/02/2015 at 23:08
    Permalink

    Luisa,
    Excelente seu post, e foi o único que combinava com minha ideia de montar base em Portovenere para visitar as 5 terre!
    Eu e minha esposa iremos a Bolonha no final do mes que vem (março) e teremos 3 dias de folga para visitar as Terre. Além do barco, voce sabe se é possivel e viável visitar as Terre de carro?
    Desde já, agradeço sua atenção.
    Obrigado

    Alessandro

    Reply
    • 27/02/2015 at 23:44
      Permalink

      Oi Alessandro,
      Da sim pra visitar de carro, mas vc vai perder muito tempo e talvez não consiga visitar todas as terre. As estradas são estreitas e lentas e durante a alta temporada muuuito cheias, não sei como estará o tráfico em março. Uma alternativa seria ir de carro de Portovenere ante uma das terre, estacionar e rodar de trem pelas outras.
      Bjs

      Reply
  • 13/03/2015 at 01:04
    Permalink

    Olá, entrei no link que vc mencionou acima para ver os horários de onibus de La Spezia até Portovenere, mas confesso que não consegui entender nada, ou se entendi, todos são pela manhã. Acontece que chegarei em La spezai por voltas das 20h e preciso ir para Portovenere, onde me hospedarei. Podes me informar se há onibus nesse horário? Muito grata!

    Reply
    • 17/03/2015 at 11:19
      Permalink

      Oi Paloma,
      Primeiro voce tem que ver se voce vai em dia util (feriale) ou de final de semana (festivo) e dai na tabela de horarios voce tem que procurar por La Spezia na coluna vertical e ver o horarios atè Portovenere. Sao 4 paginas de horarios, de manha e a noite. A tarde è que nao vi muita opçao.
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *