Salsamenteria Baratta

 Certa vez alguém me disse que na cidade natal de Verdi existia um “salumeria” (lugar onde se vende salames e afins), transformada em restaurante, muito tradicional na Itália, onde seria possível comer salames e presuntos fantásticos a preços irrisórios.

É claro que a dica não me saiu da cabeça: visitar a cidade natal de Verdi e ainda comer bem? Por que não? Só tinha um detalhe: eu não me lembrava mais do nome da salumeria… ainda bem que o nome da cidade não tinha como esquecer: “Busseto”! Numa pesquisa rápida pela internet não foi difícil achar o restaurante (não existem muitas salumerias tradicionais em Busseto) e eis que fomos conferir in loco a dica…

Busseto é bem bonitinha, típica cidadezinha do interior, mas não tem nada de especial que mereça uma visita por si mesma, mas vale ir até lá só para comer na Salsamenteria Baratta.

O lugar é encantador, possui uma decoração de “armazém antigo” (é de 1873…), com coisas dependuradas pelas paredes, garrafinhas de molhos, de pimentas, vinhos e mais um milhão de cacarecos espalhados.

busseto.JPG

Não existe um menu, o garçom chegou com um bloquinho de papel, já perguntando o que a gente queria, como se nós já soubéssemos quais eram as possibilidades… Pra não ter erro, pedimos um pouquinho de tudo e um vinho para acompanhar.

O vinho (a maioria tinto espumante) é servido em tigelinhas de cerâmica, um pouco menores do que aquelas que eu uso pra comer sucrilhos, não existem taças. Achei engraçado tomar vinho assim, e quis saber o porquê da tigelinha. Eis que o garçom, sempre muito solícito, explicou que, antigamente, depois de tomar sopa, era comum encher a tigela da sopa com o vinho para terminar a refeição. A sopa foi eliminada, mas o costume de tomar vinho em tigela persiste.

Lá também não existem nem pratos, nem talheres, vem tudo numa tábua forrada com papel e com alguns palitos de dente. A “refeição” consiste nesta tábua de frios farta e variada, com destaque para o “culatello” (um tipo de presunto cru, feito ali perto), a cesta de pães que nunca falta numa mesa italiana, alguns potinhos com vários tipos de molho e uns pedaços de melão e de queijo (o parmesão é maravilhoso! …daí eu me lembrei que estávamos perto de Parma).

busseto1.JPG

Ficamos mais do que satisfeitos com o nosso “almoço”, comemos realmente bem e gastamos pouco (15 euros por pessoa, vinho incluído). Só tivemos que tomar o café na cafeteria em frente, porque ali eles não tem…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 thoughts on “Salsamenteria Baratta

  • 24/10/2007 at 19:12
    Permalink

    Que frios apetitosos, nham 😉
    Amei !!
    beijos,
    Majô

    Reply
  • 25/10/2007 at 11:40
    Permalink

    O teu “nham” me deu uma fome…
    Beijos,

    Reply
  • 06/11/2009 at 21:37
    Permalink

    Sabor na simplicidade…. que delícia.

    Reply
    • 07/11/2009 at 15:59
      Permalink

      Delicia mesmo, Giovanna!
      Deu até saudades (acho que estou com fome…) 🙂
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *