Termas di Pré Saint Didier

O marido reclama que, antes de me conhecer, ele ia muito para os Alpes esquiar e aproveitar o tipico combo “montanha/neve/comidas pesadas/bebidas quentes”, e que daì ele caiu na besteira de se casar com uma brasileira friorenta e as suas ferias durante o inverno nunca mais foram as mesmas.

E como nao dar razao a ele? As vezes eu atè me sinto em culpa por nao frequentar as montanhas no inverno como ele gostaria, mas dai eu me lembro da experiencia no Ice Hotel e o remorso vai logo embora!

DCIM100GOPROGOPR0507.

Enfim… apesar de nao gostar muito de frio, eu acho o maximo ver aquele povo curtindo piscina externa bem quentinha, imersa em uma paisagem com neve por todo o lado. Confesso atè que essa era uma daquelas coisas que eu sempre tive vontade de fazer… Mas cade a coragem de ficar de biquini ao ar livre no frio?

DCIM100GOPROGOPR0030.

Com ou sem coragem, dessa vez eu nao escapei! Pra compensar a falta do frio esse ano, tao logo voltamos do cruzeiro, emendamos o final de semana do meu aniversario num hotel-spa-termas em Pré Saint Didier, uma cidadezinha que fica entre Courmayeur e Morgex no Vale D’Aosta, a regiao italiana que fala frances, localizada praticamente embaixo do Mont Blanc.

DCIM100GOPROGOPR0387.

Como a unica coisa que se tem pra fazer em Pré Saint Didier sao as termas, nòs resolvemos ficar no hotel, digamos, “oficial”. O site do hotel fala sempre em “o hotel das termas”, “acesso gratuito e prioritario aos hospedes do hotel”, e o site do hotel è igualzinho ao site das termas, e isso me levou a acreditar que o hotel ficava dentro das termas.

DCIM100GOPROGOPR0500.

Eu nao sei se a maternidade que està me deixando louquinha, ou se os sites parecidos foram feitos de proposito pra pegar turistas mais desavisados como eu. O fato è que è a segunda vez quase seguida que eu erro feio na escolha do hotel, por pura falta de atençao. De novo, bastava ler direitinho o site que a informaçao està là. Escondidinha, mas està: “o hotel fica a 2km das termas”.

Quando chegamos no hotel e eu vi que ficava longe das termas, eu fiquei decepcionada (pra nao dizer um palavrao, que esse è um blog de familia). Se eu soubesse que o hotel oficial ficava longe das termas, eu teria escolhido um hotel em Courmayeur, que è uma cidade muito mais interessante de se visitar…

DCIM100GOPROGOPR0420.

Mas sabe que com o erro, nos demos super bem? O hotel tem um spa fantastico! Piscina externa aquecida (de aguas nao termais) com uma vista espetacular das montanhas, do jeito que eu sempre imaginei! E ainda por cima eles aceitam crianças no periodo da manha, quando estavamos praticamente sozinhos no spa!

Mesmo nao sendo de aguas termais, eu jà estava satisfeita com aquela piscina e com aquela vista, mas como o passeio era pra as termas, ficar sò no spa do hotel nao vale, nè? Deixei o marido de castigo cuidando da filha, e là fui eu com um casal de amigos conhecer o lugar.

DCIM100GOPROGOPR0459.

Pra chegar, o hotel oferece um serviço de van que leva e traz os hospedes em horarios prè-estabelecidos, que devem ser agendados com antecedencia. Mas pra quem està de carro, tem um estacionamento do lado das Termas.

Como eramos hospedes do hotel, furamos a fila e nao precisamos pagar o bilhete de ingresso. A moça nos deu a chave do armario no banheiro e um “voucher” pra pegarmos a toalha, roupao e chinelos.

Nas Termas de Pré Saint Didier crianças menores de 12 anos nao podem entrar, e quando eu cheguei là eu entendi o porque. O lugar è lotado, gente pra todo o lado disputando um espaço nas saunas e nas piscinas com hidromassagem; sò faltava mesmo ter criança correndo e gritando pra completar a confusao.

DCIM100GOPROGOPR0515.

Vendo aquela gente toda, o primeiro impacto nao foi dos melhores, principalmente depois de ter estado no spa do hotel que è muuuuuito mais tranquilo. Mas foi sò entender o “funcionamento” do lugar e pronto! Foi otimo! Deu pra relaxar e aproveitar o visual das montanhas numa boa.

DCIM100GOPROGOPR0492.

Adorei a experiencia, mas achei que nao foi completa. Jà estamos pensando em voltar no ano que vem, mas com algumas modificaçoes:

  1. a multidao nao incomodou, mas prefiro ir numa època menos lotada, talvez no meio da semana.
  2. me certificar de que realmente tem neve, pois esse ano ela nao deu as caras por là e o meu sonho de nadar numa piscina com neve ao redor nao se realizou.
  3. e, principalmente, descobrir como as pessoas conseguem caminhar sò de roupao entre as piscinas, com calma e elegancia, naquele frio de rachar!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *