Stiva Veglia

Quando eu estava tentando convencer o namorado a ir a Vaduz, eis que ele me responde com um: “OK! Mas antes vamos almoçar com calma num lugar legal!”

Desesperei com a resposta. Almoço de domingo para um italiano costuma durar uma eternidade, principalmente se o almoço é “com calma” e “num lugar legal”… Por causa desse almoço, eu corria o sério risco de não visitar Liechtenstein!

Por outro lado… quando o namorado diz que quer almoçar num lugar legal… o lugar é legal de verdade! Por isso, como uma boa gulosa que sou, assumi o risco e aceitei as condições do acordo sem reclamar!

Fomos parar num restaurante chamado Stiva Veglia, para provarmos a autentica e tipica “comida caseira alpina”. Esse restaurante fica em Schnaus, uma cidadezinha minuscula, encravada no meio das montanhas, e localizada na parte da Suiça que fala romanche.

Nunca tinha ouvido esse tal romanche e, pra mim, pareceu uma mistura de italiano com alemao. Dava pra entender algumas coisas, outras eu nao tinha ideia do que se tratava e, por isso, a escolha do prato foi meio na base do achometro.

Pedimos a especialidade da casa, que era uma deliciosa e macia carne de caça (não descobri qual foi o animal caçado, acho que era cervo) com um molho de frutas vermelhas e batatas rosti crocantissimas.

Como ainda estavamos em territorio suiço, o almoço era constituido de apenas 1 prato e nem foi tão demorado assim. Mas… depois de comer maravilhosamente bem nesse restaurante:

stiva-veglia1

 

stiva-veglia2

localizado nessa cidade:

stiva-veglia3

confesso que nem me lembrava que queria visitar Liechtenstein… Mas isso eu não disse ao namorado! Ainda bem que ele se lembrou e cumpriu sua parte do acordo sem que eu precisasse dizer nada…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 thoughts on “Stiva Veglia

  • 06/11/2008 at 14:41
    Permalink

    Para os espanhóis a comida também é quase uma religião, e eu adoro! Na verdade Luisa, cada vez mais estou tendendo para a corrente do slow tourism, quem sabe a idade também ajuda a isto, sei lá (risos)!
    Beijos

    Reply
  • 07/11/2008 at 09:55
    Permalink

    Que lugares lindos…..eu fico aqui babando em cada post que leio…..Parabens…..

    Beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha

    Reply
  • 07/11/2008 at 15:28
    Permalink

    Oi Patricia

    Eu também estou entrando nesse ritmo slow… Não sei se é pq estou me adaptando à cultura italiana, ou se estou velha mesmo! 🙂

    Bjs

    Reply
  • 07/11/2008 at 15:30
    Permalink

    Oi Barbrinha

    Tem tanto lugar bonito no mundo, né? E ai que vontade de visitar o Egito!

    Bjs

    Reply
  • 07/11/2008 at 19:12
    Permalink

    Luisa, me ajuda aí, este vinho é considerado muito ruim por estas bandas? É que eu adoro vinho doce, eu sei que é para a sobremesa, mas não resisto, mas porfa me dá umas dicas!!!!!
    Acabo de receber do Brasil, o último livro do Ricardo Freire e teu blog está citado, UAU!!!! Fiquei bem feliz, teu blog é muito bom e merece !!!
    Beijos

    Reply
  • 07/11/2008 at 19:51
    Permalink

    Ih, Patricia, tô longe de entender do assunto!
    Pra mim, vinho bom é o vinho que a gente gosta, mas o namorado sommelier tá tentando me adestrar… 🙂

    Em linhas gerais, o que eu aprendi é que, pra dar certo a combinação vinho – comida, nenhum dos dois pode prevalecer. Quer dizer, come um pouco da comida, sente bem o gosto, depois bebe um gole do vinho, sente o gosto do vinho e em seguida vc consegue sentir o gosto das duas coisas juntas e harmonizadas. Se o vinho for muito “forte”, o gosto da comida desaparecerá, se o vinho for muito “fraco”, é ele que some!
    Por isso que tem aquela historia de que vinho tinto vai bem com carne e vinho branco com peixe.

    O negocio é ir experimentando… Tenta fazer um jantar com peixe, carne e sobremesa e abra uma garrafa de vinho branco, uma de tinto e uma de doce e experimente tudo com tudo! Vc vai sentir a diferença na hora! Ah, to falando de vinhos com uma certa qualidade, é claro… Não precisa ser caro, mas desconfie dos muito baratos…

    Mas, como já disse, sou completamente leiga no assunto e continuo achando que vinho bom é o vinho que a gente gosta! Se vc gosta de vinhos doces, vai fundo! 🙂

    Bjs

    Reply
  • 10/11/2008 at 14:08
    Permalink

    Luisa, obrigadão pela dica, não te respondi antes porque este fim de semana tive uns probleminhas de saúde, mas já está tudo bem, mas estive basicamente off-line!
    Beijos e boa semana

    Reply
  • 11/11/2008 at 17:07
    Permalink

    Credo, Patricia! Com saude nao se brinca! Se cuida, hein!

    Bjs

    Reply
  • 16/11/2008 at 00:36
    Permalink

    Luisa,

    Fiquei babando…
    1º com a descrição da “carne de caça” que parecia deliciosa,
    2º com esse lugar tão aconchegante… hummm.
    Confesso que acho que iria querer ficar um pouquinho mais…

    Beijos

    Reply
  • 18/11/2008 at 20:38
    Permalink

    Oi Carol,

    A Suiça tem uns cantinhos que são mesmo encantadores! Adoro essa paisagem alpina, uma pena que faça tanto frio…

    Bjs

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *