San Martino di Castrozza

Quase um mes depois da viagem de final de ano, eu e o marido jà estavamos ficando nervosos de tanto ficar em casa! Como assim 3 finais de semanas seguidos sem sair de casa??? Temos que inventar alguma coisa pra fazer!

Fuçando na internet e com uma pontinha de inveja das “viagens da Margarida“, achei uma boa desculpa para visitar as Dolomiti: um simposio internacional de esculturas de neve em San Martino di Castrozza!

San Martino è uma daquelas deliciosas cidadezinhas turisticas de montanha circundada pela chamada Pale de San Martinho, o maior grupo das Dolomiti. È montanha pra todo lado! Um espetaculo! Paredoes de “dolomia” (rocha que forma as Dolomiti, è rica em carbonato de calcio e magnesio) envolvendo a cidade!

Segundo uns amigos que costumam viajar com frequencia pra San Martino, existe uma època do ano no inverno em que a cidade simplesmente nao ve o sol, pois ele fica escondido atras das altas montanhas o dia todo. Felizmente nao foi a època que nòs fomos.

Voltando às esculturas… O centro de San Martino estava tomado por escultores do mundo todo, da Russia à Argentina, que trabalhavam pesado durante toda a semana para a apresentaçao dos trabalhos no sabado ao meio dia e em seguida se submeterem à votaçao da melhor obra de neve. 

Foi uma coisa super bonita de se ver, pq a cidade è jà praticamente uma pintura emoldurada pelas montanhas e as esculturas de neve nao estavam todas “amontoadas”  num canto, mas enfeitavam as esquinas e praças de San Martino. Eu parecia uma criança feliz toda vez que dobrava uma esquina e topava com uma escultura inesperada!

Como San Martino è minuscula, depois de uma hora de passeio, a cidade toda e todas as esculturas jà tinham sido vistas e revistas. Nao è à toa que todo mundo que vai para as montanhas, vai esquiar ou praticar algum esporte de neve, pois fora isso (e comer, è claro!), nao existe mais nada pra se fazer por ali.

Como a “tropical” aqui nao sabe esquiar o marido inventou uma excursao com “ciaspole” no chamado “bosque dos violinos”.

                           

Desenhos surrupiados daqui e daqui.

Eu nao tenho ideia de como se diz “ciaspole” em portugues, mas sao aqueles “sapatos” que, nos desenhos animados, se parecem com uma raquete para caminhar sobre a neve. Hj estao mais modernos e seu uso nao requer pratica nem tampouco habilidade, è simplesmente um acessorio para caminhar na neve sem escorregar ou afundar.

A excursao durou quase 3 horas e foi feita jà no final da tarde, inicio da noite, com uma lua cheia inacreditavel. A paisagem era tao bonita, as historias do nosso guia alpino sobre o bosque e as montanhas eram tao interessantes, que nao percebi o tempo passar e sò fui sentir frio psicologicamente no final do passeio quando vi que a temperatura era de -10ºC.

Uma curiosidade contada pelo nosso guia: o bosque onde estavamos fazendo o passeio è chamado de “bosque dos violinos” pq era dali que Antonio Stradivari extraia a madeira para a construçao de seus renomados violinos.

Segundo consta, as arvores desse bosque possuiam aqueles aneis que indicam o crescimento muito proporcionais e eram praticamente sem imperfeiçoes o que colaborou com a excelente qualidade dos Stradivarius.

Outra coisa que se faz muito numa cidade de montanha é comer! Principalmente se a cidade è na Italia! Pois bem, a uma hora de distancia de San Martino di Castrozza tem uma cidade chamada Moena, maior e nao tao charmosa, mas com mais infra-estrutura pra quem nao sabe esquiar. Essa cidade è famosa em toda a Italia pelo queijo que produz: o “Puzzone di Moena”, que em portugues poderia ser traduzido como “Fedidao de Moena”. Imagina o cheiro que nao tem esse queijo! Mas o sabor è incrivelmente delicado, comparado ao cheiro.

Foto surrupiada daqui

Nòs fomos a Moena para almoçar e provar in loco o famoso queijo fedido. Escolhemos o excelente restaurante Malga Panna, que nao sò serve  uma comida maravilhosa – e o puzzone no final da refeiçao, mas tambèm oferece uma vista maravilhosa de Moena e do vale.

Ah, quem venceu a competiçao de esculturas de neve, no voto publico foi a escultura “Ice Age”, da Australia!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 thoughts on “San Martino di Castrozza

    • 04/02/2010 at 16:33
      Permalink

      Oi Patricia,
      Começa a economizar calorias desde já! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 04/02/2010 at 14:53
    Permalink

    Lindo, lindo, lindo.

    Morro de vontade de conhecer as Dolomites. E comer as guloseimas de lá também… humm.

    E uma curiosidade, foi muito esquisito caminhar com as “raquetes”???

    Beijos

    Reply
    • 04/02/2010 at 16:35
      Permalink

      Oi Carol
      No inicio eu me sentia uma pata com aquelas coisas no pè, caminhava parecendo um “bebe cagado”, como diz o meu elegante irmao; mas depois acostuma e fica quase normal! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 04/02/2010 at 16:10
    Permalink

    oi Luisa,to indo pra Milão semana que vem.De carro!Do Porto.Gostaria de ir até Como. Achas que o tempo e as estradas permitem isso.Há muita neve?Obrigada.

    Reply
    • 04/02/2010 at 16:41
      Permalink

      Oi Dalva
      Viagem longa, hein! 🙂
      Bom, eu sò posso falar da neve em Milao e arredores que è onde vivo…
      Os noticiarios anunciam nevascas na Italia mas està tendo muita neve no centro da Italia. Estive em Bolonha hà 2 dias e là tava tudo branquinho…
      Em Milao, nao tem nada de neve! Nevou antes do Natal e nunca mais.
      Nem nas Dolomiti, onde estive final de semana passado, o marido precisou colocar as correntes na roda do carro…
      Bjs e boa viagem

      Reply
  • 04/02/2010 at 20:15
    Permalink

    Muito bonito, precioso o lugar, tá anotado na agenda, lugar para conhecer em 2010.

    Adeu,
    Felipe

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:48
      Permalink

      Oi Felipe
      Toda a regiao é linda! Vale a pena a visita!
      Bjs

      Reply
  • 04/02/2010 at 22:46
    Permalink

    Luisa!

    Vc foi ás Dolomites!!!!E gostou!!E nem reparou no frio…hehe…afinal eu tinha razão!
    Quando vi as suas fotos fiquei com uma saudade que até dói!Ainda para mais que vc teve direito a ver um concurso de esculturas na neve e tudo… 🙂
    Essa cidadezinha eu não conheço mas todas as que eu conheço nas montanhas são liiiiiindas…agora o próximo passo é aprender a esquiar 😉

    Bjs
    Ps:ah! e a comidinha na montanha é tal como vc disse…huuuuuuum

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:49
      Permalink

      Oi Margarida,
      Sabe que estou quase convencida a aprender a esquiar…
      O marido cobra muito, desde que nos conhecemos que ele nao esquia…
      Tadinho, ne?
      Bjs

      Reply
  • 04/02/2010 at 23:29
    Permalink

    Luisa, que delicia heim !! As Dolomites são lindas mesmo, fomos no outono e tinha pouca neve sobre as montanhas. Dá vontade de voltar…
    bjs
    viagemafora.blogspot.com

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:50
      Permalink

      Ellen e Antonio,
      Passem vontade, nao! 🙂
      Bjs

      Reply
  • 05/02/2010 at 00:00
    Permalink

    Luisa, aqui tá fazendo tanto calor que a única coisa que eu consegui imaginar enquanto estava lendo é no pouquíssimo tempo que as escultturas levariam para derreter aqui… 🙁

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:51
      Permalink

      Oi Camila
      Sabe que minha mae fez o mesmo comentario!
      Ela ta reclamando muito do calor no Brasil… 🙂
      Bjs

      Reply
  • 05/02/2010 at 20:16
    Permalink

    Nossa que legal o seu blog, adoramos as fotos. Confere o blog da nossa praia. tem muita coisa legal sobre turismo e viagens.
    abraço

    Reply
  • 05/02/2010 at 21:41
    Permalink

    Luisa, este ano resolvi ir a Portugal e encontrei no google os seus relatos de viagens. Estou te escrevendo por dois motivos: a) parabenizar pela iniciativa e agradecer pelas excelentes dicas que você oferece a todos, b) só hoje que eu vi a “Taça da Vila Velha” entre os famosíssimos pontos turísticos mundiais. Como pontagrossense, me senti super hiper mega orgulhoso de ver nosso monumento natural estampado na sua página – sinônimo de “status” !!! Parabéns.

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:55
      Permalink

      Obrigada, Guto!
      Como poderia nao colocar a Taça da Vila Velha entre os famosos pontos turisticos mundiais?
      MInha familia é do norte do Paranà e eu morava em Curitiba, entao sempre que dava passava por Vila Velha! Adoro!
      Bjs

      Reply
  • 07/02/2010 at 19:03
    Permalink

    Luisa, que lindo o passeio!! Eu já tinha adorado Dolomiti através do relato da Margarida e o seu só completou ainda mais a beleza daquele lugar! Que delicadeza as esculturas de neve! Aquela que vc tirou a foto com a neve caindo ficou parecendo envolta numa mágica!!

    Morrí de rir com o nome do queijo!rs

    Bjos

    Reply
    • 10/02/2010 at 15:59
      Permalink

      Oi Fe,
      As esculturas eram super bonitas e eu pareço uma criança diante da neve! Alegria pura! Faz bem pra alma, nè?
      Tem que experimentar o queijo! Nao pode desistir com o cheiro! 🙂
      Bjs

      Reply
    • 15/02/2010 at 18:35
      Permalink

      Oi Madiel Max
      Bem vindo ao mundo dos blogueiros!
      Vou conferir seu blog!
      Bjs

      Reply
  • 16/02/2010 at 16:59
    Permalink

    Olá Luísa o que achou do blog?
    Ainda está no inicio.
    Ja adicionei seu blog nos parceiros!
    tudo bem?

    Reply
    • 22/02/2010 at 20:10
      Permalink

      Oi Silvia,
      A gente se vira como pode, né? 🙂
      Bjs

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *