Safaris por terra, ar e agua

Parque Nacional na Tanzania e o que nao falta e fica atè dificil de escolher qual visitar. No inicio a empolgaçao toma conta e dá vontade de incluir todos no roteiro.  Mas em seguida vem a duvida: Serao todos iguais? Os mesmos elefantes e girafas que vou ver em um, vou encontrar no outro? Vale a pena visitar mais de um??

parque kili1

Vale!!! Mas tem que saber escolher, senao a chance de cair na mesmice é realmente enorme! Nós passamos por 4 parques nacionais e cada um com suas caracteristicas e pontos de força.

KILIMANJARO NATIONAL PARK – A PÉ!

Confesso que a minha ida ao Kilimanjaro National Park foi mais curiosidade de ver de perto o famoso vulcao do que qualquer outra coisa. E juntando a curiosidade àquela velha historia: “Já que o aeroporto por onde chegamos era o “Kilimanjaro International Airport”… Já que estavamos ali pertinho… Por que nao aproveitar?”

parque kili2

A visita foi super interessante, pois foi nosso primeiro contato com a vida selvagem. Além de ver muitas girafas, zebras e antilopes de todos os tipos, topamos com manadas e manadas de elefantes, familias inteiras passeando como se nós nao existissimos, tomando banho num laguinho, comendo tranquilamente, se coçando em arvores…

Esse parque foi onde mais vimos elefantes. Em nenhum outro parque vimos tantos assim, tao perto e tao “nem-aì” pra gente! E também foi o unico parque onde fizemos um safari a pé.

parque ngoro4

È incrivel! Alem da emoçao de caminhar perto dos bichos, e se sentir muito vulneravel por isso, teve tambem a parte cultural (o real objetivo do safari a pé), em que o nosso guia nos mostrava e nos ensinava como interpretar os vestigios deixados pelos animais, de pegadas a folhas mastigadas, passando, é claro, por todos os tipos de fezes.

parque ngoro1

Mas na realidade, ninguem vai ao Kilimanjaro NP para ver vida selvagem, (embora ela exista em abundancia), a atraçao maior do parque é fazer trekking no Kilimanjaro, a montanha mais alta da Africa e uma das vistas mais espetaculares de todo o continente:  um calor infernal do Equador e neve no topo (infelizmente, dizem as pesquisas que de 1912 até hoje, a neve diminuiu em 80% e que até 2020 não existirá mais…).

parque ngoro7

Como trekking nao faz meu estilo, fiquei contente com os animais que vi e com os safaris a pé que fizemos… Uma pena que ver o Kilimanjaro que é bom… Nada! As nuvens nao permitiram…

NGORONGORO CRATER – NA CRATERA DO VULCAO!

O fantastico desse parque é que ele esta localizado numa caldera. A mesma coisa que aconteceu em Santorini – erupcao vulcanica seguida de desmoronamento do topo do vulcao e formacao da caldera – aconteceu em Ngorongoro, mas como Santorini é uma ilha, a cratera se encheu de agua. Em Ngorongoro, ao contrario, a cratera ficou seca e os animais a adotaram como casa.

parque ngoro3

 A paisagem desse parque é inacreditavel, as bordas da caldera sao bem definidas e bem visiveis e dá a impressao de estarmos entrando em uma grande “panela”. Em nao bastando, esse é o parque com a maior densidade demografica de predadores do mundo.

parque ngoro5

Aliás, Ngorongoro chega quase a ser um jardim zoologico de tanto bicho que tem ali e que quase nao escapam por causa das “paredes” da caldera.

parque serengeti3

Nos conseguimos avistar os Big 5 em uma tarde! Inclusive o famoso, raro e arisco rinoceronte preto. (Esse nòs vimos bem de longe, mas tà valendo mesmo assim!).

parque ngoro2

O unico “senao” è que por se tratar de um espaco bem delimitado, a densidade demografica de turistas tambem è muito elevada. Basta alguem avistar um leao e jà junta uns 5 ou 6 jipes ao redor do pobre animal.

 SERENGETI NATIONAL PARK – DE BALAO!

Depois de Ngorongoro, Serengeti è o parque mais visitado da Tanzania. Mas por se tratar de uma area muito extensa, os turistas sao mais rarefeitos e, apesar da tambem enorme quantidade de vida selvagem, os animais ficam mais “espalhados” e  è preciso realmente um olho treinado para enxergar uma leoa que dorme tranquilamente na savana, depois do almoço…

 parque serengeti8

Mas Serengeti è famoso pela migracao de zebras e de milhoes de gnus, que atraversam o parque todos os anos em busca de comida fresca, nas poucas areas verdes restantes, depois que a epoca das chuvas acaba. E nesse parque acontece tambem a migracao dos turistas para os hoteis mais proximos da rota migratoria dos gnus.

parque ngoro8

A melhor maneira de avistar a migracao è do alto e, por isso, as viagens de balao em Serengeti sao concorridissimas e obrigatorias para quem visita o parque. 

parque sereng balao2

Quando estivemos em Serengeti, a migracao estava um pouco atrasada e, segundo o “piloto” do balao, nao tinha muito bicho na rota. Eu achei que tinha uma quantidade absurda de animais, nao sò de gnus e zebras, mas tambem de girafas, bufalos, antilopes… E que, mesmo sem nenhum animal, teria valido a pena o passeio mesmo assim. O nascer do sol na savana africana è demais!

parque serengeti9

Depois do passeio, quando contamos ao nosso guia que o piloto do balao havia comentado sobre a escassez dos bichos, ele se prontificou a nos levar para um lugar a 1 hora e meia de distancia de onde estavamos, para vermos os animais “atrasados”.

parque serengeti6

 Eu nunca vi tanto bicho junto!!! Eram milhares e milhares de gnus juntos, tinha gnu atè onde a vista alcancava! No meio daquela quantidade infinita de gnus pude entender a grandiosidade da migracao e o que o piloto do balao quis dizer com “poucos animais”.

parque serengeti7

SELOUS GAME RESERVE – BOAT SAFARI

Esse parque foge completamente do “estilo savana de ser” dos outros parques. Selous é cortado pelo rio Rufiji e tem 3 grandes lagos que, mesmo na estaçao seca, permanecem com agua. E com isso a vegetaçao foge do tradicional relva-baixa-seca-amarela da savana e a paisagem ganha arvores mais altas, muito verde e atè os baobabs tinham folhas.

parque selous4

Talvez por conta dessa densa vegetaçao, o parque seja negligenciado pela maior parte dos turistas, pois a visualizaçao dos animais em Selous nao é tao obvia. Pelo contrario, è bem dificil diferenciar um tronco de arvore de um animal, ou deduzir que aquilo que esta se mexendo nao é uma folha no vento.

parque selous2

E por causa de toda essa agua presente em Selous, a atraçao principal do parque sao os “boat safari”. Poderia atè me sentir no Pantanal, se os animais nao fossem tao diversos…

parque serengeti4

O rio estava cheio de hipopotamos e crocodilos de todos os tamanhos e, nas margens vimos milhares de passaros aquaticos pescando, macacos brincando e outros animais que apareciam sò para saciar a sede. E isso tudo com o sol se pondo na agua! A beleza é indescritivel!

parque selous1

E eu que achava que safari fosse tudo igual…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

31 thoughts on “Safaris por terra, ar e agua

  • 13/07/2009 at 23:52
    Permalink

    Luisa, de tirar o fôlego!!! Você utilizou uma lente 200 mm ou algo parecido, ou os animais estavam mesmo tão pertinho de ti???
    Beijos

    Reply
    • 16/07/2009 at 12:20
      Permalink

      Quem me dera, Patricia!
      Usei a minha compacta mesmo… Companheira de sempre, mas que nessa viagem nao atendeu às minhas expectativas!
      Tenho que criar vergonha na cara e comprar uma maquina decente e, quem sabe, fazer um cursozinho basico de fotografia!
      Bjs

      Reply
  • 14/07/2009 at 00:02
    Permalink

    Adorei! Não sou muito fã de bichos não…mas um safari na África é uma coisa que realmente quero fazer…mas não perderia o trekking no Kilimanjaro por nada!
    E o passeio de balão…também quero!
    Beijo

    Reply
    • 16/07/2009 at 12:22
      Permalink

      Oi CarlaZ,
      Vc curte mesmo uma aventura, ne?
      O trekking no Kilimanjaro deve ser fantastico, mas sò de pensar na possibilidade de passar 4 dias andando sem parar e dormir em barracas no meio do nada, me vem um ruim.
      Eu sou muito fresca para esse tipo de programa! 😳
      Bjs

      Reply
  • 14/07/2009 at 01:38
    Permalink

    Nossa!!! O passeio de balão parece ser incrível, mas a foto do leão ( é um leão mesmo?) de barriga p/ cima, se coçando todo, parecendo um animal fofinho está impagável!!! Muito bom!!!

    Reply
    • 16/07/2009 at 12:25
      Permalink

      Oi Guta,
      A leoa parece fofinha quando esta dormindo tranquilamente, mas quando ela resolve acordar e me olhar com aquela cara de “quem ousa me incomodar?”, o “fofinho” vai embora!
      Bjs

      Reply
  • 14/07/2009 at 14:17
    Permalink

    cada vez mais eu amoooo visitar o seu blogue…
    dá pra sonhar cada vez mais com todas essas viagens!
    Parabéns!

    Reply
    • 16/07/2009 at 12:26
      Permalink

      Brigada, Nia!
      Sinta-se sempre bem vinda!
      Bjs

      Reply
  • Pingback: Luisa na Tanzânia | Viaje na Viagem

  • 22/07/2009 at 14:49
    Permalink

    Eu também sou super fresca para trilhas, trekkings e afins, mas adorei a idéia do safári a pé… Eu nem sabia que isso existia, também achava que safári fosse tudo igual… 😉

    Reply
  • 02/08/2009 at 07:01
    Permalink

    Oi, Luisa! Vi a indicação do seus post da Tanzânia no blog do Riq e estou amando sua aventura! Aliás, tenho planejado há algum tempo fazer uma viagem similar e queria te perguntar umas coisas: sei q vc viajou com seu marido, mas vc se sentiu segura por lá? Assim, se vc fosse sozinha, vc teria medo, sei lá, de assalto, abordagens estranhas e coisas assim? E outra coisa (meio idiota): mas quando o carro se aproxima dos animais não dá medo deles atacarem?
    beijos!

    Reply
  • 04/08/2009 at 03:43
    Permalink

    Luisa!

    Não acredito que você fez o safári a pé! Por mais que eu já tenha ido à Africa, não tenho certeza se toparia caminhas entre os bichanos… já fiquei super ansiosa de carro, imagina a pé…
    Qual a sensação??? Medo???

    Sobre todo o restante do seu post… menina, tinha muito bicho mesmo ein?? Quantos Gnus…

    Beijos

    Reply
  • 09/08/2009 at 11:55
    Permalink

    Anotei todas as dicas. Q lugar MARAVILHOSO! Cada parque parece ser mais legal q o outro. Muito interessante.

    A cratera Ngorongoro está na minha lista há tempos, desde que vi um documentário da National Geographic (sempre eles…) sobre o comportamento dos leões ali. Fantástico.

    Adorei seus posts da Tanzânia, todos. Acho q no dia que eu for concretizar uma viagem à África, será passagem obrigatória. 🙂

    Beijos!

    Reply
  • 02/09/2009 at 18:56
    Permalink

    Oi Carla

    Essa do safari a pé me pegou de surpresa tb. No nosso programa estava só escrito “safari”, nao especificava o meio de transporte. Fui descobrir na hora!! 🙂

    Bjs

    Reply
  • 02/09/2009 at 19:03
    Permalink

    Oi Juliana

    Obrigada! Seja bem-vinda ao blog!

    Eu achei a Tanzania um lugar super seguro e as pessoas com quem conversava me diziam que nao tem nenhum tipo de problema de violencia.

    Nas partes mais turisticas, um turista chama muito a atençao e significa dinheiro, entao vai ter gente incomodando pra que vc compre qq coisa que eles estejam vendendo. Mas nao vi nada alem disso.

    O chato de viajar sozinha é que os hoteis dos parques sao bem romanticos, feitos para casais ou para familias. E nao tem nada pra fazer ali, a nao ser os safaris.

    Nao me parece um lugar para se ir sozinha, nao pelo perigo, mas mais pelo tipo de lugar.

    Eu ficava com medo dos animais sim, mas pq sou medrosa! Todo mundo ria de mim! Diz a lenda que nao tem perigo e que os guias sao treinados e sabem o que estao fazendo… O jeito é acreditar e curtir o passeio!

    Bjs

    Reply
  • 02/09/2009 at 19:05
    Permalink

    Oi Carol

    Eu só topei fazer o safari a pe pq me pegaram de surpresa e nao tive tempo de raciocinar.
    Sabe que nao dá tanto medo assim, os bichos tem mais medo da gente do que a gente deles. Os que se sentem incomodados vao embora e os outros te olham com uma cara de desdem…
    Mas é bem legal, a sensacao de vulnerabilidade é grande!

    Bjs

    Reply
  • 02/09/2009 at 19:08
    Permalink

    Oi Lucia

    A Tanzania é obrigatoria numa viagem pra Africa! Eu só tinha ouvido falar do Ngorongoro antes de ir, mas depois descobri que o pais inteiro é fascinante.
    E depois da Tanzania a minha lista africana aumentou muito! Conheci um povo que foi pro Malawi que me deixou com a pulga atras da orelha!

    Bjs

    Reply
  • 26/01/2010 at 11:13
    Permalink

    Luisa!!!!

    Que post mais lindo!!! Depois que vc falou que fez o vôo de balão no Serengetti, tive que vir aqui conferir as dicas! 😉 As fotos estão demais!! São da sua autoria todas? O zoom é bem potente ou vc estava mesmo pertinho dos animais?

    Amei, amei, amei!! Quero sim conhecer Tanzânia e Kenya! Tô aqui pertinho, são só 3 horas de Dubai! 😉

    Vou ler agora sobre Zanzibar… morro de curiosidade de conhecer aquelas praias!

    Bjos!

    Reply
    • 27/01/2010 at 17:01
      Permalink

      Oi Fe,
      Obrigada pelo elogio!
      Eu fiquei morrendo de raiva da minha maquina fotografica! Era uma daquelas compactas miudinhas com um zoom bem fraquinho! Ah, se eu tivesse uma maquina decente…
      Eu fico imaginando como serao as tuas fotos por ali!
      Bjs

      Reply
  • 06/11/2011 at 00:02
    Permalink

    Oi Luisa , em que época do ano foi a sua viagem?

    Reply
    • 07/11/2011 at 12:09
      Permalink

      OI Silvia
      Na segunda quinzena de junho/2009.
      Bjs

      Reply
  • Pingback: Meus 7 Links | Arquivo de Viagens

  • 06/01/2012 at 17:30
    Permalink

    Quanto você pagou no vôo de balão lá?

    Reply
    • 08/01/2012 at 12:14
      Permalink

      Oi Valeska
      Nao sei te dizer, pq fui com uma agencia de turismo e o voo de balao estava incluido no pacote da minha lua de mel.
      Bjs

      Reply
  • Pingback: Tiger Kingdom | Arquivo de Viagens

  • 24/06/2012 at 14:39
    Permalink

    Lindo post e muito informativo. Estou planejando a Tanzânia agora em agosto/setembro e já anotei as dicas. Abraço

    Reply
    • 26/06/2012 at 11:21
      Permalink

      Grazie, Jodrian!
      Bjs

      Reply
  • 23/11/2013 at 20:40
    Permalink

    Olá Luiza! Amei seu post sobre a Tanzania. Muito obrigada por compartilhar esta viagem maravilhosa…
    Eu e meu marido estamos programando nossa viagem pra lá ano que vem.
    Vc tem alguma operadora de turismo pra indicar ? Entrei em contato com algumas no Brasil e outras na Tanzania (muito mais barato as da Tanzania), mas tenho medo de cair em alguma roubada…ja tenho o roteiro e os lodges planejados…
    Obrigada,
    Jaqueline

    Reply
    • 04/12/2013 at 10:01
      Permalink

      Oi Jaqueline
      Eu usei uma operadora aqui da Italia e sinceramente nao gostei muito dos serviços, entao prefiro nao recomendar nada.
      Acho que se eu fizesse essa viagem de novo, eu organizaria os passeios e transfers diretamente com os hoteis.
      Bjs

      Reply
  • 03/01/2015 at 22:44
    Permalink

    Ola Luisa! Adorei as fotos, parabens!
    Estou programando fazer o mesmo!

    Tenho algumas duvidas quanto a logistica:

    Voce acha que é possível fazer essa viagem sem operadora de turismo, contratando os serviços nos hoteis?

    É facil se locomover pela Tanzania por conta propria? Alugando um carro pro exemplo.

    No caso, é confiável fechar pacotes em Nairobi?

    Sinceramente, odeio operadoras de turismo, acho muito explorativo, no entanto tenho receio por conta de infraestrutura africana!

    Desculpe a quantidade de perguntas.

    Abraço

    Alberto

    Reply
    • 06/01/2015 at 21:06
      Permalink

      Oi Alberto
      Pra se locomover pela Tanzania por conta propria, na minha opiniao, voce deve 1 – ter muito espirito aventureiro e 2 – se limitar às partes mais turisticas do pais.
      Como foi a minha viagem de lua de mel, nòs contratamos uma agencia de turismo, mas se eu fosse fazer de novo a viagem, eu me apoiaria unicamente nos hoteis. Eles oferecem uns pacotes com transfers e passeios alem da hospedagem e è claro que o preço e a qualidade dos serviços prestados sao diretamente proporcionais à qualidade e preço do hotel.
      Nao sei se è confiavel fechar pacotes em Nairobi.
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *