Pythagorion

Em homenagem a Pitagoras, uma das principais cidades de Samos se chama “Pythagorion”, uma cidade sem muitos atrativos, mas que possui um porto com uma atmosfera incrivelmente refinada.

Samos6

Eu nunca pensei que um dia pudesse colocar numa mesma frase as palavras “porto” e “refinado”, mas os cafés e bares que tem ali juntamente com os iates e os barcos coloridos de pescadores conseguem esse efeito.

Samos2

Mas o que o porto tem de bonito e agradável, o resto da cidade tem de desinteressante. Uma avenida principal, com as principais lojas da cidade, como toda boa cidade do interior, a sempre presente igreja e os restos da fortaleza de Licurgo.

Samos3

A fortaleza foi construida em 1824 por Licurgo  Logothetis (que nao tem nada a ver com o legislador Licurgo de Esparta, como eu achava…), que comandou os habitantes de Samos na revolta contra o Imperio Otomano, na guerra de independencia.

Samos1

A partir dessa fortaleza, seguiam-se os muros da cidade até o Tunel de Eupalino. Localizado já fora da cidade, este tunel é um aqueduto construido por volta de 530 antes de Cristo a fim de fornecer agua potavel a entao caotica capital de Samos e foi o maximo da tecnologia da epoca, pois foi aberto por ambos os lados até se encontrarem no meio.

Samos8

Hoje tem uma parte desse tunel aberta para visitacao, mas quem estiver acima do peso, ou for claustrofobico, convém deixar a visita para lá. O tunel é acessivel com uma escada estreitissima e continua estreito e baixo por um bom tempo até que se alarga um pouco.

Samos9

Nao consegui descobrir se esse alargamento era aquele previsto nos calculos de Eupalino para garantir que as duas “escavaçoes” do tunel se encontrassem no meio, mas acredito que sim. 

Infelizmente a moça da bilheteria nao possuia nenhum folheto explicativo e ingles nao era o seu forte . Alem disso, o nosso “guia” foi um menino tagarela de uns 8 anos, o unico que cabia sem problemas no tunel e provavelmente o filho da moça da bilheteria. 

Samos7

Foi divertido, apesar de nao ter sido de muita ajuda, ele nos seguiu durante todo o percurso e nao parou de falar em grego um minuto! Vai saber sobre o que ele falava…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

19 thoughts on “Pythagorion

  • 09/06/2009 at 11:06
    Permalink

    Amei a cidade..
    Bem ao estimo de cidade de pescador..
    Os barquinhos e restaurantes deram charme..
    Mas o que deve ter sido o màximo mesmo foi o “guia”..
    Imagino fazer um passeio sem entender nada, e o tagarelinha não parando de falar um minuto é dose.. hehe..
    =)

    Reply
    • 08/07/2009 at 21:36
      Permalink

      Oi Martinha
      O guia foi muito engracado. Nao parava de falar e ainda fazia de cara de inconformado quando a gente nao respondia a alguma pergunta… É mole?
      Bjs

      Reply
  • 10/06/2009 at 00:18
    Permalink

    Tuneis e escadas estreitas não são para mim…agora o porto sim,muito bonito!Com toda aquela luminosidade e o colorido dos barquinhos deve ter sido bem agradável passear por ali…

    Bjs

    Reply
    • 08/07/2009 at 21:39
      Permalink

      Oi Margarida,
      O porto era uma delicia. Eu poderia passar um tempao naqueles bares, tomando uma cervejinha e vendo a vida passar!
      Mas eu nao tenho problemas com tuneis e escadas estreitas… Só nao passaria o mesmo “tempao” ali… 😉
      Bjs

      Reply
  • 15/06/2009 at 18:02
    Permalink

    Olá, Luisa.
    Parabéns pelo blog, ele é muito interessante! E que lugar mais lindo!
    Gostaria de propôr uma parceria para você – para qual email posso mandá-la?
    Obrigada! E uma ótima semana ^^

    Reply
  • 17/06/2009 at 20:12
    Permalink

    Ui, também morro de medo de túneis. No Egito quase tive um ataque ao entrar nas Pirâmides (tudo claustrofóbico e estreitinho)! Mas as fotos continuam dando um show e enchendo a gente de vontade de seguir seus passos! Bjs!

    Reply
    • 08/07/2009 at 21:51
      Permalink

      Oi Silvia
      Olha o furo no meu curriculum: nunca fui pro Egito! Que feio, né? Mas pelo menos acho que nao vou ter problemas com as piramides quando for pra lá… 😉
      Bjs

      Reply
  • 30/06/2009 at 03:11
    Permalink

    Olá
    Sou a Gisela, jornalista capixaba morando em Curitiba.
    Estou lançando um novo projeto na internet e gostaria de te convidar para participar da equipe. Se quiser mais detalhes, me mande um email – gisela.garcia@gmail.com.
    Obrigada, abraço
    Gisela

    Reply
  • 30/06/2009 at 12:01
    Permalink

    Bom dia,

    Excelentes posts por aqui. Avisando que nós mudamos de endereço. Atualize o Feed e a barra lateral do seu blog para http://nostrosito.net e se possível colocar o título como “Cultura Européia”

    Vamos continuar com a parceria. Abraços!

    Reply
    • 08/07/2009 at 22:04
      Permalink

      Oi Thyago,
      Já fiz as devidas alteraçoes.
      Parabens pelo blog!
      Bjs

      Reply
  • 30/06/2009 at 19:39
    Permalink

    oi! queria saber qual o teu contato de e-mail. brigada

    Reply
    • 08/07/2009 at 22:06
      Permalink

      Oi Nathy,
      Vc poderia me antecipar o assunto?
      Bjs

      Reply
  • 30/06/2009 at 20:15
    Permalink

    Olá!!
    Seus relatos sobre a Rússia são ótimos.
    Minha irmã chegou ontem lá, vai passar meses em Kursk estudando. E vai conhecer outras cidades tbm no decorrer do tempo. Seus posts contém dicas preciosas.
    Abraço

    Reply
    • 08/07/2009 at 22:07
      Permalink

      Oi rodrigo
      Obrigada e sucesso para a tua irma na Russia!
      Bjs

      Reply
  • 04/07/2009 at 03:19
    Permalink

    Luiza!!!

    Realmente é uma surpresa um porto refinado. Mas venhamos que ficou um charme essa mistura né? Com aquelas casinhas pinduradas e emolduradas no fundo, é um belo cenário para um bom happy hour…

    A cerveja de lá é boa? Hummm…

    Beijos

    Reply
    • 08/07/2009 at 22:12
      Permalink

      Oi Carol,
      Naquele porto lindinho, até cerveja ruim fica boa! 🙂
      To brincando! Eu nao sou muito chegada em cerveja, mas ali eu tomei algumas com gosto… Nao sei se era a cerveja que era boa, ou se a atmosfera que era propicia…
      Enfim… 🙂
      Bjs

      Reply
  • 11/12/2012 at 14:26
    Permalink

    Parabéns mais uma vez!!

    Acompanhei todos os seus posts e vejo que você fez um ótimo trabalho!
    Eu não conhecia essa cidade que você citou, mas como amante de História e conhecimento irei acrescentar esse lugar “dedicado” a Pitágoras na minha lista de viagens!

    Tudo de bom!

    Thamires.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *